Infoglobo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Infoglobo
Tipo Subsidiária
Indústria Mídia
Fundação 1925
Fundador(es) Irineu Marinho
Sede Rio de Janeiro,  Brasil
Proprietário(s) Grupo Globo
Pessoas-chave Fred Kachar, diretor geral
Empregados 2.370 (2012)[1]
Produtos Jornalismo
Internet
Lucro Aumento R$ 555,0 milhões (2008)
LAJIR Aumento R$ 172,8 milhões (2008)
Faturamento Aumento R$ 1,027 bilhão (2008)[2]
Website oficial www.infoglobo.com.br

Infoglobo é um empresa pertencente ao Grupo Globo fundada em 1925[3] e que atua na publicação dos jornais do grupo, atualmente publica 4 jornais, O Globo, Extra, Expresso, Valor Econômico e seus respectivos sites.[4], além de ser proprietária do site de classificados ZAP e da Agência de Notícias O Globo.[5]

Em 12 de janeiro de 1999 a Infoglobo inaugurou o maior parque gráfico de jornais da América Latina na cidade de Duque de Caxias no estado do Rio de Janeiro, com capacidade de produzir 800 mil exemplares em um dia e com uma área de 175 mil metros quadrados, o investimento total da empresa foi de US$ 180,0 milhões.[6]

A Infoglobo é a segunda maior empresa de jornais impressos do Brasil, perdendo apenas para o Grupo Folha que publica o jornal Folha de S.Paulo.

Em 29 de setembro de 2016, com a aprovação, pelo Cade, da aquisição da participação acionária da Folha de São Paulo pelo Grupo Globo no Valor Econômico, este último se tornou parte integral do Infoglobo.[7]

Em 01 de janeiro de 2017, a Infoglobo inaugurou sua nova sede, localizada na Cidade Nova, região central do Rio, focando na era digital, que ampliará a oferta de conteúdo exclusivo e de análises para diferentes plataformas: celular, tablet, computador e edições impressas.[8] Com a integração das redações, não haverá mais diferença entre o conteúdo impresso e o online, e facilitará o compartilhamento de informações entre os jornais O Globo, Extra, Expresso e Valor Econômico.[9]

Produtos pertencentes a Infoglobo[editar | editar código-fonte]

Referências