CBN Porto Alegre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
(Redirecionado de Rádio Globo Porto Alegre)
CBN Porto Alegre
{{{alt}}}
Rádio Educadora Ltda.
País  Brasil
Cidade de concessão Bandeira canoas.png Canoas, RS
Frequência(s) AM 1340 kHz
Antigas frequências:
AM 1120 kHz (1971-1999)
Sede Bandeira de Porto Alegre (RS).svg Porto Alegre, RS
Slogan A rádio que toca notícia
Fundação 1 de março de 1971 (50 anos)
Fundador Roberto Marinho
Pertence a Grupo RBS
Proprietário(s) Eduardo Sirotsky Melzer
Antigo(s) proprietário(s) Roberto Marinho (1971-1986)
Maurício Sirotsky Sobrinho (1986)
Jayme Sirotsky (1986-2012)
Formato Comercial
Gênero Jornalismo e esportes
Faixa etária Público de 30 à 75 anos
Afiliações CBN
Idioma (em português brasileiro)
Prefixo ZYK 227
Nome(s) anterior(es) Rádio Continental (1971-1981)
Rádio Globo Porto Alegre (1981-1986)
Rádio Portobello (1986-1996)
Emissoras irmãs
Cobertura Grande Porto Alegre e áreas próximas
Coord. do transmissor 29° 57' 58.7" S 51° 12' 2.7" O
Dados técnicos Potência: 10 kW
Classe: B
Informação de licença
CDB
PDF
Webcast Ouça ao vivo

CBN Porto Alegre é uma emissora de rádio brasileira concessionada em Canoas, porém sediada em Porto Alegre, respectivamente cidade e capital do estado do Rio Grande do Sul. Opera no dial AM, na frequência 1340 kHz, e é afiliada à CBN. Seus estúdios estão na sede do jornal Zero Hora na Azenha, juntamente com sua co-irmã Rádio Gaúcha, e seus transmissores estão no bairro Rio Branco, em Canoas.

História[editar | editar código-fonte]

A emissora foi fundada em 1.º de março de 1971 como Rádio Continental, pelo empresário Roberto Marinho, sendo portanto, uma emissora do Sistema Globo de Rádio. Administrada por Fernando Westphalen, o "Judeu", a "Superquente", como era conhecida, tinha uma programação musical que mesclava músicas nacionais e internacionais. Durante sua existência, chegou a ser retirada do ar por criticar ferozmente a ditadura militar, e revelou artistas como Hermes Aquino.[1]

Em 1981, o Sistema Globo de Rádio extinguiu a programação da Rádio Continental para a criação da Rádio Globo Porto Alegre, que teve uma programação similar a das emissoras do Rio de Janeiro e São Paulo. O projeto, no entanto, fracassou, e em 1986 a emissora foi vendida para o Grupo RBS. Após a venda, a emissora foi renomeada para Rádio Portobello, que se tornou a primeira rádio AM com som estéreo do Rio Grande do Sul, diferencial que, no entanto, não vingou devido ao desinteresse dos fabricantes de receptores de rádio nessa tecnologia.

Em 1996, a emissora afiliou-se à Central Brasileira de Notícias, passando a se chamar CBN Porto Alegre e a ter uma programação jornalística.[2] Em 18 de dezembro de 1999, a emissora deixou os 1120 kHz e passou a transmitir em 1340 kHz, substituindo a Rádio Educadora, que era administrada pela Fundação Educacional e Cultural Padre Landell de Moura (FEPLAM) desde 1991. A antiga frequência da emissora passou a abrigar a Rádio Rural.[3]

Programação local[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a emissora conta apenas com um programa local, o CBN Porto Alegre, apresentado por Marina Pagno, transmitido entre 9h30 e 12h. A grade local da tarde é preenchida com blocos locais de atrações da rede.

Referências

  1. «Jornalista resgata as histórias da Rádio Continental 1120». Coletiva.net. 23 de novembro de 2007. Consultado em 7 de maio de 2021 
  2. Dillenburg, Sérgio; Lustosa, Lilian. «Rede Brasil Sul». Fundação Getulio Vargas. Consultado em 7 de maio de 2021 
  3. Ferraretto, Luiz Artur (2015). «Rádio Rural e o projeto de segmentação em agrobusiness do Grupo RBS». Uma história do rádio no Rio Grande do Sul. Consultado em 7 de maio de 2021 

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.