TVCOM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
TVCOM
RBS Empresa de TVA Ltda.
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Brasil
Tipo Comercial
Canais 36 UHF analógico
36 (NET Porto Alegre)
Sede Porto Alegre, RS
Slogan Tudo que é daqui
Pertence a Grupo RBS
Proprietário(s) Eduardo Sirotsky Melzer
Fundação 15 de maio de 1995
Extinção 23 de novembro de 2015
Sucessora OCTO
Prefixo ZYB 612
Emissora(s) irmã(s)
Cobertura Região Metropolitana de Porto Alegre
Página oficial tvcomrs.clicrbs.com.br[ligação inativa]

TVCOM (acrônimo de TV Comunidade) foi uma emissora de televisão brasileira sediada na cidade de Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Operava nos canais 36 UHF analógico e 36 da operadora de TV a cabo NET. Pertencia ao Grupo RBS, um grande conglomerado gaúcho que controla, dentre outros veículos, as emissoras da RBS TV, da qual reprisava algumas produções. Com a proposta de ser um canal comunitário, a TVCOM foi inaugurada em 1995 através do Serviço Especial de Televisão por Assinatura (TVA), tendo sua programação na TV aberta exibida durante um período do dia.

Devido a mudanças ocorridas no Grupo RBS, o canal foi extinto em 2015 para dar lugar ao projeto OCTO,[1] que por sua vez foi descontinuado no ano seguinte por conta da baixa repercussão.[2] A emissora contava também com uma sucursal em Florianópolis, Santa Catarina, que operou entre 2000 e 2017.[3]

História[editar | editar código-fonte]

Placa de inauguração da TVCOM, em Porto Alegre.

A ideia de projetar um canal comunitário surgiu durante a década de 1990, após profissionais do Grupo RBS realizarem, durante dois anos, pesquisas a respeito de programas de emissoras estrangeiras, que atuavam em âmbito local. Pesquisas também são feitas para definir as atrações de sua futura emissora. Assim, é cedido o canal 36 UHF, frequência que possibilitaria, também, a transmissão via TV a cabo e MMDS pela NET, enquanto a transmissão em sinal aberto funcionaria de forma parcial, o que não dificultou a rápida negociação com os anunciantes. O grupo investiu US$ 2.000.000,00 na criação do canal, sendo esperado um retorno de US$ 1.600.000,00 de faturamento. A TVCOM é inaugurada em 15 de maio de 1995, sendo transmitida para onze cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre.[4] Em 2000, uma sucursal da emissora chega a Florianópolis, em Santa Catarina, transmitindo apenas pela NET, também com programação local.

Torre de transmissão das emissoras do Grupo RBS, em Porto Alegre.

Em 2015, é decidido que a TVCOM deveria ser substituída por um novo projeto para a televisão, já que o canal vinha sofrendo com os cortes no quadro de funcionários do Grupo RBS desde o ano anterior.[5] Durante o mês de novembro, reprises de programas da emissora e entrevistas com convidados que debatiam os principais acontecimentos do estado durante o período em que a emissora funcionou foram levadas ao ar. O nome escolhido para o novo projeto foi OCTO, e seu lançamento ocorreu às 19h de 23 de novembro, encerrando as operações da TVCOM no Rio Grande do Sul.[6] A marca continua sendo utilizada na emissora de Santa Catarina.

Em 7 de março de 2016, é oficializada a venda dos veículos do Grupo RBS em Santa Catarina, incluindo a TVCOM, para o Grupo NC, porém mantendo seu nome e toda a sua programação. Em 27 de janeiro de 2017, é anunciado o fim das operações do canal em fevereiro e que parte da equipe iria ser realocada dentro das empresas do grupo.[7] Antes de sair do ar, uma tarja informava aos telespectadores que a emissora seria encerrada em 27 de fevereiro. À meia-noite, a programação é retirada do ar em definitivo.

Programas[editar | editar código-fonte]

Slogans[editar | editar código-fonte]

  • 1995 – 1999: O canal da comunidade
  • 1999 – 2004: A nossa TV!
  • 2004 – 2009: Tá acontecendo, tá na TVCOM!
  • 2009 – 2015: Tudo que é daqui

Referências

  1. «Octo substitui Tvcom a partir de 17 de novembro». Coletiva.net. 29 de setembro de 2015. Consultado em 2 de novembro de 2015 
  2. «Após 10 meses, Octo encerra operações». Coletiva.net. 22 de setembro de 2016 
  3. «Grupo RBS encerra operações do canal TVCom em Santa Catarina». deolhonailha.com.br. 27 de janeiro de 2017. Consultado em 28 de dezembro de 2019 
  4. «1995 - Nasce a TV COM». Meio & Mensagem. TV BAÚ. 26 de março de 2010. Consultado em 29 de dezembro de 2019 
  5. «Cortes de funcionários deixam clima tenso no Grupo RBS». Coletiva.net. 4 de agosto de 2014. Consultado em 29 de dezembro de 2019 
  6. Dilermando Dias (22 de novembro de 2015). «OCTO substitui TVCOM no RS». SulBRTV.com. Consultado em 29 de dezembro de 2019 
  7. «SC: Grupo RBS/Globo encerra atividades da TVCOM após 17 anos». NaTelinha. 28 de janeiro de 2017. Consultado em 29 de janeiro de 2017