SBT Santa Catarina

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde janeiro de 2015). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
SBT Santa Catarina
Televisão Lages Ltda.
Florianópolis / Lages, Santa Catarina
Brasil
Tipo Empresa privada
Cidade de concessão Bandeira lages.svg Lages, SC
Canais
10 VHF analógico
46 UHF e 10.1 Virtual digital
Outros canais 115 (Viamax)
45 e 46 HD (Florianópolis)
13 e 46 HD (Joinville)
ver mais
Sede Bandeira de Florianópolis.svg Florianópolis, SC
Rua Ernesto Stodieck, 322 - Agronômica
MAPA
Slogan SBT HD, Catarinense como você!
Rede SBT
Fundador Roberto Rogério do Amaral
Pertence a Sistema Catarinense de Comunicações
Proprietário Roberto Rogério do Amaral
Presidente Roberto Rogério do Amaral
Fundação 1 de fevereiro de 2008 (8 anos)
CNPJ 83.012.013/0001-08
Prefixo ZYB 764
Nome(s) anteriore(s) TV Planalto
SCC TV
RedeTV Sul!
Emissoras irmãs Rádio Clube
CBN Lages
Cobertura Cerca de 95% do estado de Santa Catarina
Coord. do transmissor 27° 48' 49.1" S 50° 22' 18.8" O
Potência 2 kW
Página oficial www.sbtsc.com.br/sbthd

SBT Santa Catarina é uma emissora de televisão brasileira concessionada em Lages, porém sediada em Florianópolis, ambas cidades do estado de Santa Catarina. Opera nos canais 10 VHF e 46 UHF digital, e é afiliada ao SBT. Apesar do nome, a emissora não pertence ao SBT, e sim ao Sistema Catarinense de Comunicações. Sua sede em Florianópolis está no bairro Agronômica, e sua antena de transmissão no alto do Morro da Cruz. Em Lages, seu escritório funciona no edifício do SCC no Centro da cidade, e sua antena de transmissão está no topo do Morro do Pandolfo, às margens da Rodovia BR-116.

História[editar | editar código-fonte]

Antecedentes[editar | editar código-fonte]

TV Planalto (1981-1997)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: TV Planalto (Lages)

A TV Planalto entrou no ar em 10 de julho de 1981, até então operando sem afiliações com redes de televisão. Alguns meses depois, os dirigentes da TV Planalto assinaram contrato com a TV Guaíba de Porto Alegre, RS, para retransmissão de alguns de seus programas. Em 1982, às vésperas do término do seu contrato com a TV Guaíba, a TV Planalto assina contrato com o SBT, e passa a ser sua afiliada no estado de Santa Catarina. A partir daí, a emissora começa a expandir seu sinal para o restante do estado, implantando retransmissoras em suas principais cidades. Em 1987, através de uma parceria feita entre Roberto Amaral e Mário Petrelli, a retransmissora da TV Lages em Florianópolis dá lugar à TV O Estado Florianópolis, e posteriormente em 1989, a retransmissora de Chapecó dá lugar à TV O Estado Chapecó, ambas afiliadas ao SBT. Juntas, as emissoras deram origem ao Sistema Catarinense de Comunicações, que ainda era responsável pela Rádio Clube de Lages.

SCC TV (1997-2000)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: SCC TV

Em 1997, Roberto Amaral e Mário Petrelli desfazem a parceria feita em 1987, e as emissoras de Florianópolis e Chapecó se desintegram do SCC e passam a operar como emissoras afiliadas ao SBT para suas respectivas àreas de cobertura. Após isso, a TV Planalto é extinta e entra em seu lugar a SCC TV.

RedeTV Sul! (2000-2008)[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: RedeTV Sul!

Em 1º de dezembro de 2000, a TV O Estado de Chapecó e a TV O Estado de Florianópolis resolvem formar uma rede de televisão própria no estado de Santa Catarina. Para que não houvesse dois grupos de televisão afiliados à mesma rede de televisão no mesmo estado, a TV Lages rompe seu contrato com o SBT e passa a ser afiliada à RedeTV!, mudando seu nome para RedeTV Sul!. Após isso a emissora pôde expandir novamente seu sinal para todo o estado, visto que com a nova afiliação não havia motivos para que a emissora ficasse com sua cobetura restrita apenas ao Planalto Serrano. Em 29 de novembro de 2007, os dirigentes da RedeTV Sul! anunciam que assinaram contrato com o SBT para retransmitir seu sinal em Santa Catarina,[1] visto que a Rede SC (formada pela antigas emissoras da TV O Estado) rompeu com a rede e assinou com a Rede Record, posteriormente mudando seu nome para RIC TV. Com isso, na madrugada do dia 1º de fevereiro de 2008, a emissora deixa a RedeTV! e passa a ser afiliada ao SBT, mudando seu nome para SBT Santa Catarina.

2008 a 2009[editar | editar código-fonte]

O primeiro programa do SBT exibido pela nova emissora foi o Jornal do SBT Manhã. Ainda no mesmo dia de inauguração, o SBT Santa Catarina passou a transmitir seu sinal em Florianópolis, em uma retransmissora implantada no município de São José, no canal 59 UHF. Porém devido a problemas de cobertura ocasionados pela topografia das montanhas, tempos depois implantaram uma retransmissora no Morro da Cruz, no canal 45 UHF.

No decorrer do ano, a emissora promoveu muitas mudanças, reformulando seu jornalismo com a criação dos telejornais SC Repórter 1ª edição e o SC Repórter 2ª edição. Também expandiu a sua sucursal em Florianópolis, onde passou a ser produzida parte da programação da emissora, e também reformou as suas sucursais em Joinville, Blumenau, Criciúma, Joaçaba e Chapecó. Em 2009, o sinal da emissora também foi ampliado para 95% do estado de Santa Catarina.

Década de 2010[editar | editar código-fonte]

Em 19 de novembro de 2012, o SBT Santa Catarina deixou a sucursal de Florianópolis instalada no Morro da Cruz e inaugurou sua nova sede no bairro Agronômica.[2] [3] No mesmo dia estrearam também novos cenários para os programas da emissora, e toda sua programação passou a ser gerada de Florianópolis. No ano de 2013, a emissora iniciou a implantação do seu sinal digital, começando pelas suas sucursais e depois as outras retransmissoras.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

Canal virtual Canal digital Proporção de tela Programação
10.1 46 UHF 1080i Programação principal do SBT Santa Catarina / SBT

A emissora iniciou suas transmissões digitais em março de 2013, através do canal 46 UHF em Lages.[4]Florianópolis passou a receber o sinal digital da emissora em 30 de setembro do mesmo ano, também pelo canal 46 UHF.[5] Os programas da emissora passaram a ser produzidos em alta definição em 2013.

Programação[editar | editar código-fonte]

Além de retransmitir a programação nacional da SBT, o SBT Santa Catarina produz os seguintes programas:

  • SBT Meio-Dia: Telejornal, com Marcelo Martins e Ildiane Silva. De segunda a sexta, das 11h50 às 12h30;
  • SBT e Você: Programa de variedades, com Marja Nunes. De segunda a sexta, das 12h30 às 13h00;
  • SBT News: Telejornal, com Fernando Machado. De segunda a sexta, das 19h20 às 19h45.

Jornalismo[editar | editar código-fonte]

Á época de sua afiliação com o SBT, a emissora lançou o telejornal SC Repórter, com duas edições apresentadas no horário da manhã e da tarde. Em 24 de julho de 2010, o SBT Santa Catarina substituiu a 1ª edição do SC Repórter pelo SBT Meio-Dia, apresentado por Moacir César de Oliveira. Na sua estreia, o telejornal contou com a presença dos jornalistas Hermano Henning e Karyn Bravo.[6] Em 2 de agosto, foi a vez do SC Repórter 2ª edição ser substituído pelo SBT News. Em 10 de fevereiro de 2011, o jornalista Luiz Carlos Prates foi contratado pela emissora, passando a ter uma coluna diária de comentários no SBT Meio-Dia em 21 de fevereiro.[7] Nesse mesmo dia, o jornalista Marcelo Martins assumiu a apresentação do SBT News.

Em 2015, os telejornais da emissora passam por mudanças. O SBT Meio-Dia passa a ser apresentado por Marcelo Martins e Ildiane Silva, enquanto o SBT News fica sob o comando de Fernando Machado, e passa a contar com os comentários sobre política de Cláudio Prisco.[8] Em 15 de abril, o jornalista Luiz Carlos Prates é demitido do SBT Santa Catarina após tecer um comentário polêmico sobre pessoas com depressão, afirmando que o copiloto do Voo Germanwings 9525, Andreas Lubitz, era um "covarde existencial", e que "pessoas que sofrem de depressão são covardes existenciais".[9]

Entretenimento[editar | editar código-fonte]

A emissora não possuía programas de entretenimento até 2015, sendo que os que existiam eram todos produções independentes ou arrendamentos de horários, boa parte existente desde a época da RedeTV! Sul. Em 23 de fevereiro, a emissora estreou o programa SBT e Você, apresentado por Andrea Buzato, na faixa do meio-dia.[10] Em 4 de março de 2016, Andrea foi demitida da emissora, e o programa passou a ser apresentado por Marja Nunes.[11]

Transmissões especiais[editar | editar código-fonte]

O SBT Santa Catarina cobre anualmente vários eventos do estado de Santa Catarina, como o carnaval de Joaçaba e Herval d'Oeste, a Festa da Maçã em São Joaquim, a Festa Nacional do Pinhão em Lages, o Festival de Dança de Joinville, entre outros.

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Após perder afiliada para Record, SBT fecha contrato em Santa Catarina». Folha Online. 29-11-2007. Consultado em 24-01-2015. 
  2. «SBT-SC inaugura sede em Florianópolis». Associação Catarinense de Imprensa. 19-11-2012. Consultado em 03-04-2016. 
  3. «SBT lança sede para centralizar o jornalismo em Santa Catarina». Comunique-se. 19-11-2012. Consultado em 03-04-2016. 
  4. Guedin, Giorgio (24-03-2016). «SBT SC HD no ar em Lages». Blog SulBRTV. Consultado em 03-04-2016. 
  5. «SBT Santa Catarina inaugura oficialmente o sinal digital na Grande Florianópolis». ACAERT. 01-10-2013. Consultado em 03-04-2016. 
  6. «SBT MEIO DIA estreia hoje com presença de Hermano Henning e Karyn Bravo». Acontecendo Aqui. 26-07-2010. Consultado em 03-04-2016. 
  7. «Luiz Carlos Prates é contratato pelo SBT/SC». Portal da Ilha. 20-01-2011. Consultado em 03-04-2016. 
  8. «SBT Santa Catarina lança nova programação em Florianópolis». SBT Santa Catarina. 25-02-2015. Consultado em 03-04-2016. 
  9. «Luiz Carlos Prates é demitido do SBT Santa Catarina após comentário sobre depressivos». Portal Imprensa. 15-04-2015. Consultado em 03-04-2016. 
  10. «SBT e Você estreia em fevereiro com Andrea Buzato». SBT Santa Catarina. 04-02-2015. Consultado em 03-04-2015. 
  11. «Andrea Buzato é demitida do SBT Santa Catarina». Making Of. 04-03-2016. Consultado em 03-04-2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Precedido por
RedeTV Sul!
Canal 10 VHF de Lages
2008-presente
Sucedido por
-
Ícone de esboço Este artigo sobre Televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.