Navegantes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Disambig grey.svg Nota: Para outros significados, veja Navegantes (desambiguação).
Município de Navegantes
Bandeira de Navegantes
Brasão de Navegantes
Bandeira Brasão
[[[1]|Hino]]
Aniversário 26 de agosto
Fundação 26 de agosto de 1962 (55 anos)
Gentílico navegantino
Prefeito(a) Emílio Vieira (PSDB)
(2017–2020)
Localização
Localização de Navegantes
Localização de Navegantes em Santa Catarina
Navegantes está localizado em: Brasil
Navegantes
Localização de Navegantes no Brasil
26° 53' 56" S 48° 39' 14" O26° 53' 56" S 48° 39' 14" O
Unidade federativa  Santa Catarina
Mesorregião Vale do Itajaí IBGE/2008 [1]
Microrregião Itajaí IBGE/2008 [1]
Municípios limítrofes Ilhota, Itajaí, Luiz Alves, Penha e Piçarras
Distância até a capital 90 km
Características geográficas
Área 111,461 km² [2]
População 70 565 hab. Est. Populacional - IBGE/2014[3]
Densidade 633,09 hab./km²
Altitude 12 m
Clima subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,736 alto PNUD/2010 [4]
PIB R$ 1 399 885 mil IBGE/2010[5]
PIB per capita R$ 23 104 99 IBGE/2010[5]
Página oficial

Navegantes é um município brasileiro do estado de Santa Catarina, região sul do país. Localiza-se a uma latitude 26º53'56" sul e a uma longitude 48º39'15" oeste, estando no litoral centro norte catarinense e faz parte da Mesorregião do Vale do Itajaí, na margem esquerda da foz do Rio Itajaí-Açu, estando a uma altitude de 12 metros. Sua população estimada em 2015 era de 72.772 habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

A cidade de Navegantes nasceu voltada para o mar e logo foi colonizada por açorianos. O primeiro sesmeiro da região foi João Dias Arzão que, em 1658, recebeu uma sesmaria em frente ao rio Itajaí-Mirim.

Emancipou-se politicamente de Itajaí em 26 de agosto de 1962. Seu nome original era Nossa Senhora dos Navegantes.

Navegantes conta ainda com o Aeroporto Internacional Ministro Victor Konder, importante terminal de cargas e passageiros que serve as regiões da Foz do Itajaí e Vale do Itajaí que, juntamente com o Porto de Navegantes, são uma conquista recente do município, tornando-a a cidade referência no transporte nacional e internacional.

Datas históricas[editar | editar código-fonte]

1896
  • 23 de janeiro - a "Câmara Episcopal de Corytiba" concedia "licença para que se possa erigir uma capela sob a invocação de Nossa Senhora dos Navegantes, de São Sebastião e de Santo Amaro". O padre Antônio Eising, então vigário da paróquia de Itajaí foi quem fez a solicitação.
1898
  • 2 de fevereiro - Inauguração da Capela de Nossa Senhora dos Navegantes.
1912
  • 17 de dezembro - Em homenagem aos homens do mar, aos pescadores e à Nossa Senhora, de quem os moradores eram devotos, o arraial assume o seu próprio nome: Bairro dos Navegantes.
1959
  • 8 de novembro - Bênção da pedra fundamental do novo templo de Nossa Senhora dos Navegantes, que teve à frente da comissão construtora o senhor Anibal Gaya.
1961
1962
  • 2 de fevereiro - Por decreto da cúria metropolitana é criada a Paróquia de Nossa Senhora dos Navegantes, instalada oficialmente em 26 de agosto do mesmo ano, tendo como pároco o padre Gilberto Luiz Gonzaga.
1962
  • 14 de maio - Resolução nº 02: a Câmara Municipal de Itajaí autoriza o desmembramento de Navegantes.
1962
  • 30 de maio - Lei estadual nº 828 cria o município de Navegantes.
1962
  • 26 de agosto - É instalado oficialmente o município de Navegantes e a Paróquia de Nossa Senhora dos Navegantes.
1962
1962
  • 7 de outubro - Pela primeira vez acontece a eleição para prefeito e vereadores de Navegantes.
1963
  • 31 de janeiro - O prefeito provisório entrega o governo municipal ao prefeito eleito Cirino Adolfo Cabral.


Lista de prefeitos de Navegantes[editar | editar código-fonte]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

A cidade tem como acessos rodoviários a BR-101 (via BR-470 e SC-413), a Avenida Cirino Adolfo Cabral (divisa com Penha). Além destes, conta com travessia do rio Itajaí-Açu através do ferry-boat (Centro/Navegantes e Centro/Itajaí) e balsa (Porto das Balsas/Navegantes e Barra do Rio/Itajaí).

Transporte[editar | editar código-fonte]

Transporte coletivo municipal

O município possui sistema de transporte municipal, com um terminal (Centro) operado pela Viação Nossa Senhora dos Navegantes Ltda. (antiga Transportes Rainha do Sul Ltda., que absorveu empresa de Alquino Albino 'Pitangueira'). Está em processo (audiências) de implantação de sistema integrado, com a construção de mais três terminais (Machados, Volta Grande e Gravatá).

Transporte coletivo intermunicipal

O terminal rodoviário funciona junto com o terminal urbano, na Avenida João Sacavem.

As empresas que operam atualmente são: Auto Viação Catarinense Ltda., Reunidas S.A. Transportes Coletivos, Auto Viação Rainha Ltda., Viação Nossa Senhora dos Navegantes Ltda..

Divisão municipal[editar | editar código-fonte]

Bairros
  • Centro
  • São Pedro (Pontal)
  • São Domingos I e II
  • São Paulo I e II
  • Nossa Senhora das Graças (Areia Branca)
  • Machados
  • Volta Grande
  • Pedreiras
  • Meia-Praia
  • Gravatá
  • Hugo de Almeida
  • Porto Escalvados
  • Escalvados
  • Escalvadinhos
  • Escalvândia
Localidades
  • Porto das Balsas
  • Queimadas
  • Areias
  • Jardim Paranaense

Aeroporto de Navegantes[editar | editar código-fonte]

O Aeroporto Internacional Ministro Victor Konder é um aeroporto público, sendo considerado a principal porta de entrada para quem mora no Vale do Itajaí e nas proximidades de Navegantes, como Balneário Camboriú, Itajaí, Itapema. O aeroporto faz ligações ao principais aeroportos do Brasil.

Artes[editar | editar código-fonte]

Navegantes conta com o Grupo de Teatro Criando História que tem levado suas apresentações para os recônditos mais distantes da cidade, fazendo dessa forma a população ter maior apreço pela arte e cultura no município.

Festa típica[editar | editar código-fonte]

Em todo carnaval de Navegantes é feita a famosa festa do Navegay, onde todos homens vão vestidos com trajes femininos e as mulheres com trajes masculinos. Esta festa já é tradição na cidade, e os mais bem fantasiados ganham prêmio de melhor traje do Navegay do ano. A festa ocorre toda segunda-feira de carnaval, havendo sol ou não.

Pontos turísticos[editar | editar código-fonte]

Praias

Com uma orla marítima de aproximadamente 12 quilômetros, divididas em Praia Central, Meia Praia e Gravatá, Navegantes se destaca com suas praias de águas limpas, próprias para o banho, prática de esportes aquáticos e pesca. O surf é uma das modalidades esportivas mais praticadas no município, e surfistas da cidade e de regiões vizinhas encontram nas praias de Navegantes as condições ideais para a prática do esporte durante o ano todo.

Avenida Beira Mar

Com uma ampla avenida que segue por toda a orla marítima, oferece um extenso calçadão ideal para caminhadas e passeios turísticos, possibilitando visualizar o mar e sua vegetação nativa preservada.

Pedra da Miraguaia

Ponto marcante na Praia de Gravatá, a pedra é conhecida como viveiro natural de mariscos e atrai muitos amantes da pesca de arremesso.

Farol da Barra

Um dos principais símbolos do turismo na cidade, os molhes, como é conhecido, foi construído entre 1930 e 1938. O farol atrai inúmeros visitantes por causa de sua proximidade com embarcações de pesca e os navios que diariamente entram e saem do Porto de Itajaí e Navegantes. O local também é muito procurado pelos amantes da pesca de arremesso.

Santuário e Igreja de Nossa Senhora dos Navegantes

Localizado no centro da cidade, próximo ao ferry-boat, o santuário é um dos principais cartões postais da cidade e atrai fiéis de todas as regiões do país. Além de sua belíssima igreja centenária, o santuário é formado também por uma construção em forma de barco, que abriga a Secretaria Municipal de Turismo, e uma gruta homenageando a padroeira do município, protetora dos pescadores e navegadores.

Morro da Pedra

Localizada no bairro Escalvados e envolto pela mata atlântica preservada, o morro está estruturado com rampas para voos de asa delta e parapente, ideal para os amantes de esportes radicais. Além disso, oferece trilhas para aqueles que apreciam o turismo ecológico.

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «Estimativa Populacional 2014». Estimativa Populacional 2014. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2014. Consultado em 7 de dezembro de 2014 }
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil professor o aluno copiou e não leu». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2010. Consultado em 25 de agosto de 2013 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2006-2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 16 de dezembro de 2012 
  6. Eleições 2016 > SC > Navegantes > Candidatos a prefeito de Navegantes > Emílio Vieira (prefeito eleito) Acessado em 12 de abril de 2017

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]


Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Santa Catarina é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.