Rádio Gaúcha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Este artigo ou se(c)ção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde setembro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rádio Gaúcha
{{{alt}}}
Rádio Gaúcha
Rádio Gaúcha S.A.
País  Brasil
Cidade de concessão Bandeira de Porto Alegre (RS).svg Porto Alegre, RS (AM e OC)
BANDEIRADEGUAIBA.jpg Guaíba, RS (FM)
Frequência(s) AM 600 kHz
FM 93.7 MHz
OC 6020 kHz (49m)
OC 11915 kHz (25m)
Canais 175 (Claro TV)
407 (Sky)
979 (Oi TV)
351 (NET Porto Alegre)
Sede Bandeira de Porto Alegre (RS).svg Porto Alegre, RS
Avenida Érico Veríssimo, 400 - Azenha
MAPA
Slogan A fonte da informação
Fundação 8 de fevereiro de 1927 (88 anos)
Fundador Alcides Cunha
Carlos Freitas
Leovegildo Velloso
Gabriel Fagundes Portella
Ivo Barbedo
Olavo Ferrão Teixeira
José Baptista Ferreira
Pertence a Grupo RBS
Proprietário Eduardo Sirotsky Melzer
Outras emissoras Bandeira de Porto Alegre (RS).svg Rádio Gaúcha Porto Alegre (Porto Alegre)
Bandeira de Caxias do Sul-RS, Brasil.png Rádio Gaúcha Serra (Caxias do Sul)
BandeiraSantaMariaRS.svg Rádio Gaúcha Santa Maria (Santa Maria)
Bandeira Pelotas.png Bandeirarg.jpg Rádio Gaúcha Zona Sul (Pelotas-Rio Grande)
Formato Emissora comercial
Género Jornalismo e Esportes
Faixa etária Público de 30 à 75 anos
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYK 278 (AM)
ZYD 661 (FM)
ZYE 851 (OC)
Cobertura Estado do Rio Grande do Sul (AM)
Região Metropolitana de Porto Alegre e áreas próximas (FM)
Nacional (via satélite/OC)
Potência 100 kW (AM)
70 kW (FM)
7,5 kW (OC - 49m)
Webcast Ouça ao vivo
Sítio oficial gaucha.clicrbs.com.br/rs

Rádio Gaúcha é uma emissora de rádio brasileira sediada em Porto Alegre, capital do estado do RS, é considerada a maior emissora de rádio do Brasil. Pertence ao Grupo RBS e opera nas frequências 600 kHz AM e 93.7 MHz FM.[1] [2] [3]

É a cabeça-de-rede da Rede Gaúcha SAT,[4] que detém mais de 160 emissoras de radio, espalhados por diversos estados do Brasil, para as transmissões de diversos eventos, principalmente eventos ligados ao futebol e que envolvem a Dupla Gre-Nal.

A torre da Rádio Gaúcha, localizada em Guaíba (RS) e inaugurada em 1986, é a estrutura mais alta do Brasil (possui 230 metros de altura), sendo a quarta mais alta de toda a América do Sul.[5] Desde 1984, seu slogan é Rádio Gaúcha - A fonte da informação.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Sede do Grupo RBS em Porto Alegre, onde estão os estúdios da emissora.

A Rádio Gaúcha foi fundada em 8 de fevereiro de 1927 com a razão social Rádio Sociedade Gaúcha, na frequência de 680 kHz. Seus estúdios se situavam no Grande Hotel, no Centro de Porto Alegre. Na década de 40, seus estúdios foram transferidos para o Edíficio União, no Centro de Porto Alegre. Em 3 de julho de 1957, foi adquirida por Maurício Sirotsky Sobrinho e Frederico Arnaldo Ballvé, sendo o embrião do Grupo RBS.

Na década de 1980, o Grupo RBS compra a Rádio Farroupilha, que passa para a frequência 680 kHz, faixa antes utilizada pela Rádio Gaúcha, e a Rádio Gaúcha passa a ocupar a frequência antes utilizada pela Rádio Farroupilha, 600 kHz, sendo esse canal exclusivo- canal livre internacional- da emissora nas regiões Sul/Sudeste e parte sul do Mercosul.

Com a crise na Companhia Jornalística Caldas Júnior em 1984, a Rádio Gaúcha contrata vários profissionais da sua concorrente, a Rádio Guaíba, e passar a liderar a audiência no dial gaúcho. Nesta época, a rádio era dirigida pelo jornalista Flávio Alcaraz Gomes. Em 1994, a Rádio Gaúcha inaugurou suas transmissões via satélite, formando a Rede Gaúcha SAT.

Um dos programas mais antigos da Rádio Gaúcha é o Sala de Redação, programa de debates esportivos no ar desde 1970. Em 28 de maio de 2008, a Rádio Gaúcha passou a transmitir também em FM, na frequência 93.7MHz.

Gaúcha FM[editar | editar código-fonte]

A Rádio Gaúcha já ocupou diversas frequências FM ao longo de décadas. No início da década de 70, surgiu a Gaúcha-Zero Hora FM, que possuía uma cadeia de rádios, hoje, ocupadas pela Rede Atlântida e pela Rádio Itapema FM, com programação musical, diferenciada da frequência em ondas médias.

Entre os anos 70, 80 e 90 a Gaúcha FM ocupou a frequência de 102.3 MHz de forma alternada em intervalos de tempos irregulares com a Itapema FM. Já no anos 90 até pouco depois de 2000 ela tinha uma programação adulta contemporânea rodando eventualmente músicas dos anos 70 e 80, chamada "102 FM".

Após essas duas fases surge a terceira fase que é a simples repetição do sinal da AM, situação inédita no estado, e já planejada há alguns anos antes da mudança, quando ocupou a frequência de 93.7 MHz que anteriormente era de 91.3MHz da extinta Rádio Metrô FM. Com essa mudança no espectro da capital a rádio Atlântida FM saiu dos 94.1 MHz para os 94.3 MHz para prevenir uma possível interferência de sinal entre ambas.

Gaúcha FM de Santa Maria[editar | editar código-fonte]

Desde 2 de julho de 2012, entrou no ar a Rádio Gaúcha de Santa Maria no lugar da Itapema.[7] [8] [9]

De segunda a sábado, o Gaúcha Hoje, o Chamada Geral 1ª Edição e o Chamada Geral 2 Edição tem espaço local, das 7h às 7h30, das 11h às 11h25 e das 17h às 17h30, respectivamente. Aos sábados, das 8h10 às 10h30, comunicadores da rádio, do jornal Diário de Santa Maria e da RBS TV Santa Maria, apresentam o programa de variedades Supersábado.

Gaúcha FM de Caxias do Sul[editar | editar código-fonte]

Desde 3 de setembro de 2012 entrou no ar a Rádio Gaúcha Serra de Caxias do Sul no lugar da Itapema.[10] [11] [12] [13] [14] [15] [16] [17]

O programa Gaúcha Hoje, de segunda a sábado, tem bloco local das 6h30min às 8h, assim como o Chamada Geral 1ª Edição, também de segunda a sábado, das 11h às 12h, e o Chamada Geral 2 Edição, de segunda a sexta, das 17h às 17h30.

Gaúcha FM de Pelotas/Rio Grande[editar | editar código-fonte]

Desde 1º de junho entrou no ar Rádio Gaúcha Zona Sul, com torre e estúdio em Rio Grande e estúdio principal em Pelotas, e repórteres e operadores técnicos nas duas cidades, operando na frequência 102,1 MHz no lugar da Atlântida.[18] [19] .

A programação local é composta pelos programas Notícia na Hora Certa, de segunda a sexta-feira das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 12h, e pelo Chamada Geral 1ª Edição, que tem bloco local das 11h às 11h30, de segunda a sábado.

Equipe[editar | editar código-fonte]

Jornalistas e apresentadores[editar | editar código-fonte]

  • Adroaldo Guerra Filho
  • André Silva
  • Antônio Carlos Macedo
  • Artur Chagas
  • Carolina Bahia
  • Cláudio Brito
  • Cléber Grabauska
  • Daniel Scola
  • David Coimbra
  • Denise Cruz
  • Dorotéo Fagundes
  • Eduardo Gabardo
  • Felipe Chemale
  • Fernando Zanuzo
  • Filipe Gamba
  • Giane Guerra
  • Jocimar Farina
  • José Alberto Andrade
  • Júnior Maicá
  • Kelly Matos
  • Leandro Staudt
  • Luciano Périco
  • Luciano Potter
  • Luís Henrique Benfica
  • Marcela Panke
  • Marcelo Drago
  • Márcio Paz
  • Milena Schoeller
  • Pedro Ernesto Denardin
  • Rafael Colling
  • Raphael Gomes
  • Rodrigo Oliveira
  • Rosane de Oliveira
  • Sabrina Thomazi
  • Sara Bodowsky
  • Sérgio Boaz
  • Sílvio Benfica
  • Voltaire Santos
  • Wianey Carlet

Central Gaúcha de Esportes[editar | editar código-fonte]

  • Pedro Ernesto Denardin, Marco Antônio Pereira, André Silva e Sérgio Boaz, narradores;
  • Adroaldo Guerra Filho, Wianey Carlet, Cléber Grabauska, Maurício Saraiva, Rafael Colling, José Alberto Andrade e Luís Henrique Benfica, comentaristas;
  • Diori Vasconcelos, análise de arbitragem;
  • Sérgio Boaz, André Silva, José Alberto Andrade, Eduardo Gabardo, Leonardo Acosta, Filipe Gamba, Rodrigo Oliveira, Sérgio Guimarães e Luciano Périco, repórteres;
  • Marcos Bertoncello e Raphael Gomes, plantão esportivo;
  • Sílvio Benfica, Sérgio Boaz e Filipe Gamba, apresentadores.
Outros integrantes
Produção
  • Pedro Moreno
  • Raphael Gomes
  • Nícolas Andrade
  • Marcos Bertoncello
  • Rafael Cechin
  • Diori Vasconcelos
Coordenação

Membros antigos[editar | editar código-fonte]

Rede Gaúcha SAT[editar | editar código-fonte]

É uma cadeia de emissoras de rádio de vários estados do Brasil, afiliadas a Rádio Gaúcha. Foi fundada oficialmente na Copa do Mundo de 1994, contando na época com mais de 400 emissoras. Atualmente é composta por 123 emissoras, que que visam acompanhar as jornadas esportivas da Dupla Gre-Nal e da Seleção Brasileira e retransmitir vários programas jornalísticos.

Próprias[editar | editar código-fonte]

Emissora Cidade AM FM RDS
Rádio Gaúcha Porto Alegre 600 kHz 93.7 MHz Sim
Rádio Gaúcha Santa Maria Santa Maria 105.7 MHz Não
Rádio Gaúcha Serra Caxias do Sul 102.7 MHz Não
Rádio Gaúcha Zona Sul Pelotas-Rio Grande 102.1 MHz Não

Afiliadas[editar | editar código-fonte]

Rio Grande do Sul[editar | editar código-fonte]

Santa Catarina[editar | editar código-fonte]

Paraná[editar | editar código-fonte]

Mato Grosso[editar | editar código-fonte]

Mato Grosso do Sul[editar | editar código-fonte]

Rondônia[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]