Rádio Princesa (Porto Alegre)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rádio Princesa
Digital Radiodifusão Ltda.
País  Brasil
Frequência(s) AM 780 kHz
Antigas frequências:
AM 780 KHz (1970-1997; 2009-2010)
AM 1020 KHz (1997-2000)
FM 101,9 MHz (2010-2012)
FM 104,9 MHz (2015)
Sede Porto Alegre, RS
Slogan Rádio Princesa, saudade!
Música com emoção
Fundação 1970 (primeira fase)
2009 (segunda fase)
Extinção 2000 (primeira fase)
Fundador Jornal do Comércio
Pertence a Rede Pampa de Comunicação
Proprietário(s) Otávio Dumit Gadret
Antigo(s) proprietário(s) Jornal do Comércio
Idioma Língua portuguesa
Prefixo ZYK 279
Rádio Caiçara (AM 780)

Rádio Princesa é uma estação de rádio brasileira com sede em Porto Alegre, RS e opera na frequência AM 780 kHz.[1] Pertenceu ao Jornal do Comércio e atualmente pertence à Rede Pampa de Comunicação. Já operou na frequência 780 kHz AM entre 1970 e 1997, e, quando a Rede Pampa comprou a emissora, passou ela para os 1020 kHz AM. Chegou a alcançar o 2º lugar no Ibope no AM - com comunicadores de renome no estado: Leandro Maia, Carlos Alberto Roxo, Girózinho, Odir Ferreira.

Atuamente opera na frequência AM 780 kHz, em módulo musical (sem comunicadores, somente com a hora certa, comerciais e músicas), tocando sucessos nacionais das décadas de 60/70/80/90, como sertanejo, MPB, românticas, entre outros.

História[editar | editar código-fonte]

Voltada ao público geral da grande Porto Alegre, tocava samba, pagode, axé e ritmos românticos, levando a emissora ao segundo lugar nas AMs porto-alegrenses.

A rádio também promoveu por 12 anos (1985-1996) o Samba Sul, festival de samba e pagode, que geralmente lotava o Gigantinho.

Em outubro de 1997, a frequência 780 kHz foi ocupada pela Rádio Pampa, que ocupava o canal 1020 KHz. O dial 1020 KHz, que era da Rádio Pampa desde os anos 1980, passou a ser da Rádio Princesa AM.

Em 2000, a Princesa AM deixou o rádio para dar lugar à Rádio Caiçara em 1020 KHz, em uma mudança de frequências promovida pela Rede Pampa em suas três rádios AM.

A rádio teve, entre 2009 e 2010, uma rápida passagem de volta aos seus 780 kHz, após a saída da Rádio Pampa do dial, e antecedendo a chegada da Rádio Jornal O Sul (atual Rádio Grenal) no local.

Já em 2010, a emissora retornou ao dial na frequência 101,9 MHz, até então ocupados pela Caiçara FM. A programação, porém foi alterada e a emissora passou a executar na programação músicas instrumentais.

Em março de 2012, a rádio deixou a frequência para dar lugar a até então novata Rádio Grenal, que já ocupava os 780 KHz e passou a operar como webrádio.

Em 9 de abril de 2015, a Rádio Princesa voltou ao ar em FM, agora na frequência 104,9 MHz, até então ocupados pela Rádio Liberdade, que havia migrado para 96,7 MHz (então Rádio Pampa, que ficou restrita ao 970 KHz), e com a programação alterada novamente, desta vez com a sua programação de samba e pagode originais da marca, porém sem comunicadores ou programas.

Em 30 de novembro de 2015, a Rádio Princesa deixa novamente o dial FM para o regresso da Rádio Liberdade a frequência 104,9 MHz (já que sua frequência 96,7 MHz foi destinada para a Caiçara, até então em 780 KHz e 1020 KHz) e volta a operar somente como webrádio, desta vez mantendo sua programação de samba e pagode.

No dia 1° de abril de 2019, a emissora retornou ao dial AM na frequência 780 AM, lugar onde ocupava a Rádio Caiçara. Atualmente toca músicas nacionais das décadas de 60/70/80/90, de todos os estilos como sertanejo, músicas românticas, MPB, entre outros.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. * Luiz Artur Ferraretto (2018), "Uma rádio que dava samba: a Princesa AM, de Porto Alegre", em: Uma História do Rádio no Rio Grande do Sul (blog do professor do curso de Jornalismo e do Programa de Pós-graduação em Comunicação e Informação da Faculdade de Biblioteconomia e Comunicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul) [1]
Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.