Região Metropolitana de Porto Alegre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Região Metropolitana de Porto Alegre
Localização
Localização da Região Metropolitana de Porto Alegre
Porto Alegre NASA.jpg
Unidade federativa  Rio Grande do Sul
Lei Lei Complementar Federal nº 14 de 1973
Data da criação 8 de Junho de 1973
Número de municípios 34
Cidade-sede Porto Alegre
Características geográficas
Área 10 346,00 km²[1]
População 4 318 000 hab. Estimativa IBGE/2017[2]
Densidade 417,36 hab./km²
IDH 0,762 – elevado PNUD/2010[3]
PIB R$ 94.774.885.057 mil IBGE/2010[4]
PIB per capita R$ 23.225,00 IBGE/2008[4]
Canoas

A Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA), também conhecida como Grande Porto Alegre, é a maior região metropolitana da Região Sul do Brasil com cerca de 4,3 milhões de habitantes, e a quinta mais populosa do país. Reúne 34 municípios do estado do Rio Grande do Sul em intenso processo de conurbação. O termo refere-se à extensão da capital Porto Alegre, formando com seus municípios lindeiros uma mancha urbana contínua. Inclui também os chamados Vale dos Sinos e Vale do Paranhana.

Criada pela lei complementar federal nº 14, de 8 de Junho de 1973, sua delimitação foi posteriormente alterada por diferentes instrumentos legais do governo do Rio Grande do Sul, e não coincide exatamente com os critérios de mesorregião e de microrregião utilizados pelo IBGE.

Atualmente compreende 10 234,012 km² e, segundo censo do IBGE de 2017, possui 4 293 050 habitantes, sendo a quinta mais populosa do Brasil – superada apenas pelas regiões metropolitanas de São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, Brasília, respectivamente, também possui o quarto maior PIB do Brasil, e atualmente é a 82ª maior aglomeração urbana do mundo.[5]

A Região Metropolitana de Porto Alegre constitui-se numa área estratégica para o desenvolvimento do estado. Nela encontram-se algumas das maiores e mais importantes empresas do país, como montadoras de veículos, pólos petroquímicos, indústrias de autopeças, plásticos, produtos alimentícios, etc.

A região também está localizada numa posição estratégica em referência ao Mercosul, sendo o Aeroporto Internacional Salgado Filho a principal porta de entrada para passageiros vindos de países do Cone Sul.

Municípios[editar | editar código-fonte]

Município Anexado em Legislação Área (km²)
[6]
População
(2010)[7]
População
(2018)[8]
PIB em mil R$
(2013)[4]
Alvorada 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 70,811 195.718 209.213 1.992.342
Araricá 30 de Julho de 1998 LCE 11201 35,292 4.868 5.622 122.598
Arroio dos Ratos 1 de Janeiro de 2000[9] LCE 11539 425,938 13.608 14.123 174.142
Cachoeirinha 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 43,766 118.294 129.307 5.648.490
Campo Bom 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 61,406 60.081 66.156 2.168.912
Canoas 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 131,097 324.025 344.957 11.451.934
Capela de Santana 28 de junho de 2001 LCE 11645 184,003 11.613 11.810 152.665
Charqueadas 27 de Julho de 1994 LCE 10234 216,513 35.363 40.301 1.006.974
Dois Irmãos 3 de Outubro de 1989 CE 65,156 27.572 32.205 1.323.496
Eldorado do Sul 3 de Outubro de 1989 CE 509,699 34.335 40.643 959.833
Esteio 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 27,543 80.669 83.121 2.780.621
Estância Velha 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 52,378 42.589 49.345 1.149.281
Glorinha 3 de Outubro de 1989 CE 323,641 6.885 7.988 358.176
Gravataí 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 463,758 255.762 279.398 10.197.232
Guaíba 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 376,973 95.230 98.043 4.174.309
Igrejinha 22 de dezembro de 2011 LCE 13853 136,816 31.663 36.450 1.326.577
Ivoti 3 de Outubro de 1989 CE 63,138 19.877 23.880 714.430
Montenegro 14 de Janeiro de 1999 LCE 11307 420,017 59.436 64.788 2.624.259
Nova Hartz 3 de Outubro de 1989 CE 62,558 18.346 21.317 649.953
Nova Santa Rita 30 de Julho de 1998 LCE 11201 217,868 22.706 28.670 914.883
Novo Hamburgo 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 223,606 239.051 246.452 7.021.001
Parobé 3 de Outubro de 1989 CE 109,026 51.481 57.660 958.182
Porto Alegre 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 496,827 1.409.939 1.479.101 57.379.337
Portão 3 de Outubro de 1989 CE 159,942 30.881 36.510 971.739
Rolante 5 de agosto de 2010 LCE 13496 296,992 19.493 21.199 420.492
Santo Antônio da Patrulha 21 de Setembro de 2000 LCE 11530 1.048,904 39.679 42.648 886.392
Sapiranga 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 137,519 75.020 81.198 2.125.761
Sapucaia do Sul 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 58,644 130.988 140.311 2.630.605
São Jerônimo 21 de Junho de 1999 LCE 11340 937,049 22.141 24.078 413.216
São Leopoldo 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 102,313 214.210 234.947 5.854.218
São Sebastião do Caí 13 de junho de 2012 LCE 14047 111,435 21.932 25.467 526.820
Taquara 21 de Março de 1999 LCE 11318 457,130 54.656 57.292 999.225
Triunfo 3 de Outubro de 1989 CE 823,416 25.811 29.207 5.900.492
Viamão 8 de Junho de 1973 LCF 14/1973 1.494,263 239.234 254.101 2.680.846
Total 10.345,447 3.958.985 4.317.508 138.659.433


Referências

  1. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de nº 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  2. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 28 de agosto de 2017 2017 especiais - IBGE https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/media/com_mediaibge/arquivos/c0019d67f9d6ec8982c6dbce473b6782.xlsxtítulo=Estimativas 2017 especiais - IBGE Verifique valor |url= (ajuda). Consultado em 25 de agosto de 2018.  Em falta ou vazio |título= (ajuda)
  3. PNUD (2014). «Ranking de todas as RMs». Seção Região Metropolitana. Atlas do desenvolvimento Humano do Brasil. Consultado em 5 de dezembro de 2014. 
  4. a b c «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 12 de dezembro de 2010. 
  5. «World Gazetteer – Welt: Ballungsräume» 
  6. IBGE, Área Territorial Oficial, Resolução nº 5 de 10 de outubro de 2002. Acessado em 20 de janeiro de 2008.
  7. «Censo Demográfico 2010». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 5 de dezembro de 2010. 
  8. «Estimativas da população residente no Brasil e unidades da Federação com data de referência em 1° de julho de 2018» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 1 de julho de 2018 
  9. Assembléia Legislativa - RS, [1], Lei Complementar Estadual 11539 de 1 de janeiro de 2000. Acessado em 31 de janeiro de 2010.
  10. «População das Regiões Metropolitanas, Regiões Integradas de Desenvolvimento e Aglomerações Urbanas com mais de Um Milhão de Habitantes». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. 30 de agosto de 2016. Consultado em 9 de setembro de 2016. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]