Região Metropolitana de Boa Vista

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Região Metropolitana de Boa Vista
Localização
Localização da Região Metropolitana de Boa Vista
Capitais do Brasil - Capital Cities of Brazil - Boa Vista-RR (35523972563).jpg
Unidade federativa  Roraima
Lei LCE 130/2007
Data da criação 21 de dezembro de 2007 (11 anos)
Número de municípios 5[1]
Cidade-sede Boa Vista
Características geográficas
Área 59 552,117 km²[2]
População 438 665 hab. IBGE/2018
Densidade 7,37 hab./km²
PIB R$ Aumento8 573 487 mil IBGE/2015[3]
PIB per capita R$ 22.493,26 IBGE/2015[3]

A Região Metropolitana de Boa Vista é uma região metropolitana localizada no estado de Roraima, extremo Norte do Brasil. Instituída pela Lei Complementar Estadual nº 130, de 21 de dezembro de 2007, compreende os municípios de Alto Alegre, Boa Vista, Bonfim, Cantá e Mucajaí.[4][5]

Sua população era de 438.665 habitantes, segundo estimativas de 2018 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).[6]

Histórico[editar | editar código-fonte]

Fruto da LCE 130/2007, a região metropolitana não recebe literalmente uma denominação oficial. O texto da lei complementar apenas se refere à instituição de uma "região metropolitana da capital"; por óbvio, também não há estabelecida legalmente qualquer sigla que represente a região.[7]

O artigo 2° da lei complementar traz uma lista exaustiva dos objetivos da conurbação por ela instituída:

"Art 2° As Regiões Metropolitanas ora criadas têm os seguintes objetivos:
I - proporcionar aos moradores serviços comuns com os mesmos custos operacionais;
II - ofertar serviços em igualdade de condições;
III - destinar locais comuns para oferta dos serviços equivalentes; e
IV - racionalizar investimentos comuns para oferta dos serviços sem duplicação de investimentos ou locais de oferta."

Há referência expressa à localidade de Santa Cecília, grande loteamento situado imediatamente após a Ponte dos Macuxis, já no Município do Cantá. A lei determina, em seu artigo 6°, a busca de integração de atividades comuns, incluindo os investimentos necessários à prestação de serviços, como oferta de água, esgoto, segurança pública e aterro sanitário.

Municípios[editar | editar código-fonte]

Foto Município Área
territorial (km²)[8]
População
(2018)
PIB (2015)

(em mil de reais)

Alto Alegre 25753,487 15.638 223.631
Centro cívico de Boa Vista.jpg
Boa Vista 5687,037 375.374 7.559.300
Vgm Guiana 049.JPG
Bonfim 8095,421 12.257 335.134
Cantá 7664,831 17.868 207.969
Mucajaí, Roraima.JPG
Mucajaí 12351,341 17.528 247.451
Total 59.552,117 438.665 8.573.487

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Região metropolitana passa a ter mais municípios integrados». ABM (Associação Brasileira de Municípios). 17 de junho de 2015. Consultado em 24 de março de 2016 
  2. IBGE (29 de junho de 2018). «Área territorial oficial». Resolução Nº 01, de 28 de junho de 2018. Consultado em 26 de agosto de 2018 
  3. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2010 - 2015». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 23 de agosto de 2018 
  4. Tribunal de Justiça de Roraima. «Lei Complementar nº 229 de 09 de dezembro de 2014» 
  5. «Região Metropolitana da Capital (RR) – FNEM». fnembrasil.org. Consultado em 1 de setembro de 2018 
  6. «Estimativa populacional 2018» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 29 de agosto de 2018 
  7. «LEI COMPLEMENTAR Nº 130 DE 21 DE DEZEMBRO DE 2007» (PDF). Tribunal de Justiça de Roraima - TJRR. 21 de dezembro de 2007. Consultado em 1 de setembro de 2018 
  8. «Brasil | Áreas dos Municípios | IBGE :: Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística». www.ibge.gov.br. Consultado em 26 de agosto de 2018 
Ícone de esboço Este artigo sobre Geografia do Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.