Região Metropolitana do Agreste

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Região Metropolitana do Agreste
Unidade federativa  Alagoas
Lei LCE 27/2009
Data da criação 1° de dezembro de 2009
Número de municípios 15
Cidade-sede Arapiraca
Características geográficas
Área Não disponível
População 508 073 hab. (34º) Censo IBGE/2014[1]
Densidade hab./km²

A Região Metropolitana do Agreste é a segunda região metropolitana de Alagoas, criada em 1 de dezembro de 2009, pela Lei Complementar 27/2009[2]. É formada por Arapiraca e mais 15 municípios, Campo Grande, Coité do Noia, Craíbas, Feira Grande, Girau do Ponciano, Junqueiro, Lagoa da Canoa, Limoeiro de Anadia, Olho d'Água Grande, São Sebastião, Taquarana, Traipu, São Brás e Jaramataia.[nota 1][nota 2]


Municípios[editar | editar código-fonte]

Município Lei Área População
2009[3]
PIB (mil R$)
(2006)[4]
PIB per Capita (R$) IDH-M
2000[5]
Arapiraca LCE 27/2009 367,5 231.053 2.416.888 5.173 0,656
Campo Grande LCE 27/2009 167,1 9.631 20.854 2.464 0,547
Coité do Noia LCE 27/2009 88,9 11.110 26.161 1.921 0,569
Craíbas LCE 27/2009 276,4 23.855 47.664 2.074 0,553
Feira Grande LCE 27/2009 156,6 22.377 45.149 1.971 0,560
Girau do Ponciano LCE 27/2009 504,3 39.657 74.569 2.415 0,535
Jaramataia LCE 27/2009 104,1 5.718 18.455 2.700 0,580
Junqueiro LCE 27/2009 221,6 25.073 71.242 2.847 0,615
Lagoa da Canoa LCE 27/2009 103,3 18.566 42.327 1.840 0,580
Limoeiro de Anadia LCE 27/2009 335,8 28.244 53.281 1.915 0,569
Olho d'Água Grande LCE 27/2009 119 5.159 11.910 2.305 0,544
São Brás LCE 27/2009 140,6 7.006 18.931 2.814 0,606
São Sebastião LCE 27/2009 307 33.826 85.549 2.641 0,565
Taquarana LCE 27/2009 167,2 19.725 42.179 2.449 0,583
Traipu LCE 27/2009 701,7 27.488 47.243 1.968 0,479
Total 3 761,1 508.488 3.022.402
-

Referências

  1. «IBGE - Censo Brasileiro 2014» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) 
  2. Diário Oficial do estado de Alagoas, 1º de dezembro de 2009
  3. «Estimativas da população para 1º de julho de 2009» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 14 de agosto de 2009. Consultado em 14 de agosto de 2009 
  4. «Produto Interno Bruto dos Municípios 2002-2006» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 22 de dezembro de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 29 de maio de 2008 

Nota[editar | editar código-fonte]

  1. Com a lei complementar nº 30 de 15 de dezembro de 2011, o município de Tanque d'Arca foi excluído da Região Metropolitana do Agreste e passou a pertencer à recém-criada Região Metropolitana do Vale do Paraíba.
  2. Com a lei complementar nº 32 de 5 de janeiro de 2012, os municípios de Belém, Estrela de Alagoas, Igaci e Palmeira dos Índios foram excluídos da Região Metropolitana do Agreste e passaram a pertencer à recém-criada Região Metropolitana de Palmeira dos Índios.