Girau do Ponciano

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Girau do Ponciano
Bandeira de Girau do Ponciano
Brasão de Girau do Ponciano
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 01 de Janeiro de 1959
Gentílico girauense
Padroeiro(a) Nossa Senhora da Imaculada Conceição
Prefeito(a) David Ramos de Barros (PTB)
Localização
Localização de Girau do Ponciano
Localização de Girau do Ponciano em Alagoas
Girau do Ponciano está localizado em: Brasil
Girau do Ponciano
Localização de Girau do Ponciano no Brasil
09° 53' 02" S 36° 49' 44" O09° 53' 02" S 36° 49' 44" O
Unidade federativa  Alagoas
Mesorregião Agreste Alagoano IBGE/2008[1]
Microrregião Arapiraca IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Campo Grande, Craíbas, Feira Grande, Jaramataia, Lagoa da Canoa e Traipu
Distância até a capital 159 km
Características geográficas
Área 502,150 km² [2]
População 40,519 hab. IBGE/2015[3]
Densidade 0,08 hab./km²
Altitude 244 m
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,535 baixo PNUD/2000[4]
PIB R$ 105 952,798 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 2 922,84 IBGE/2008[5]

Girau do Ponciano[nota 1] é um município brasileiro localizado no estado de Alagoas. Pertencente à Mesorregião do Agreste Alagoano e à Microrregião de Arapiraca, localiza-se a oeste da capital do estado, distando desta cerca de 159 quilômetros. Sua população foi estimada em 2015 pelo IBGE em 40 519 habitantes,[3] sendo assim um dos mais populosos do estado de Alagoas e o terceiro de sua microrregião. Está a 1 367 quilômetros de Brasília, a capital federal e a cidade é próxima da cidade de Arapiraca a segunda maior cidade de Alagoas. Sua área é de 504,3 km², sendo que 1,2970 km² estão em perímetro urbano.[6]

História[editar | editar código-fonte]

Girau do Ponciano, antigamente denominado Belo Horizonte ou Ponciano, figurou como distrito no município de Traipu até a lei estadual nº 2101 de 15 de julho de 1958 elevou o distrito à categoria de município que foi instalado em 1 de janeiro de 1959.[7]

Alterações toponímicas distritais[editar | editar código-fonte]

Belo Horizonte para Ponciano alterado, pelo decreto-lei estadual nº 2909, de 30 de dezembro de 1943. Ponciano para Girau do Ponciano alterado, pela lei estadual nº 2101, de 15 de julho de 1958.

A passagem de Lampião pelo município[editar | editar código-fonte]

Certo dia, por volta das 10:00 horas da manhã, no ano de 1938, Lampião chegou a Vila Ponciano, atual cidade de Girau do Ponciano. Na sua chegada, alguns policiais deram poucos tiros, causando uma reação imediata em Lampião e em seus Cangaceiros, iniciando assim, um pequeno tiroteio na Vila. Sua passagem causou grande alvoroço na população. Depois ele e seu bando foram à feira livre, tomaram as mercadorias dos ambulantes e comerciantes, logo após as distribuíram para as pessoas pobres da Vila.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Limita ao norte com o município de Jaramataia, ao sul com os municípios de Traipu e Campo Grande, a leste com o município de Lagoa da Canoa, a oeste com o município de Traipu, a nordeste com o município de Craíbas e a sudeste com o município de Feira Grande.

Educação[editar | editar código-fonte]

A exemplo do que ocorre no estado de Alagoas, Girau do Ponciano tem alto índice de analfabetismo. Em 2000, pouco mais de 50% de sua população não tinha nenhum grau de escolaridade. Apesar disso, Girau é uma das poucas cidades alagoanas, se não a única, a ter escola de ensino médio na zona rural, a Escola Estadual Enoque Barros, nome do prefeito da cidade que construiu a unidade escolar. A escola foi, desde sua criação em 1986 até o ano de 2000, gerida pelo município, até que passou para o controle do estado de Alagoas. A Escola Enoque Barros tem servido já há muitos anos a estudantes de outros municípios, como Traipu, Lagoa da Canoa e Craíbas.

Atualidade[editar | editar código-fonte]

Desde 2009 a prefeitura está trabalhando pela implantação de um polo industrial. No dia 21 de julho de 2010, sites de notícias estaduais afirmaram que uma empresa de componentes eletrônicos estudava abrir fábrica em Girau. Caso isso venha a ocorrer, o município segue a tendência de muitos municípios pequenos Brasil afora, que vêm recebendo empresas que buscam áreas com vantagens diversas, tais como, mão-de-obra mais barata que nas grandes cidades, facilidades fiscais concediadas pelos governos locais e doação de terreno.

Hino[editar | editar código-fonte]

Girauense

Cante a felicidade

Salve o dia de sua liberdade

Neste dia você se elevou

E em cidade, Girau se transformou. 

Obrigado aos homens que lutaram

Até que um dia você se emancipou

Parabéns, grandes homens de ação

Para todos fica a nossa gratidão. 

Louvemos a nossa padroeira

Nossa mãe...

A virgem da Conceição

Pela paz, pela força, pelo amor

O progresso presente de norte a sul

Neste dia seus filhos se ufanam

Libertamos nossos laços de Traipu

Girau, nós lutamos por você

Para mostrar o seu valor

Cantemos felizes a sua glória

Demonstrando como é grande o nosso amor. 

Salve primeiro de janeiro

Dia lindo e libertador

Aqui o meu grito é bem mais forte

Em minha terra o progresso habitou.

Letra: Esmeralda Farias e Vanutério Almeida

Música: Antônio Basílio

Data: 30/11/1983

Notas

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b «Girau do Ponciano». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 5 de março de 2016 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. Embrapa Monitoramento por Satélite. «Minas Gerais». Consultado em 30 de março de 2010 
  7. «Girau do Ponciano - Histórico (IBGE)» (PDF). biblioteca.ibge.gov.br. 2008. Consultado em 20 de agosto de 2012 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.