Paripueira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Município de Paripueira
Vista aérea-Paripueira2.jpg

Bandeira de Paripueira
Brasão de Paripueira
Bandeira Brasão
Hino
Fundação 1990 (29 anos)
Gentílico paripueirense
Padroeiro(a) Santo Amaro
Prefeito(a) Haroldo Nascimento (PSDB)
(2017 – 2020)
Localização
Localização de Paripueira
Localização de Paripueira em Alagoas
Paripueira está localizado em: Brasil
Paripueira
Localização de Paripueira no Brasil
09° 27' 54" S 35° 33' 07" O09° 27' 54" S 35° 33' 07" O
Unidade federativa Alagoas
Mesorregião Leste Alagoano IBGE/2008[1]
Microrregião Maceió IBGE/2008[1]
Região metropolitana Maceió
Municípios limítrofes Maceió, Barra de Santo Antônio e Rio Largo
Distância até a capital 27 km
Características geográficas
Área 92,712 km² [2]
População 12 887 hab. IBGE/2015[3]
Densidade 139 hab./km²
Altitude 0 m
Clima Tropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,617 médio PNUD/2000[4]
PIB R$ 38 229,012 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 812,61 IBGE/2008[5]

Paripueira é um município da Região Metropolitana de Maceió, no estado de Alagoas, no Brasil. Sua população estimada é de 12.000 habitantes. Município turístico, tem, como atração, belas praias com piscinas naturais, como a Praia de Sonho Verde, que se destaca por sua beleza e por sua infraestrutura. É nesse recanto ecológico que se refugia o peixe-boi, espécie em extinção, aqui protegido pelo Parque Municipal Marinho de Preservação do Peixe-Boi, único na América Latina.

Topônimo[editar | editar código-fonte]

"Paripueira" é uma palavra oriunda língua tupi: significa "canal velho", através da junção dos termos pari (canal) e pûera (velho) ou "águas mansas"-"pari" (águas) e "pueira" (mansas),daí a junção:"pau-poeira"-Paripueira.[6].

História[editar | editar código-fonte]

Até o ano 1000, aproximadamente, a região era habitada por povos indígenas tapuias. Nessa época, a região foi invadida por povos tupis procedentes da Amazônia, os quais expulsaram os tapuias para o interior do continente. No século XVI, a região era habitada por um desses povos tupis, os caetés, os quais viriam a ser escravizados pelos portugueses, que aí chegaram nesse século[7].

A atual cidade formou-se a partir de uma colônia de pescadores, tendo crescido por causa da proximidade com Maceió e após ser descoberta como área de veraneio. O povoado sofreu influência holandesa durante as Invasões holandesas no Brasil, no século XVII. Em 1635, o tenente-general o Alemão sigismund von schoppe ]]), a serviço da Companhia Neerlandesa das Índias Ocidentais, levantou, ali um grande campo fortificado, os Redutos da Praia de Paripueira, apoiado nos rios Santo Antônio Grande e São Gonçalo, com vistas a guardar a extremidade sul dos domínios holandeses, além de barrar as incursões da guerrilha luso-brasileira. Em uma pesquisa arqueológica nas ruínas de um forte.

A expansão turística fez o povoado, que pertencia à Barra de Santo Antônio, crescer e ganhar importância, fazendo com que alguns moradores iniciassem um movimento pela emancipação política. José Vasco, José Dadi, Hamilton Monteiro e Lamenha Filho foram importantes nesse processo. Com isso, o município terminou criado pela Constituição Estadual de 1988. Ações judiciais questionaram a constitucionalidade do processo até 1990, quando houve um plebiscito, mas só em 1991 é que Carlos Alberto Costa foi nomeado administrador público. Em maio, uma nova liminar cassou a transformação do município, mas o Supremo Tribunal Federal manteve a decisão inicial.

Hoje, Paripueira é uma cidade que recebe milhares de turistas ávidos por desfrutar a tranqüilidade de suas praias. A cidade convive também com a alegria das festas carnavalescas, promovendo um dos maiores carnavais do Estado, além da tradicional Festa de Santo Amaro, em janeiro, em homenagem ao padroeiro local. As festas da Agulha e da Lagosta também são prestigiadas.

Tudo sobre[editar | editar código-fonte]

  • Limites: Barra de Santo Antônio (ao norte), Maceió (ao sul), e oceano Atlântico (ao leste)
  • Altitude: cinco metros acima do nível do mar.
  • Área: 94,1 km²
  • Clima subtropical litorâneo
  • Temperaturas: máxima de 36 °C e mínima de 23 °C.
  • População: 12.000 habitantes
  • Eleitorado: 9.309 eleitores
  • Economia: pesca, turismo, cana-de-açúcar
  • Educação: 3.030 vagas (redes estadual e municipal)
  • Saúde: dois postos de atendimento

Turismo[editar | editar código-fonte]

Paripueira possui uma das mais longas praias do estado de Alagoas: na maré baixa, é possível se andar quilômetros mar adentro com a água pelos joelhos. São praias que estão ocupadas principalmente por pescadores e casas de veraneio ao longo do litoral do município.

A praia possui 25 piscinas naturais a 1 km da costa. As barreiras de corais, que se encontram na região do município e municípios vizinhos, são consideradas a terceira maior formação de corais do mundo.

Galeria[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. «ESTIMATIVAS DA POPULAÇÃO RESIDENTE NOS MUNICÍPIOS BRASILEIROS COM DATA DE REFERÊNCIA EM 1 DE JULHO DE 2015» (PDF). Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 23 de dezembro de 2015 
  4. «Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2000. Consultado em 11 de outubro de 2008 
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  6. NAVARRO, E. A. Método moderno de tupi antigo: a língua do Brasil dos primeiros séculos. 3ª edição. São Paulo. Global. 2005. 463 p.
  7. BUENO, E. Brasil: uma história. 2ª edição. São Paulo. Ática. 2003. p. 19.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.