Dois Riachos

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Dois Riachos
  Município do Brasil  
Símbolos
Bandeira de Dois Riachos
Bandeira
Brasão de armas de Dois Riachos
Brasão de armas
Hino
Gentílico riachense [1]
Localização
Localização de Dois Riachos em Alagoas
Localização de Dois Riachos em Alagoas
Dois Riachos está localizado em: Brasil
Dois Riachos
Localização de Dois Riachos no Brasil
Mapa de Dois Riachos
Coordenadas 9° 23' 34" S 37° 06' 03" O
País Brasil
Unidade federativa Alagoas
Municípios limítrofes Cacimbinhas, Major Isidoro, Olivença , Santana do Ipanema e Águas Belas
Distância até a capital 245 km
História
Fundação 8 de julho de 1960 (62 anos)
Administração
Prefeito(a) Ramon Camilo Silva (MDB, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 140,472 km²
População total (estimativa IBGE/2021[1]) 11 059 hab.
Densidade 78,7 hab./km²
Clima Tropical (Aw)
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
CEP 57560-000
Indicadores
IDH (PNUD/2010[3]) 0,532 baixo
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 32 867,474 mil
PIB per capita (IBGE/2008[4]) R$ 2 935,64
Sítio doisriachos.al.gov.br (Prefeitura)
www.doisriachos.al.leg.br (Câmara)

Dois Riachos é um município brasileiro do estado de Alagoas. Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2021, era de 11 059[1] habitantes.

História[editar | editar código-fonte]

O núcleo urbano que constitui a cidade de Dois Riachos, sede do município homônimo, tem origem em 1907 com a primeira casa construída pela família de Miguel Vieira de Novaes, um morador do povoado de Pai Mané, na época vinculada ao então distrito de Sertãozinho (futura Major Izidoro) que pertencia ao município da Villa de Sant'Ana do Ipanema (atual Santana do Ipanema)[5][6].

A localidade passa a ser era conhecida como Garcia em razão de estar próxima a um riacho afluente do rio dos Dois Riachos. A história do local começa a mudar na década de 1930 a partir das obras públicas de construção da futura BR-316, mas que na ocasião ainda era uma estrada que interligaria a cidade de Delmiro Gouveia com Maceió, a capital alagoana[5][6].

Por causa dessas obras públicas, ocorreu um aumento populacional no povoado do Garcia pelo fato de que a estrada era planejada para passar pelo mesmo, situação que atraiu trabalhadores da região que foram recrutados por Miguel Vieira de Novaes, então o morador mais antigo e conhecido do local, para atuarem como mão-de-obra na construção rodoviária. O mesmo Miguel Vieira estabeleceria o primeiro estabelecimento comercial (uma venda) acompanhado de uma hospedaria[5][6].

Em 1936, o povoado de Garcia sofreu um ataque de cangaceiros liderados por Corisco, na época integrante do ainda ativo bando de Lampião, acontecimento que deixou fortes marcas na história oral da comunidade[5][6].

A localidade de Dois Riachos conseguiu sua autonomia política com a sua elevação ao status de município pela lei estadual nº 2.238, de 7 de junho de 1960, tendo o seu território desmembrado do município de Major Izidoro.[5][6][7]

Para a administrar provisoriamente o município, o governador estadual de Alagoas Muniz Falcão nomeou Tibúrcio Soares da Silva como primeiro prefeito de Dois Riachos, tendo ocupado o cargo entre 1960 e 1961. Em 1961, ocorreu a primeira eleição municipal em Dois Riachos, na qual Antônio Francisco Cavalcante foi eleito por voto popular para o cargo de prefeito do município, tendo cumprido o seu mandato de 1961 a 1966[5].

Geografia[editar | editar código-fonte]

Localizado na região oeste do estado de Alagoas, o município de Dois Riachos se limita com os seguintes municípios[8]:

Noroeste: Santana do Ipanema Norte: Águas Belas Nordeste: Águas Belas
Oeste: Santana do Ipanema Rosa de los vientos.svg Leste: Cacimbinhas e Major Izidoro
Sudoeste: Olivença Sul: Olivença Sudeste: Major Izidoro

Com uma área de 139,851 km²[8], o espaço territorial do município de Dois Riachos é um dos menores do estado de Alagoas, estando na 76ª posição, e com uma densidade demográfica de 77,45 hab/km²[8].

O município de Dois Riachos integra a Região Metropolitana do Médio Sertão, organização territorial criada em 2013 pelo Estado de Alagoas.

Quanto ao clima, Dois Riachos apresenta clima do tipo BSh’, muito quente, semiárido, tipo estepe, em que as temperaturas do mês mais frio são superiores a 18ºC[9].

Demografia[editar | editar código-fonte]

Sua população, conforme estimativas do IBGE de 2021, era de 11 059[1] habitantes.

Desenvolvimento Humano[editar | editar código-fonte]

O Índice de Desenvolvimento Humano Municipal de Dois Riachos é 0,532, em 2010. O município está situado na faixa de Desenvolvimento Humano com o índice Baixo[3].

Componentes do IDH do município em 2010:

Organização Político-Administrativa[editar | editar código-fonte]

O Município de Dois Riachos possui uma estrutura político-administrativa composta pelo Poder Executivo, chefiado por um Prefeito eleito por sufrágio universal e pelo Poder Legislativo, institucionalizado pela Câmara Municipal de Dois Riachos, órgão colegiado de representação dos munícipes que é composto por 9 vereadores também eleitos por sufrágio universal.[10]

A administração pública municipal de Dois Riachos é composta pelo chefe do Poder Executivo, pelos secretários municipais e pelos dirigentes de outros órgãos e entidades da administração direta e indireta, sendo que os ocupantes destes últimos cargos em comissão são nomeados pelo prefeito.[10]

Atuais autoridades municipais de Dois Riachos[editar | editar código-fonte]

Economia[editar | editar código-fonte]

A economia do município de Dois Riachos se encontra concentrada na agropecuária extensiva e no sector de serviços, com destaque para o comércio na zona urbana, e em atividades de extrativismo vegetal[9].

A transferência de renda por meio de benefícios previdenciários (ex.: aposentadorias) e assistenciais (ex.: Bolsa Família) constituem uma importante fonte de circulação de moeda no município, em razão do pouco desenvolvimento e a ausência de diversidade em sua economia, marcada pela inexistência de indústrias no local.

Setor primário[editar | editar código-fonte]

A agropecuária no município de Dois Riachos é essencialmente pautada em pequenas propriedades sendo que 87,75% dos estabelecimentos agropecuários locais possuíam menos de 10 hectares de acordo com o censo agropecuário realizado pelo IBGE em 1996[9].

Setor secundário e terciário[editar | editar código-fonte]

A principal fonte de geração de emprego são os serviços públicos estadual e municipal, sendo este o principal vínculo formal de emprego das pessoas existente no município de Dois Riachos. Excluindo as pessoas que se encontram vinculadas estatuto do funcionalismo público, as relações de trabalho no município de Dois Riachos ainda não atendem às normas trabalhistas, o que sujeita a sua população a cargas horárias que não correspondem a pouca remuneração que recebem. Reflexo disso é o fato de o trabalho exercido por meio de carteira assinada não ser uma prática comum, principalmente na zona rural, onde a informalidade predomina.

Turismo[editar | editar código-fonte]

Os pontos turísticos do município são a Pedra de Padre Cícero, a tradicional Feira do Gado e a localidade de Pai Mané. Entre as festividades destacam-se a Emancipação e a festa dos padroeiros, Nossa Senhora da Saúde e São Sebastião.

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

Infraestrutura básica[editar | editar código-fonte]

O serviço de fornecimento de energia elétrica é feito pela Equatorial Energia Alagoas, antiga Companhia Energética de Alagoas (CEAL) que foi privatizada pela Eletrobrás em dezembro de 2018, durante a gestão de Michel Temer[13]. Como ocorre nos demais municípios alagoanos, a voltagem em Dois Riachos é de 220 V.[14][15]

Os serviços de abastecimento de água e a coleta de esgoto do município de Dois Riachos são feitos pela Companhia de Saneamento de Alagoas (CASAL). Segundo dados de 2010, 61,38% das famílias de Inhapi estavam sem canalização de água no seu domicílio[16].

Estima-se que a coleta de lixo em 2020 abrangia 100% da população urbana do município[16].

Cultura[editar | editar código-fonte]

Feriados[editar | editar código-fonte]

Dois Riachos possui os seguintes feriados municipais fixos[17][18]:

Os feriados móveis do município são o Carnaval, a Sexta-Feira da Paixão (Sexta-Feira Santa) e o Corpus Christi[18].

O dia de São Sebastião, padroeiro do município de Dois Riachos, no dia 20 de janeiro, e o dia de Nossa Senhora da Conceição e da festividade no povoado Pai Mané, no dia 08 de dezembro, são tidos como datas facultativas[18].

Filhos ilustres[editar | editar código-fonte]

A jogadora Marta e a presidente do Brasil, Dilma Rousseff

Algumas das pessoas nascidas no município de Dois Riachos têm se destacado regional e nacionalmente no âmbito das artes e da comunicação e internacionalmente no contexto dos esportes, como é o caso da jogadora de futebol Marta. Assim, são riachenses notórias:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c d «Estimativa populacional 2021 IBGE». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Consultado em 29 de novembro de 2022 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b c d e «IDHM Municípios 2010». Atlas do Desenvolvimento Humano. Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD). 2013. Consultado em 29 de novembro de 2022 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 de dezembro de 2010 
  5. a b c d e f «Histórico». Dois Riachos-AL: Prefeitura Municipal de Dois Riachos. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  6. a b c d e «Dois Riachos/Alagoas/Histórico». IBGE. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  7. «Dois Riachos Alagoas - AL Histórico» (PDF). IBGE. 15 de janeiro de 2008. Consultado em 16 de maio de 2013 
  8. a b c «Mapa Político-Administrativo de Dois Riachos». Maceió: Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio de Alagoas. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  9. a b c Paulo Henrique de Almeida Cartaxo; et al. (2019). «Análise da dinâmica agropecuária (1996-2017) do município de Dois Riachos, Alagoas (Brasil)». Meio Ambiente (Brasil) - MABRA. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  10. a b MEIRELLES, Hely Lopes. Direito municipal brasileiro. 18. ed. São Paulo: Malheiros, 2017.
  11. a b c «Prefeito e vereadores de Dois Riachos tomam posse; veja lista de eleitos». G1. 1 de janeiro de 2021. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  12. «Janielson Marques dos Santos (Janielson Marques)». Câmara Municipal de Dois Riachos. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  13. Bruno Bocchini (28 de dezembro de 2018). «Companhia Energética de Alagoas é arrematada pela Equatorial Energia». Agência Brasil. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  14. Roberto Borges (22 de agosto de 2019). «Tensão nominal (fase-neutro) nas cidades brasileiras, por estado». UFRGS. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  15. «Tensões Nominais». ANEEL. 11 de março de 2016. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  16. a b «Dois Riachos–AL». Infosanbas. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  17. a b c d «Feriados Dois Riachos-AL». Consultado em 28 de novembro de 2022 
  18. a b c d e f «DECRETO Nº 04 DE 03 DE JANEIRO DE 2022». Diário Oficial dos Municípios do Estado de Alagoas. Prefeitura Municipal de Dois Riachos. 17 de janeiro de 2022. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  19. Adelto Gonçalves (2005). «José Inácio Vieira de Melo: a poesia com gosto de sertão». Germina:Revista de Literatura e Arte. Consultado em 28 de novembro de 2022 
  20. «Givaldo Ricardo é o mais novo cidadão sergipano». ALESE. 5 de setembro de 2018. Consultado em 28 de novembro de 2022 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.