Companhia de Saneamento de Alagoas

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Broom icon.svg
As referências deste artigo necessitam de formatação (desde dezembro de 2015). Por favor, utilize fontes apropriadas contendo referência ao título, autor, data e fonte de publicação do trabalho para que o artigo permaneça verificável no futuro.
CASAL
Razão social Companhia de Saneamento de Alagoas
Empresa de capital aberto
Slogan Cuidar da água é proteger a vida!
Indústria Saneamento básico
Gênero Sociedade de economia mista
Fundação 1962 (56 anos)
Sede Maceió, AL, Brasil Brasil
Área(s) servida(s) Em torno de AL
Proprietário(s) Governo do Estado de Alagoas
Presidente Eng. Civil Wilde Clécio Falcão de Alencar
Vice-presidente Eng. Civil Francisco Luis Cavalcante de Azevedo Beltrão (Vice Presidente de Gestão Operacional);

Eng. Civil Osmar Lisboa (Vice Presidente de Gestão de Engenharia); Adm. Público Jorge Silvio Luengo Galvão (Vice Presidente de Gestão Corporativa).

Produtos Serviços de Água
Gestão de Resíduo sólido
Significado da sigla Derivado do antigo nome: Companhia de Abastecimento e Saneamento do Estado de Alagoas
Website oficial www.casal.al.gov.br

A Companhia de Saneamento de Alagoas - CASAL, é a empresa de abastecimento de água e saneamento básico do estado brasileiro de Alagoas com sede em Maceió.

Fundada em dezembro de 1962, a CASAL é oriunda do antigo Departamento de Água e Esgoto da Secretaria de Viação e Obras do Estado de Alagoas. Dividida em 08 (oito) Unidades de Negócio (Jaraguá, Benedito Bentes, Farol, Leste, Serrana, Bacia Leiteira, Sertão e Agreste) e várias Unidades de Serviço, atende a 77 municípios alagoanos.

Programa ALAVANCAR[editar | editar código-fonte]

A Companhia está com empenho grande na recuperação de consumidores, regularizando a relação empresa-cliente, melhorando o sistema de atendimento ao cliente e proporcionando melhores níveis de sustentabilidade financeira. O Programa é uma iniciativa da SUCOP - Superintendência Comercial e Operacional da CASAL, sob comando do Economista Samuel Leite (um dos ex-presidentes da Companhia).

Programa SIGMETRO[editar | editar código-fonte]

A Modelagem Hidráulica na CASAL é uma iniciativa da GEDOP - Gerência de Desenvolvimento Operacional e Produção. Desde o ano de 2011, o Técnico Industrial da GEDOP/CASAL Wanderson da Silva (engenheiro civil e geoprocessador) vem trabalhando em idéias de melhorias dos seus sistemas de trabalho. Após 2014, veio a consolidação das idéias e lança o Programa SIGMETRO, que é um Programa de Incentivo ao Desenvolvimento Operacional, com a integração entre o SIG ou GIS e o sistema de medição, monitoramento, análise e controle do abastecimento e distribuição, com foco em Redução e Controle de Perdas (PRCP).

NeoGEO - Núcleo de Geoprocessamento e Geomodelagem[editar | editar código-fonte]

A CASAL, através do Programa SIGMETRO, implantou em 2017 o Núcleo Estratégico-Operacional para Processamento de Dados Geoespaciais, com finalidade de trabalhar a modelagem hidráulica com base em dados geoprocessados. São utilizados mapas predefinidos como layers base e todos os dados gerados são armazenados no SGBD PostgreSQL, com todos os schemas e tabelas gerenciados pelo time de TI da empresa no servidor do Instituto de Tecnologia de Alagoas (ITEC). Começou com a atuação de uma equipe formada por 14 estagiários de engenharia química e civil centralizados na Capital e descentralizados em Unidades de Negócio e de Serviços na Capital, 02 estagiários de engenharia civil juntamente com 03 estagiários de edificações/eletrotécnica no interior. As atribuições são:

  • promover capacitações em Modelagem Hidráulica e Geoprocessamento;
  • manter e monitorar o banco de dados geoespaciais atualizado;
  • orientar e monitorar os trabalhos realizados pelos Times de Modelagem Hidráulica das Unidades de Negócio da Capital e Interior;
  • gerenciar perfis de apoio aos Times de Desenvolvimento/Modelagem;
  • fornecer suporte à CEMORP (Central de Perdas) na elaboração e tratamento do Balanço Hídrico e Modelagem de Ganhos por Redução de Pressão para as Unidades de Negócio e de Produção;
    Logotipo oficial do Programa SIGMETRO
  • acompanhar a Supervisão de Eficiência Energética com a Gestão de Contas de Energia, para gerar padrões de demanda e de consumo energético na Linguagem do EPANET e GIS para Simulação Hidroenergética do SAA;
  • elaboração de Planilhas para acompanhamento dos indicadores de eficiência energética;
  • dimensionamento, medição e relatórios referentes a fator de potência;
  • análise de diagramas de CCM;
  • fazer implementação de algoritmos, conforme modelos matemáticos do LENHS/UFPB  readaptado pela Supervisão de Tratamento da CASAL, para a avaliação de diluição de volumes, utilizando os parâmetros de qualidade da água, analisados pelo Laboratório da CASAL para Simulação da Qualidade do Sistema;
  • planejar, coordenar e executar serviços com equipe multidisciplinar selecionada sob negociação entre os setores de Manutenção Eletromecânica e de Desenvolvimento Operacional para Ensaios de Performance de Bombas, com posterior diagnóstico do sistema avaliado;
  • buscar resultados das ações das Unidades de Negócio nos serviços de pesquisa de vazamentos não-visíveis para subsidiar a Modelagem Hidráulica;
  • fazer a geolocalização de estações pitométricas;
  • contribuir para a elaboração de projetos para implantação das estações pitométricas, inclusive dimensionamento de macromedidores;
  • contribuir na elaboração de relatórios sobre as atividades relativas às medições e diagnósticos de sistemas quanto ao fluxo (caldal) nos NÓS da rede;
  • aprimorar os avanços dos trabalhos de cadastro técnico desenvolvidos durante as Modelagens Hidráulicas com obtenção de dados a partir do Banco hospedado no Setor de Informática da CASAL;
  • fazer o Georreferenciamento de Imagens e Geoprocessamento de Dados do Cadastro Técnico que subsidiarão os trabalhos de Geomodelagem de Sistemas de Abastecimento com tratamento de dados Geoespaciais a partir do Banco de Dados SIGMETRO hospedado no Setor de Informática da CASAL;
  • calibração de Modelos Hidráulicos do SAA para cálculo das perdas de cargas com dados obtidos em campo pela equipe de Pitometria, Manometria e Geofonamento;

CEMORP - Central de Monitoramento e Análise Operacional para Redução de Perdas[editar | editar código-fonte]

Em 2018, a CASAL, através da Supervisão de Gestão de Perdas, implementou a CEMORP, que faz análises dos sistemas de abastecimento, análises dos DMCs, calculam os Fatores de Pesquisa (FP), efetuam o Balanço Hídrico baseado no modelo padrão muncial IWA. As ferramentas de gestão utilizadas são diversas dentro do conceito MASPP - Métodos de Análises e Soluções de Problemas de Perdas. O foco de atuação da CEMORP são os DMCs (Distritos de Medição e Controle). Servirá para o Diagnóstico geral do Sistema de Abastecimento da Capital e dos Municípios do Interior de Alagoas abrangidos pela CASAL, para traçado de metas para possíveis melhorias no Volume Disponibilizado (Produzido), no Índice de Perdas na Distribuição (IPD) nas Redes de Distribuição de Água (RDA) e no Índice de Perdas por Ligação (IPL), e para práticas da Modelagem e Simulação do SAA. As atribuições são:

  • assessorar equipes de trabalho de campo nas equipes de macromedição da CASAL;
  • registrar dados de campo no formulário de serviços de pesquisa de vazamentos não-visíveis.
  • tratamento de Dados e Histogramas (Modelagem) de Vazões e Pressões Macromedidas e Dataloggerizadas no Servidor, com arquivamento no repositório de arquivos do Sistema SIGMETRO NeoGEO/GEDOP para Modelagem Hidráulica do SAA;
  • subsidiar as Unidades de Negócio nos Ensaios de Estanqueidade de DMC’s com auxílio da Manometria;
  • monitorar o comportamento das pressões das redes através equipamentos instalados no sistema, manometria e VRP’s;
  • fazer a Manometria da Rede junto aos técnicos das UN's com teste de estanqueidade;
  • acompanhar os serviços de manutenção dos macromedidores de vazão e de volume;

CCP'O - Central de Controle de Processos Operacionais[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a CASAL está avançando com melhores técnicas de gestão operacional, implementando técnicas de simulação do abastecimento de água para tomar melhores decisões, longe do empirismo. Utilizando supervisórios S.C.A.D.A, o monitoramento e o controle estão cada vez mais acertivos.

Modelagem Hidráulica[editar | editar código-fonte]

Atualmente, a CASAL está avançando com melhores técnicas de gestão operacional, implementando técnicas de simulação do abastecimento de água para tomar melhores decisões, longe do empirismo.

Modelagem de Incrustações e Sedimentações[editar | editar código-fonte]

Técnicas baseadas no modelo langrageano de transporte e de mistura, e algoritmo genético.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre uma empresa é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.