Universidade Federal de Sergipe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Universidade Federal de Sergipe
Brasão de armas
UFS
Lema Fluendo Crescit
"Fluindo Cresce"
Fundação 15 de maio de 1968 (53 anos)
Tipo de instituição Pública Federal
Mantenedora Coat of arms of Brazil.svg Ministério da Educação
Localização São Cristóvão
Brasil
10° 55' 29.321" S 37° 6' 1.984" O
Docentes 1 150[1]
Reitor(a) Valter Joviniano de Santana Filho[2]
Vice-reitor(a) Rosalvo Ferreira Santos[3]
Funcionários técnicos administrativos 1 137[1]
Total de estudantes 26 898[1]
Pós-graduação 1 087[1]
Campus
Cores da escola      Azul
     Dourado
     Branco
Afiliações CRUB[4], RENEX[5]
Índice Geral de Cursos 4[6]
Orçamento anual 124 019 557,00 (2017)[7]
[www.ufs.br Website oficial]

A Universidade Federal de Sergipe (UFS) é uma instituição pública federal que se localiza no município de São Cristóvão, Sergipe, Brasil. A UFS constitui uma das mais importantes universidades do Norte e Nordeste do Brasil. É a única universidade pública do estado de Sergipe, sendo responsável por grande parte da produção científica deste.

Histórico e Campus São Cristóvão[editar | editar código-fonte]

O ensino superior no estado de Sergipe foi iniciado em 1920, vindo a funcionar em 1950 com a criação das Escolas de Ciências Econômicas e de Química, a Faculdade de Direito e a Faculdade Católica de Filosofia em 1951. Em 1954 criava-se a Escola de Serviço Social e em 1961 a Faculdade de Ciências Médicas. Com esse número de escolas superiores foi possível pleitear a criação de uma Universidade em Sergipe. Através da Lei n. 1.194 de 11 de julho de 1963, o Governo do Estado de Sergipe, autoriza a transferência dos Estabelecimentos de Ensino Superior existentes no Estado para a Fundação Universidade Federal de Sergipe, ora em organização pelo Governo Federal. Quatro anos depois, foi instituída a Fundação Universidade Federal de Sergipe, em 28 de fevereiro de 1967, pelo Decreto-Lei n. 269 e instalada em 15 de maio de 1968,[8] com a incorporação de 06 Escolas Superiores ou Faculdades que ministravam 10 cursos administrados por cinco faculdades e cinco institutos. Em decorrência da Reforma Universitária Brasileira foram criados quatro Centros Acadêmicos que coordenam atualmente 26 departamentos e 103 cursos. Seu corpo discente evoluiu de 638, no ano da sua criação, para 10.375 até a presente data.

As Unidades Administrativas e Acadêmicas da UFS funcionam, em sua maior parte, na Cidade Universitária Prof. José Aloísio de Campos. Integram a Cidade Universitária: a Reitoria, a Prefeitura do Campus, o Setor Esportivo, os Centros Acadêmicos (CCBS, CCET, CCSA, e CECH), a Biblioteca Central - BICEN, o Restaurante Universitário - RESUN, o Núcleo de Tecnologia da Informação - NTI, o Arquivo Central, o Centro Editorial e Audiovisual - CEAV, e o Colégio de Aplicação - CODAP. Funcionam fora da Cidade Universitária: o Campus da Saúde, o Campus Avançado do Crasto, o Campus Rural, o Campus Avançado de Xingó, o Centro de Cultura e Arte - CULTART e o Museu do Homem Sergipano, além dos Campus localizados nas cidades de Itabaiana, Laranjeiras Lagarto e o mais novo campus em Nossa Senhora da Glória anunciado em 18/03/2014.

Ex-alunos notáveis[editar | editar código-fonte]

A Universidade Federal de Sergipe é a alma mater de três governadores, sete prefeitos de Aracaju, um presidente da Suprema Corte e um diretor executivo do Banco Mundial. Entre os vários ex-alunos proeminentes, podem ser citados:

Reitores[editar | editar código-fonte]

  • Valter Joviniano de Santana Filho[9] (2021 - atual)

Projetos de futuras instalações da UFS[editar | editar código-fonte]

Pólos da UFS/ UAB

Referências

  1. a b c d «História». Universidade Federal de Sergipe. Consultado em 2 de maio de 2019 
  2. «Reitoria». Universidade Federal de Sergipe. Consultado em 30 de março de 2021 
  3. «Vice-Reitora». Universidade Federal de Sergipe. Consultado em 30 de março de 2021 
  4. «Universidades Associadas». Conselho de Reitores das Universidades Brasileiras (CRUB). Consultado em 2 de maio de 2019 
  5. «Instituições». Rede Nacional de Extensão (RENEX). Consultado em 2 de maio de 2019 
  6. «Fundação Universidade Federal de Sergipe». Ministério da Educação - E-MEC. Consultado em 2 de maio de 2019 
  7. «Sergipe: veja a evolução do orçamento repassado pelo MEC à UFS». G1. Consultado em 2 de maio de 2019 
  8. «Portal UFS - História». 45anos.ufs.br. Consultado em 3 de junho de 2017 
  9. «Portal UFS - Reitor». reitoria.ufs.br. Consultado em 30 de março de 2021 

Ver Também[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Universidade Federal de Sergipe