Universidade Federal do Norte do Tocantins

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Universidade Federal do Norte do Tocantins
UFNT
Fundação Como Facila: 11 de julho de 1984 (37 anos);
como UFNT: 9 de julho de 2019 (2 anos)
Tipo de instituição Pública e Federal
Localização Araguaína, TO
Reitor(a) Airton Sieben (pro-tempore)
Campi Araguaína
Tocantinópolis
Página oficial https://ww2.uft.edu.br/index.php/ufnt

A Universidade Federal do Norte do Tocantins (UFNT) é uma instituição de ensino superior pública federal brasileira, multicampi, sediada na cidade de Araguaína, com campus em Tocantinópolis. A lei nº 13.856, que criou a instituição, foi sancionada em 8 julho de 2019, tornando-se vigente somente a partir de 9 julho de 2019, com sua publicação no Diário Oficial da União.[1]

A UFNT é o resultado do desmembramento dos campi de Araguaína e Tocantinópolis da Universidade Federal do Tocantins, com previsão de criação dos campi de Xambioá e Guaraí.[2][3]

Porém a universidade só tornou-se efetiva após a nomeação do corpo reitoral, em 9 de julho de 2020,[4] encontrando-se em processo de consolidação.[5]

História[editar | editar código-fonte]

Hospital Universitário de Doenças Tropicais de Araguaína, um dos polos de ensino, pesquisa e extensão da UFNT, ainda com a identificação visual da UFT, em março de 2020.

A tradição histórica da UFNT inicia-se com a "Faculdade de Educação, Ciências e Letras de "Araguaína" (Facila), criada pela lei estadual nº 9.470, de 11 de julho de 1984.[6] Passou a existir já ofertando os cursos de letras, história, geografia, estudos sociais e ciências. Foi absorvida inicialmente pela Universidade Estadual do Tocantins (Unitins) até que, em 2003, sua estrutura foi repassada a Universidade Federal do Tocantins (UFT).[7]

Propostas de criação de uma universidade autônoma ao norte do estado do Tocantins permeavam as principais discussões regionais sobre educação, porém nunca tinham forças para tornar-se projeto parlamentar. Porém, estudos encomendados ao ministro da educação Aloizio Mercadante permitiram o envio do projeto de lei nº 5274/2016 à Câmara dos Deputados, em maio de 2016, de autoria do executivo de Dilma Rousseff, propondo a criação de uma nova universidade no estado a partir do desmembramento dos campi da UFT de Araguaína e Tocantinópolis.[8][9]

Após tramitar por todas as comissões legislativas, a proposição tornou-se a lei nº 13.856, de criação da "Universidade Federal do Norte do Tocantins" (UFNT), sancionada em 8 de julho de 2019 pelo presidente Jair Bolsonaro, tornando-se vigente somente a partir de 9 de julho de 2019, com sua publicação no Diário Oficial da União.[2]

Mesmo já criada oficialmente, somente tornou-se efetiva após a nomeação do professor-doutor em geografia Airton Sieben como reitor pro-tempore, em 9 de julho de 2020. Sieben terá a missão de promover a transição entre a UFT e a UFNT.[4]

Infraestrutura[editar | editar código-fonte]

A UFNT possui o campus sede, que é o de Araguaína, composto de quatro unidades: Centro de Ciências Integradas (Unidade Cimba), localizado no Setor Cimba; a Escola de Medicina Veterinária e Zootecnia (Unidade EMVZ), localizada no Km 112 da BR-153; o Centro de Ciências da Saúde (Unidade CCS), no bairro de Fátima, e; o Hospital Universitário de Doenças Tropicais de Araguaína (HDT-UFNT), localizado no Setor Anhanguera.

Já o campus de Tocantinópolis é composto pela unidade Centro, localizada no bairro Céu Azul, e a unidade Babaçu, localizada na Vila Santa Rita.

Referências

  1. «MEC envia indicação de reitor temporário para a UFNT». G1. Consultado em 26 de agosto de 2020 
  2. a b «Sancionada criação da Universidade Federal do Norte do Tocantins». Senado Federal. Consultado em 26 de agosto de 2020 
  3. JA 2ª Edição – TO | Presidente da República sanciona a criação da UFNT | Globoplay, consultado em 26 de agosto de 2020 
  4. a b Macedo, Poliana. Publicada portaria com nomeação do reitor temporário da UFNT. Universidade Federal do Tocantins. 9 de julho de 2020
  5. UFT, Universidade Federal do Tocantins. «UFT» 
  6. Decreto nº 2.413, de 2 de outubro de 1984 - Governo do Estado de Goiás
  7. Lima, Samuel; Melz, Talita. 25 anos: gente que viu e ajudou a educação superior a nascer no Tocantins - Portal UFT
  8. Projeto cria Universidade Federal do Norte do Tocantins. Agência Câmara de Notícias. 28 de dezembro de 2016.
  9. Projeto de lei nº 5274/2016. Câmara dos Deputados. 9 de julho de 2019.