Universidade Estadual do Piauí

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Universidade Estadual do Piauí
Brasão da UESPI.svg
UESPI
Fundação 1984
Tipo de instituição Pública estadual
Localização Teresina, Piauí
Funcionários técnico-administrativos 468
Reitor(a) Evandro Alberto de Sousa[1]
Docentes 1066
Afiliações CRUB, RENEX[2] e ABRUEM
Página oficial Site oficial da Universidade Estadual do Piauí

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) é uma instituição de ensino superior pública estadual, com sede na cidade de Teresina, capital do estado do Piauí, mantida pela Fundação Universidade Estadual do Piauí (FUESPI).

História[editar | editar código-fonte]

Tradicional logomarca da instituição.

Surgida a partir da criação, em 1984 da Fundação de Apoio ao Desenvolvimento da Educação do Estado do Piauí – FADEP, Pela Lei Estadual nº 3.967. No início da década de 1990 a personalidade jurídica evolui para Universidade Estadual do Piauí - UESPI. Em fins da década de 1990 expande sua atuação nas maiores cidades do Piauí, além da Bahia, Pernambuco e Maranhão[3].

Pró-Reitorias[editar | editar código-fonte]

  • Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários – PREX
  • Pró-Reitoria de Administração e Recursos Humanos – PRAD
  • Pró-Reitoria de Ensino de Graduação – PREG
  • Pró-Reitoria de Planejamento e Finanças – PROPLAN
  • Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação – PROPG

Campi[4][editar | editar código-fonte]

I- Campus Poeta Torquato Neto – Teresina[editar | editar código-fonte]

É o campus sede da Universidade, onde funciona o Palácio Pirajá que abriga a Administração Superior (Reitoria, Pró-Reitores, Departamentos e Diretorias).

Composto pelos centros[4]:

  • CCSA- Centro de Ciencias Sociais Aplicadas
  • CCHL- Centro de Ciencias Humanas e Letras
  • CCECA- Centro de Ciencias da Educação Comunicação e Artes
  • CTU- Centro de Tecnologia e Urbanismo
  • CCN- Centro de Ciencias da Natureza
  • CCS- Centro de Ciências da Saúde
  • CCA – Centro de Ciências Agrárias

II- Campus Clóvis Moura – Teresina[editar | editar código-fonte]

Criado em 2001, por meio do Decreto N° 10.690, de 13 de Novembro, o Campus inicialmente recebeu o nome de Campus do Dirceu. Em 2005 a Lei Ordinária Nº 5.451, de 24/05/2005[5], alterou sua denominação para Clóvis Moura(escritor natural da cidade de Amarante).

III- Campus Prof. Alexandre Alves de Oliveira – Parnaíba[editar | editar código-fonte]

Criado em 1991, o campus da cidade de Parnaíba é um dos maiores da Instituição e, em 2005, recebeu a denominação de professor Alexandre Alves.

IV- Campus Prof. Antônio Giovani Alves de Sousa – Piripiri[editar | editar código-fonte]

O Campus Universitário da Cidade de Piripiri (160 quilômetros ao Norte de Teresina). Pela Lei Estadual Nº 5.500, de 11 de outubro de 2005[6], passou a denominação personativa de Campus Prof. Antonio Geovanne Alves de Sousa.

V- Campus Heróis do Jenipapo – Campo Maior[editar | editar código-fonte]

O Campus de Campo Maior (82 quilômetros de Teresina) foi criado em 1993; em 11 de dezembro de 2003 a Lei Estadual nº 5.358[7], conferiu a denominação de "Campus Heróis do Jenipapo".

Núcleo - Barras[editar | editar código-fonte]

Criado pelo Decreto Estadual de N° 10.381, de 1° de junho de 2001, é vinculado ao Campus V.[6]

VI- Campus Prof. Barros Araújo – Picos[editar | editar código-fonte]

O Campus "Professor Barros Araújo", também criado em 1991, fica localizado na cidade de Picos (330 quilômetros de Teresina). O primeiro curso implantado foi o de Ciências Contábeis. Em 1997 acontece a aula inaugural dos cursos de Ciências Biológicas e Direito, e a partir do ano 2000 os outros cursos foram sendo implantados.

VII- Campus Possidônio Queiroz – Oeiras[editar | editar código-fonte]

O Campus Possidônio Queiroz, da cidade de Oeiras, foi criado em 24 de janeiro de 2000.

VIII- Campus Dra. Josefina Demes – Floriano[editar | editar código-fonte]

Criado em 1991, o Campus Drª Josefina Demes, localizado na cidade de Floriano (a 240 quilômetros de Teresina), é o segundo maior da Universidade em número de alunos.

Drª Josefina Demes foi uma das imigrante árabes de Floriano, sendo a primeira mulher com um título de graduação na região. Era farmacêutica-bioquímica e os florianenses reivindicam para ela a invenção da aguardente alemã, também conhecida como tintura de jalapa.[8]

IX- Campus Prof. Ariston Dias Lima – São Raimundo Nonato[editar | editar código-fonte]

X- Campus Uruçuí – Uruçuí[editar | editar código-fonte]

XI- Campus Dom José Vasquez Dias - Bom Jesus[editar | editar código-fonte]

O Campus Universitário da Cidade de Bom Jesus foi instituído em 2000.

XII- Campus Dep. Jesualdo Cavalcanti – Corrente[editar | editar código-fonte]

O Campus de Corrente, está localizado na cidade com o mesmo nome e funciona desde 1993.

Cursos ofertados[editar | editar código-fonte]

Cursos de Graduação[9][10][editar | editar código-fonte]

Curso Tipo Carga horária Ofertado em
Administração[11] Bacharelado 3.030 Teresina, Floriano, Picos, Uruçuí, Polos UAPI
Administração Pública[12] Bacharelado 3.480 Polos UAB
Biblioteconomia Bacharelado 2.820 Teresina
Ciências Biológicas Bacharelado 2.880 Teresina
Licenciatura 2.880 Teresina, Picos, Parnaíba, São Raimundo Nonato, Floriano, Campo Maior, Corrente
Ciências da Computação Bacharelado 3.450 Teresina, Piripiri, Parnaíba, Floriano
Ciências Contábeis Bacharelado 3.000 Teresina, Picos, Floriano, Barras
Ciências Sociais Licenciatura 2.490 Teresina, Parnaíba
Direito Bacharelado 3.960 Teresina, Bom Jesus, Picos, Piripiri, Parnaíba, Floriano, Corrente
Educação Física Bacharelado 3.220 Teresina
Licenciatura 2.910 Teresina, Picos, Floriano
Enfermagem Bacharelado 4.445 Teresina, Picos, Parnaíba e Floriano
Engenharia Agronômica Bacharelado 3.600 Teresina, Parnaíba, Picos, Uruçuí, Corrente
Engenharia Civil Bacharelado 4.730 Teresina
Engenharia Elétrica Bacharelado 3.930 Teresina
Filosofia Licenciatura 2.940 Parnaíba
Física Licenciatura 2.610 Teresina, Piripiri
Fisioterapia Bacharelado 5.400 Teresina
Geografia Licenciatura 2.685 Teresina, São Raimundo Nonato, Floriano, Campo Maior, Barras
História[11] Licenciatura 2.730 Teresina, São Raimundo Nonato, Campo Maior, Oeiras, Parnaíba, Barras, Floriano, Polos UAB
Jornalismo Bacharelado 2.920 Teresina e Picos
Letras - Espanhol[11] Licenciatura 2.550 Teresina, Polos UAB
Letras - Inglês Licenciatura 3.520 Teresina, Piripiri, Parnaíba
Letras - Português Licenciatura 2.550 Teresina, Bom Jesus, Picos, Piripiri, Parnaíba, Floriano, Oeiras
Medicina Bacharelado 13.630 Teresina
Odontologia Bacharelado 5.040 Parnaíba
Pedagogia[11] Licenciatura 3.640 Teresina, Bom Jesus, Campo Maior, Piripiri, Parnaíba, Picos, Oeiras, Floriano, São Raimundo, Uruçuí, Corrente, Polos UAB
Psicologia Bacharelado 4.930 Teresina
Química Licenciatura 2.550 Teresina, Piripiri
Turismo Bacharelado 3.060 Teresina
Zootecnia Bacharelado 4.035 Teresina, Corrente

Especializações[editar | editar código-fonte]

São cursos na modalidade presencial e a distância, cuja oferta varia, conforme demanda da comunidade acadêmica e da sociedade, atendendo o Estado do Piauí de norte a sul.

Residências Médicas e Multiprofissionais[editar | editar código-fonte]

  • Residência Médica em Cirurgia Vascular
  • Residência Médica em Nefrologia
  • Residência Médica em Medicina Intensiva
  • Residência Médica em Urologia
  • Residência Médica em Coloproctologia
  • Residência Médica em Cirurgia do Aparelho Digestivo
  • Residência Médica em Clínica Médica
  • Residência Médica em Ortopedia
  • Residência Médica em Otorrinolaringologia
  • Residência Médica em Cirurgia Pediátrica
  • Residência Médica em Cirurgia Geral
  • Residência Médica em Ginecologia
  • Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade
  • Residência Multiprofissional em Terapia Intensiva do Adulto

Mestrados[editar | editar código-fonte]

  • Programa de Pós-Graduação em Letras - PPGL
  • Mestrado Acadêmico em Química
  • Mestrado Profissional em Letras - ProfLetras
  • Mestrado Profissional em Matemática - ProfMat
  • Mestrado Profissional em Biologia - ProfBio
  • Programa de Pós-graduação em Biotecnologia - PPGBiotec
  • Mestrado Profissional em História - ProfHistória

Doutorados[editar | editar código-fonte]

  • Doutorado Interinstitucional em Enfermagem (UFPI/UESPI)
  • Doutorado Interinstitucional em Linguística (USP/UESPI)
  • Rede Nordeste de Biotecnologia - RENORBIO (UFRN/UFBA/UECE/UFC/UFPI/UESPI/UEMA/UFPE/UFRPE/UFAL/UFS/UFPB/UEPB)

Pesquisa[editar | editar código-fonte]

A Universidade Estadual do Piauí (UESPI) investe na pesquisa científica em diferentes áreas para expandir continuamente o conhecimento humano, tentando responder diversas questões da sociedade. Assim, a Pesquisa é fundamental na composição da universidade, exigindo ações e estratégias que garantam a oportunidade de uma produção científica de qualidade.

Áreas contempladas na UESPI: Ciências Humanas e Letras, Ciências da Educação, Comunicação e Artes, Ciências da Natureza, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Médicas, Educação do Campo.

Grupos de Pesquisa: 99.

Projetos de Pesquisa cadastrados: 244.

Professor/Pesquisador da UESPI está entre os mais citados da ciência nacional[editar | editar código-fonte]

Letras em revista, órgão de divulgação de pesquisas na área de letras.

O Webometrics Ranking of World Universities divulgou ranking dos cientistas mais citados de instituições brasileiras conforme o “Google Scholar Citations” (GSC) [28/05/2015] . Dentre os 6.000 pesquisadores brasileiros ranqueados, apenas 6 pesquisadores são professores das instituições de ensino superior e pesquisa no estado do Piauí, um vinculado a UESPI (Prof. Dr. Laécio Santos Cavalcante), quatro vinculados a UFPI e um vinculado ao IFPI. A UESPI encontra-se em 386º-colocado. Portanto, está entre os 400 (quatrocentos) primeiros colocados em pesquisa dentre todas as Universidades Brasileiras. Veja o posicionamento no ranking nacional, os nomes dos professores, instituições de ensino superior e pesquisa piauiense, Fator H e número de citações na lista abaixo:

RANK NAME ORGANIZATION H-INDEX CITATIONS
386º Laécio Santos Cavalcante Universidade Estadual do Piauí (UESPI) 34 3002
1658º Rivelilson Mendes de Freitas Universidade Federal do Piauí (UFPI) 22 1866
1717º Paulo Michel Pinheiro Ferreira Universidade Federal do Piauí (UFPI) 22 1574
3847º Edson Cavalcanti da Silva Filho Universidade Federal do Piauí (UFPI) 16 685
5198º Alessandro de Lima Instituto Federal do Piauí (IFPI) 13 684
5243º José Machado Moita Neto Universidade Federal do Piauí (UFPI) 13 656

“Esses fatos reforçam a necessidade da UESPI se expandir e consolidar seus grupos de pesquisa ligados às grandes colaborações (inter)nacionais. Essa atividade de pesquisa não apenas promove a internacionalização da Universidade como realça a posição da UESPI dentre as instituições mais produtivas do Brasil”, comenta o Reitor: Nouga Cardoso Batista.

Esta classificação foi realizado pela primeira vez e baseado a partir de informações coletadas durante a primeira semana de Abril de 2015 e atualizado [28/04/2015] a partir dos perfis públicos dos pesquisadores que atuam em instituições brasileiras.

Os organizadores informam que se trata de um Ranking BETA.

O Webometrics Ranking of World Universities é uma inciativa do Cybermetrics Lab., grupo de pesquisa que integra o Consejo Superior de Investigaciones Científicas (CSIC), o maior grupo público de pesquisa da Espanha.

Estruturas[editar | editar código-fonte]

Galeria de imagens[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Costa; Andrade, Lorenna; Marília. «Wellington Dias dá posse ao novo reitor da Uespi». Consultado em 17 de abril de 2021 
  2. [1]
  3. Revista Terra Querida. órgão de publicidade do governo do estado do Piauí. Edição 08, novembro de 2009.
  4. a b UESPI, Universidade Estadual do Piauí. «CAMPI/NÚCLEOS». Consultado em 17 de abril de 2021 
  5. Publicada na edição Nº 98 do Diário Oficial do Estado do Piauí, de 27/05/2005 [2]
  6. a b UESPI, Universidade Estadual do Piauí. «Outros Camppi/Núcleos» 
  7. Publicada no Diário Oficial do Estado do Piauí [3]edição N° 238, de 12-12-2003
  8. SOARES, Sidney. Enciclopédia dos Municípios Piauienses. Fortaleza; Escola gráfica Santo Antonio. 1972
  9. UESPI. «Graduação». Consultado em 17 de abril de 2021 
  10. NEAD, UESPI. «Cursos» 
  11. a b c d Curso também na modalidade EAD
  12. Curso somente na modalidade EAD
O Commons possui uma categoria com imagens e outros ficheiros sobre Universidade Estadual do Piauí