Universidade Federal de São João del-Rei

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis e independentes (desde abril de 2017). Fontes primárias, ou com conflitos de interesse, não são adequadas para verbetes enciclopédicos. Ajude a incluir referências.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Universidade Federal de São João del-Rei
UFSJ
Fundação 27 de outu­bro de 1953
Tipo de instituição Fundação pública federal
Mantenedora Coat of arms of Brazil.svg Ministério da Educação
Localização Brasao sao joao del rei.png São João del-Rei (Campus Santo Antônio) (sede), Minas Gerais
Funcionários técnico-administrativos 533
Reitor(a) Sérgio Augusto Araújo da Gama Cerqueira
Vice-reitor(a) Valdir Mano
Docentes 778
Total de estudantes 14.559
Graduação 13.979
Pós-graduação 580
Campus Brasao Ouro Branco (MG).png Campus Alto Paraopeba
Brasão de divinopolis.svg Campus Centro-Oeste "Dona Lindu"
Brasao sao joao del rei.png Campus Dom Bosco
São João del-Rei Campus Santo Antônio
Brasaosetelagoas.png Campus Sete Lagoas
Brasao sao joao del rei.png Campus Tancredo Neves
Orçamento anual 246.271.484,31 (2014)
Página oficial http://www.ufsj.edu.br

A Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ) é uma instituição de ensino superior pública federal, sediada na cidade de São João del-Rei, com unidades educacionais em Ouro Branco, Divinópolis e Sete Lagoas, todas localizadas no estado de Minas Gerais.

História[editar | editar código-fonte]

A história da UFSJ se inicia em 1953, quando a Inspetoria São João Bosco, criou, anexa ao Colégio São João, a Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e LetrasFADOM com o objetivo de habilitar profissionalmente, de acordo com as exigências oficiais, os religiosos da Congregação mantenedora. A Faculdade Dom Bosco teve seus estatutos aprovados pelo Governo Federal, através do Decreto 34.392, de 27 de outu­bro de 1953, assinado pelo Pre­sidente Getúlio Vargas, que tinha como Ministro da Justiça Tancredo de Almeida Neves. Instalada em 9 março de 1954, como internato, oferecendo os cursos de Filosofia, Ciências e Letras (Clássicas e Anglo-Germânicas). Somente dois anos após sua instalação abriu à educação externa, acrescentando Psicologia e Pedagogia. Houve também o oferecimento do curso de Ciências Sociais e Didática, extintos antes da federalização.

A Fundação Municipal de São João del-Rei foi criada em 1970 e iniciou suas atividades em 1972, sendo mantenedora da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e ContábeisFACEAC e da Faculdade de Engenharia IndustrialFAEIN. A FACEAC foi instalada e o início de suas atividades ocorreu em 1972, sendo que as primeiras turmas de Ciências Econômicas e Administração colaram grau em 16 de julho de 1976. A FAEIN teve seus cursos de Engenharia de Operações, Engenharia Industrial Elétrica e Engenharia Industrial Mecânica autorizados em 1975 e reconhecidos em 1978. Em 1979 colaram grau os primeiros engenheiros. O curso de Engenharia de Operações encerrou suas atividades no fim da década de 1970.

Instituída pela Lei 7.555 de 28 de dezembro de 1986[1]., a Fundação de Ensino Superior de São João del-Rei (FUNREI) foi o resultado da reunião e federalização de duas instituições: Faculdade Dom Bosco de Filosofia, Ciências e Letras até então mantida pela Inspetoria de São João Bosco e criada pelo Decreto Federal nº 34.392, de 27 de outubro de 1953; e a Fundação Municipal de São João del-Rei, criada pela Lei Municipal nº. 1.177, de 6 de outubro de 1970, mantenedora da Faculdade de Ciências Econômicas, Administrativas e Contábeis (FACEAC) e da Faculdade de Engenharia Industrial (FAEIN). As 3 faculdades citadas permaneceram até a entrada em vigor do estatuto e regimento da FUNREI de 1990, que instituiu uma estrutura departamental. A FUNREI foi transformada em Universidade através da Lei nº 10.425, de 19 de abril de 2002, passando a chamar-se Universidade Federal de São João del-Rei, utilizando a sigla eleita pela comunidade acadêmica UFSJ.

Unidades[editar | editar código-fonte]

Fachada do Campus Tancredo de Almeida Neves (CTan)

A UFSJ é uma instituição multiunidade, formada por 6 unidades educacionais e 5 unidades especiais. As unidades educacionais e unidades especiais são os locais de propriedade da UFSJ ou estão sob sua responsabilidade na forma de comodato:

Ensino[editar | editar código-fonte]

Cursos de graduação[editar | editar código-fonte]

Os cursos de graduação da UFSJ estão divididos nas unidades educacionais dessa forma:

Campus Alto Paraopeba

Campus Centro-Oeste "Dona Lindu"

Campus Dom Bosco

Campus Santo Antônio

Campus Tancredo Neves

Campus Sete Lagoas

Programas de pós-graduação[editar | editar código-fonte]

Campus Alto Paraopeba

  • Tecnologias para o Desenvolvimento Sustentável - Mestrado
  • Engenharia Química - Mestrado

Campus Centro-Oeste "Dona Lindu"

Campus Dom Bosco

Campus Santo Antônio

Campus Sete Lagoas

Campus Tancredo Neves

Extensão[editar | editar código-fonte]

A extensão universitária ou acadêmica é uma ação de uma universidade junto à comunidade, disponibilizando ao público externo o conhecimento adquirido com o ensino e a pesquisa desenvolvidos. Essa ação produz um novo conhecimento a ser trabalhado e articulado.[2]

Inverno Cultural[editar | editar código-fonte]

A UFSJ realiza anualmente, na segunda quinzena do mês de julho o Inverno Cultural. Trata-se de um programa de extensão que a Universidade realiza, sem interrupções, desde 1988, por meio de oficinas, exposições, shows e seminários nas mais variadas linguagens da cultura e da arte.

O evento tem sido sinônimo de revitalização, promoção e incentivo às variadas formas de manifestações artístico-culturais, tornando-se, desde os primeiros anos, referência para o campo da cultura em geral. Mantendo seu formato original, o Inverno Cultural adquiriu, a partir de sua 18ª edição, nova dimensão: realização de atividades em 21 municípios dos Circuitos Turísticos “Trilha dos Inconfidentes” e “Villas e Fazendas”, ambos integrantes da “Estrada Real”; adquiriu também visibilidade em âmbito nacional, tanto em mídia impressa quanto audiovisual. Além disso, passou a eleger a cada ano uma personalidade ou obra a ser homenageada.

A cada ano, os temas e tributos foram:

Centro Cultural[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Solar da Baronesa

O casarão chamado "Solar da Baronesa" foi adquirido pela UFSJ em junho de 1995, abrigando a Diretoria Executiva por um tempo. Posteriormente foi pensado para abrigar um centro cultural que iniciou suas atividades em 28 de abril de 2000. As exposições se revezam constantemente. O prédio abriga também a Fundação Koellreutter.

Centro de Referência Musicológica[editar | editar código-fonte]

Localizado próximo ao Solar da Baronesa, na Rua Marechal Bittencourt, está o Centro de Referência Musicológica José Maria Neves, incorporado em 2012 à UFSJ.

Fortim dos Emboabas[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Fortim dos Emboabas

Foi doado pelo seu antigo proprietário à UFSJ em 2009, porém aguarda fim do trâmite do inventário familiar para passagem oficial à Instituição.

Dirigentes[editar | editar código-fonte]

Os dirigentes, incluindo diretores-executivos e reitores, da UFSJ foram:

Nome Unidade de origem Período Titular Vice
1 João Bosco de Castro Teixeira
Pro Tempore
Universidade Federal de Uberlândia 21 de abril de 1987 a 22 de setembro de 1990 Diretor-Executivo ----
2 João Bosco de Castro Teixeira Departamento de Filosofia e Métodos 22 de setembro de 1990 a 19 de agosto de 1994 Diretor-Executivo Magda Mara Assis
3 José Raimundo Facion Departamento de Psicologia 19 de agosto de 1994 a 19 de agosto de 1998 Diretor-Executivo Frederico Ozanan Neves
4 Antônio Lima Bandeira
Pro Tempore
Universidade Federal de Viçosa 20 de agosto de 1998 a 23 de setembro de 1998 Diretor-Executivo -----
5 Mário Neto Borges Departamento de Engenharia Elétrica 24 de setembro de 1998 a 19 de abril de 2002 Diretor-Executivo Maria do Carmo Narciso Silva Gonçalves
6 Mário Neto Borges
Pro Tempore
Departamento de Engenharia Elétrica 19 de abril de 2002 a 05 de agosto de 2004 Reitor Maria do Carmo Narciso Silva Gonçalves
7 Helvécio Luiz Reis Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis 06 de agosto de 2004 a 07 de agosto de 2008 Reitor Wlamir José da Silva
8 Helvécio Luiz Reis Departamento de Ciências Administrativas e Contábeis 08 de agosto de 2008 a 05 de julho de 2012 Reitor Valéria Heloísa Kemp
9 Valéria Heloísa Kemp Departamento de Psicologia 06 de julho de 2012 a 08 de maio de 2016 Reitora Sérgio Augusto Araújo da Gama Cerqueira
10 Sérgio Augusto Araújo da Gama Cerqueira Departamento de Engenharia Mecânica 09 de maio de 2016 - (atual) Reitor Marcelo Pereira de Andrade (até 09/04/2018)
Valdir Mano - Pro Tempore (a partir de 23/08/2018)
Legenda
Cor Significado
Verde Eleito pela comunidade acadêmica e nomeado pelo Presidente da República
Bege Nomeado pelo Presidente da República

Fundação de apoio[editar | editar código-fonte]

A Fundação de Apoio à Universidade Federal de São João del-Rei, conhecida também por sua sigla FAUF, é uma fundação ligada à UFSJ. Tem entre seus objetivos, promover o apoio institucional e, para tal, desempenha atividades efetivas de Ensino, Pesquisa, Cultura, Extensão e Administração.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]