Passo de Camaragibe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Passo de Camaragibe
Bandeira desconhecida
Brasão desconhecido
Bandeira desconhecida Brasão desconhecido
Hino
Aniversário 14 de Junho
Fundação 1856
Gentílico camaragibano
Prefeito(a) Márcia Coutinho Nogueira de Albuquerque (PMDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Passo de Camaragibe
Localização de Passo de Camaragibe em Alagoas
Passo de Camaragibe está localizado em: Brasil
Passo de Camaragibe
Localização de Passo de Camaragibe no Brasil
9° 14' 16" S 35° 29' 34" O9° 14' 16" S 35° 29' 34" O
Unidade federativa  Alagoas
Mesorregião Leste Alagoano IBGE/2008[1]
Microrregião Litoral Norte Alagoano IBGE/2008[1]
Distância até a capital 75 km
Características geográficas
Área 187,197 km² [2]
População 14 763 hab. IBGE/2010[3]
Densidade 78,86 hab./km²
Clima Não disponível
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,563 baixo PNUD/2000[4]
PIB R$ 52 330,786 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 3 678,79 IBGE/2008[5]
Página oficial

Passo de Camaragibe[nota 1] é um município brasileiro do estado de Alagoas. Sua população estimada em 2004 era de 13.583 habitantes e o Censo de 2010 contabilizou 14.763.

É a cidade natal do lexicógrafo Aurélio Buarque de Holanda.

História[editar | editar código-fonte]

Passo de Camaragibe, elevado à vila em 1852 e distrito em 1864, recebeu condição de cidade em 1880.[6]


O povoado se formou às margens do rio Camaragibe e em torno de uma igreja, por isso, sua primeira denominação foi Matriz de Camaragibe. Um outro povoado, porém, começou a surgir no ponto em que o rio tinha menor profundidade. O movimento intenso por causa dos comerciantes que vinham da capitania de Pernambuco para utilizar os armazéns de embarque conhecidos como "passos"- fez com que a sede administrativa fosse transferida de Matriz para Passo de Camaragibe. Após a invasão holandesa e morte de Calabar, Passo de Camaragibe tornou-se um ponto estratégico, ideal para as comunicações entre o Norte e o Sul. As forças de Dom Luiz Rojas e Borja e as de Arkchoff combateram no território e muitas atrocidades - como a matança de mulheres e crianças, além de saques e incêndios - foram cometidas contra os moradores. Não há data precisa sobre a instalação da freguesia criada sob a invocação de Bom Jesus e transferida para Nossa Senhora da Conceição, padroeira do município. Através da Lei 197, de 1852, a freguesia foi elevada à vila; à cidade, em 1880, através da Lei 842. O município possui grande potencial turístico por conta da diversidade de ecossistemas: rios, lagoas e manguezais; uma topografia dinâmica com planos, morros e penhascos, além de um mar exuberante, com arrecifes de corais. Suas principais praias são: Barra de Camaragibe (cercada de coqueirais), a de Marceneiro (tranquila e preferida pelos turistas) e a dos Morros (primitiva e escolhida para ser o pólo turístico do Projeto Costa Dourada). Entre os eventos destacam-se a festa da Emancipação (14 de junho) e a da padroeira (de 29 de novembro a 8 de dezembro).  Gentílico: camaragibense 

Formação Administrativa Distrito criado com denominação de Passo de Camaragibe, pela lei provincial nº 417, de 09-06-1864. Elevado à categoria de vila com a denominação de Passo de Camaragibe, pela lei provincial nº 197, de 28-06- 1852, desmembrada de Porto de Pedras. Sede na povoação de Passos de Camaragibe. Instalada em, 04-09-1852. Elevado à condição de cidade com a denominação de Passo, lei provincial nº 842, de 1406-1880. Em divisão administrativa referente ao ano de 1911, o município-se denomina Passo de Camaragibe e aparece constituído de 3 distritos: Passo de Camaragibe, Matriz de Camaragibe e Urucu. Pelo decreto nº 587, de14-09-1912, o município passou a denominar-se simplesmente Camaragibe. Em divisão administrativa referente ao ano de 1933, o município de Camaragibe é constituído de 3 distritos: Camaragibe, Matriz de Camaragibe e Urucu. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 31-XII-1936 e 31-XII-1937. Pelo decreto-lei estadual nº 2361, de 31-03-1938, o município de Camaragibe volta a denominar-se Passo de Camaragibe. Em divisão territorial datada de 1-VII-1950, o município é constituído de 3 distritos: Passo de Camaragibe, Matriz de Camaragibe e Urucu. Assim permanecendo em divisão territorial datad de 1-VII-1955.  Pela lei estadual nº 2093,de 24-04-1958, desmembra do município de Passo de Camaragibe o distrito de Matriz de Camaragibe. Elevado à categoria de município. Em divisão territorial datada de 1-VII-1960, o município é constituído de 2 distrito: Passo de Camaragibe e Urucu. Pela lei estadual nº 2468, de 25-08-1962, desmembra do município de Passo de Camaragibe o distrito o distrito de Urucu. Elevado à categoria de município com a denominação de Joaquim Gomes. Em divisão territorial datada de 31-XII-1963, o município é constituído do distrito sede. Assim permanecendo em divisão territorial datada de 2007.

Alterações toponímicas municipais Passo de Camaragibe para simplesmente Passo alterado, pela lei provincial nº 842, de 14-061880. Passo para Passo de Camaragibe alterado, em 1911. Passo de Camaragibe para Camaragibe alterado, pelo decreto nº 587, de 14-09-1912. Camaragibe para Passo de Camaragibe alterado, pelo decreto-lei estadual nº 2361, de 31-031938.

Notas

  1. Nota ortográfica: Segundo as normas ortográficas vigentes da língua portuguesa, este topônimo deveria ser grafado como Passo de Camarajibe. Prescreve-se o uso da letra "j" para palavras de origem tupi-guarani ou africana. O nome vem do tupi Rio de Camarás (referindo-se a um arbusto típico da região). Ao longo dos anos a grafia foi alterada para kamba'ra g'ype, Camaragype, Camarajibe e finalmente para Camaragibe.

Referências

  1. a b Divisão Territorial do Brasil Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (1 de julho de 2008). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). Área territorial oficial Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Visitado em 5 de dezembro de 2010.
  3. Censo Populacional 2010 Censo Populacional 2010 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) (29 de novembro de 2010). Visitado em 22 de outubro de 2011.
  4. Ranking decrescente do IDH-M dos municípios do Brasil Atlas do Desenvolvimento Humano Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento (PNUD) (2000). Visitado em 11 de outubro de 2008.
  5. a b Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008 Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Visitado em 11 de dezembro de 2010.
  6. IBGE - cidades@ - Histórico - PASSO DE CAMARAGIBE ibge.gov.br (2012). Visitado em 5 de setembro de 2012.
Ícone de esboço Este artigo sobre municípios do estado de Alagoas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.