RBS TV Porto Alegre

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
RBS TV Porto Alegre
RBS Participações S.A.
Porto Alegre, Rio Grande do Sul
Brasil
Tipo Comercial
Canais Digital: 34 UHF
Virtual: 12 PSIP
Outros canais 12 e 512 HD (NET)
10 e 410 HD (Sky)
12 HD (Oi TV (SES-6))
24 e 524 HD (Claro TV)
203 HD (Vivo TV (Intelsat 34))
13 e 513 HD (TVN)
45 (Taquara)
43 (Campo Bom)
23 (Montenegro)
47 (Vale do Taquari e Rio Pardo)
Analógico:
12 VHF (1967-2018)
Sede Porto Alegre, RS
Slogan Bem pra ti
Rede RBS TV (Globo)
Rede(s) anterior(es) Emissoras Unidas (1962-1963)
TV Excelsior (1963-1967)
Fundador(es) Maurício Sirotsky Sobrinho
Pertence a Grupo RBS
Proprietário(s) Eduardo Sirotsky Melzer
Antigo(s) proprietário(s) Maurício Sirotsky Sobrinho (1962-1986)
Jayme Sirotsky (1986-1991)
Nelson Sirotsky (1991-2012)
Fundação 29 de dezembro de 1962 (57 anos)
Prefixo ZYB 614
Nome(s) anterior(es) TV Gaúcha (1962-1983)
Emissora(s) irmã(s) 92 FM
102.3 FM
Atlântida FM
CBN Porto Alegre
Rádio Gaúcha
Rádio Farroupilha
Cobertura Cobertura da RBS TV Porto Alegre.
Potência 25 kW
Agência reguladora ANATEL
Informação de licença
CDB
PDF
Página oficial rbstv.com.br

RBS TV Porto Alegre é uma emissora de televisão brasileira sediada em Porto Alegre, capital do estado do Rio Grande do Sul. Opera no canal 12 (34 UHF digital) e é afiliada à Rede Globo. Pertence ao Grupo RBS, um dos maiores conglomerado de mídia regional do país. É a cabeça de rede da RBS TV, que conta com outras onze emissoras espalhadas pelo estado, sendo a principal geradora de conteúdo da rede.

História[editar | editar código-fonte]

TV Gaúcha (1962-1983)[editar | editar código-fonte]

Sede da emissora, no bairro Santa Tereza.

Com a utilização da concessão do canal 12 VHF de Porto Alegre pelo Grupo RBS autorizada pelo então presidente da república, Juscelino Kubitschek, a emissora foi inaugurada no dia 29 de dezembro de 1962 pelo comunicador Maurício Sirotsky Sobrinho. Inicialmente, com o nome TV Gaúcha, era afiliada à Rede de Emissoras Unidas, liderada pela TV Record e pela TV Rio. No ano seguinte, afiliou-se à TV Excelsior.

Em 1967, com a crise da Excelsior, a TV Gaúcha afiliou-se à Rede Globo, fundada em 1965 pelo jornalista Roberto Marinho no Rio de Janeiro. A partir de então, a maior parte de sua programação passou a ser produzida pela Rede Globo.

O Jornal do Almoço, principal programa da emissora, entrou no ar em 1972, quando ainda não havia espaço na programação nacional da Rede Globo para telejornais locais ao meio-dia. Para colocar o programa no ar, a TV Gaúcha interrompia a programação da Rede Globo para exibir o JA, que tinha duas horas de duração.

Em 12 de junho de 1972, a TV Gaúcha sofreu um incêndio em sua sede no Morro Santa Teresa, danificando muitos equipamentos e estúdios, um grande prejuízo para a emissora. Mesmo assim, o Jornal do Almoço foi ao ar no dia seguinte e noticiou o acontecimento.

Em 1982, entrou no ar o programa Galpão Crioulo, de 50 minutos, com o objetivo de divulgar a o folclore e a música nativista gaúcha.

RBS TV Porto Alegre (desde 1983)[editar | editar código-fonte]

Em 1983, a TV Gaúcha e as outras emissoras do grupo no interior do estado do Rio Grande do Sul e também de Santa Catarina, receberam a nomenclatura de RBS TV, no caso da TV Gaúcha, RBS TV Porto Alegre. No mesmo ano, estreou o RBS Notícias.

A partir de 1997, vários programas locais da RBS TV Porto Alegre que entraram no ar no início da década de 1990 foram extintos devido à falta de espaço para programação local na grade da Rede Globo. Entre os programas extintos, encontram-se o Jornal da RBS, o RBS Entrevista, o programa Comunidade, o RBS Ecologia, Conesul, o Teledomingo, o Patrola, o Anonymous Gourmet (que passou a ser exibido pelo SBT RS), os especiais de sábados, o Vida e Saúde e o Mistura.[1].

Antiga câmera da RBS TV, na exposição No Ar 50 Anos de Vida.

Durante o ano de 1999, foram exibidos programetes da série Rio Grande do Sul, Um Século de História, contando fatos históricos que envolvem o Rio Grande do Sul. Os programetes eram exibidos diariamente nos intervalos comerciais da emissora em 365 capítulos até o dia 31 de dezembro de 1999[1].

RBS Cop, helicóptero da RBS TV.

Em 2007, ano em que o Grupo RBS completou 50 anos, a RBS TV Porto Alegre passou a contar com um helicóptero para realizar reportagens aéreas, o RBS Cop. No mesmo ano, em 2 de julho, a emissora inaugurou um estúdio na redação da RBS TV no Morro Santa Teresa para a apresentação do telejornal RBS Notícias.

Sinal digital[editar | editar código-fonte]

PSIP Canal Proporção de tela Programação
12.1 34 UHF 1080i Programação principal da RBS TV / Globo

Às 19h42min do dia 4 de novembro de 2008, a RBS TV Porto Alegre iniciou suas transmissões digitais pelo canal 34 UHF.[2][3] A cerimônia de lançamento do sinal digital contou com a presença do ministro das comunicações Hélio Costa.

Em maio de 2010, a emissora iniciou suas transmissões no canal 16 da Via Embratel, tornando-se a oitava emissora da Rede Globo a transmitir na operadora.

Em janeiro de 2012, a RBS TV Porto Alegre implantou sua primeira rede de retransmissoras digitais nas regiões do litoral norte e do Vale dos Sinos, nos canais 23 (Cidreira e Santo Antônio da Patrulha), 34 (Capão da Canoa e Torres) e 35 (Osório e Novo Hamburgo). No dia 2 de dezembro de 2013, os telejornais da emissora passaram a ser exibidos em alta definição, apesar de que algumas transmissões esportivas já eram exibidos nessa tecnologia.

Transição para o sinal digital

Com base no decreto federal de transição das emissoras de TV brasileiras do sinal analógico para o digital, a RBS TV Porto Alegre, bem como as outras emissoras de Porto Alegre e região metropolitana, cessou suas transmissões pelo canal 12 VHF no dia 14 de março de 2018, seguindo o cronograma oficial da ANATEL. O switch-off aconteceu às 23h59, durante uma edição especial do Redação RS com Léo Saballa Jr. em um link ao vivo no switcher da emissora.

Programas[editar | editar código-fonte]

Além de retransmitir a programação nacional da Rede Globo, a RBS TV produz os seguintes programas:

Equipe[editar | editar código-fonte]

Membros atuais[editar | editar código-fonte]

Apresentadores e Comentaristas
Repórteres
  • Alfredo Pereira
  • Bruno Halpern
  • Cristine Galiza
  • Fernando Becker
  • Isabel Ferrari
  • Jeferson Ageitos
  • Jonas Campos
  • Joyce Heurich
  • Júlio César Santos
  • Kelly Costa
  • Léo Saballa Júnior
  • Leonardo Muller
  • Marco Matos
  • Matheus Felipe
  • Nathalia King
  • Victor La Regina

Membros antigos[editar | editar código-fonte]

† - Falecido quando membro

Slogans[editar | editar código-fonte]

  • 1962: A imagem viva do Rio Grande!
  • 1964: RBS o R do Rio Grande
  • 1967: A emissora da comunidade
  • 1991: Uma emissora a serviço da comunidade
  • 1991: Aqui o Rio Grande se vê
  • 1994: Cada vez mais perto de você
  • 1996: Tudo por você
  • 2000: Sempre o melhor pra você
  • 2002: A gente mostra, você vê
  • 2003: Sua vida na TV
  • 2008: A gente faz pra você
  • 2013: A gente faz com você
  • 2014: A TV nos liga
  • 2019: Bem pra ti
Comemorativos
  • 1972: 10 anos, a emissora da comunidade
  • 1982: 20 anos, a emissora da comunidade / Há 20 anos trazendo o fato até você
  • 1987: 25 anos ligada em você
  • 1990 (fim de ano): Em 91, fique de bem com a vida
  • 1992: 30 anos, aqui o Rio Grande se vê
  • 2002: 40 anos, a gente mostra, você vê
  • 2012: 50 anos, a gente faz com você

Retransmissoras[editar | editar código-fonte]

[10][11]

Lista de retransmissoras
Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital Cidade Analógico Digital
Porto Alegre (Alto Petrópolis) - 33 Sentinela do Sul - 33 Butiá - 25 Cidreira - 23
Osório - 35 Capão da Canoa - 34 Porto Alegre - 12 (34) Santo Antônio da Patrulha - 23 Novo Hamburgo - 35
São Sebastião do Caí - 24 Sapiranga - 34 Taquara - 45 Rolante - 33
Igrejinha - 33 Três Coroas - 24 Arroio do Sal - 33 Torres - 34
Presidente Lucena - 33 Feliz - 25
* - Em implantação

[12]

Referências

  1. a b Relatório TV & Identidade (DOC)
  2. Zero Hora: Especial TV Digital - Página 2 (01/11/2008)
  3. Ministro assina concessão de canal digital para a RBS TV (02/11/2008)
  4. coletiva.Net (5 de fevereiro de 2020). «Brunna Colossi deixa a RBS». Consultado em 5 de setembro de 2020 
  5. [1]
  6. Leo Dias, para UOL (24 de abril de 2020). «Maior afiliada da Globo, RBS TV demite repórter veterana e corta salários». Consultado em 5 de setembro de 2020 
  7. Coletiva.Net (7 de agosto de 2020). «Em Brasília, Nathália Fruet troca RBS TV pelo SBT». Consultado em 5 de setembro de 2020 
  8. Portal dos Jornalistas (20 de julho de 2017). «Paulo Sant'Ana, do Grupo RBS, morre em Porto Alegre». Consultado em 5 de setembro de 2020 
  9. [2]
  10. Atualizado em 27/04/2015 - Saiba qual canal sintonizar para assistir à RBS TV em alta definição
  11. 04/07/2017 - RBS TV instala 30 novas retransmissoras e explica como sintonizar os canais digitais na sua TV
  12. «Veja as Estações». especial2.redeglobo.globo.com. Consultado em 16 de janeiro de 2020 

Leitura adicional[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre RBS TV Porto Alegre

Ver também[editar | editar código-fonte]