Vale do Taquari

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Vale do Taquari
Unidade federativa Rio Grande do Sul
Lei Decreto nº 40.349/00
Data da criação 11 de Outubro de 2000
Número de municípios 36
Cidade-sede Lajeado
Características geográficas
Área 4,826 7 km²
População 348,435 hab. 2010
Densidade 65,7
PIB R$ R$ 10.064 bilhões 2013
PIB per capita R$ R$ 29.212,25 2013

O Vale do Taquari (ou Taquari-Tal no idioma alemão regional Riograndenser Hunsrückisch) abrange 36 municípios da região central do estado brasileiro no estado do Rio Grande do Sul, com população formada por várias etnias, entre elas, destacam-se as de origem alemã, italiana e açoriana.

A maioria dos municípios foram emancipados a partir de 1959, Arroio do Meio em 1938, Lajeado, Estrela e Encantado foram emancipadas no século XIX, e Taquari, o mais antigo, em 1849.

Lajeado é a cidade polo do Vale do Taquari.

Idiomas minoritários[editar | editar código-fonte]

O Riograndenser Hunsrückisch é uma variante brasileira do dialeto alemão da região do Hunsrück, no sudoeste da Alemanha. Este regionalismo linguístico com quase duzentos anos de existência em solo nacional faz parte da história do Vale do Taquari desde os seus tempos pioneiros. É uma língua minoritária que continua sendo cultivada na atualidade por cerca de 25% dos/as habitantes do estado[carece de fontes?]; mas muito invisibilizada como resultado de políticas de Estado primando pela erradicação de idiomas menores (vide Campanha de nacionalização).

Um marco importante no processo de reversão deste quadro de desprestígio social de um valor fundamental na vida de muitas comunidades como as do Vale do Taquari se deu quando em 2012 a Câmara de Deputados do Rio Grande do Sul aprovou em voto unânime reconhecer o Riograndenser Hunsrückisch como parte do patrimônio cultural do estado, digno de reconhecimento oficial e de proteção. Estima-se que vinte e cinco porcento dos habitantes do Rio Grande do Sul falem esta língua em maior ou menor grau de fluência e frequência.[1][2]

Agricultura[editar | editar código-fonte]

No Vale do Taquari há 43 mil produtores rurais. É a segunda região com mais produtividade rural do estado, medida em renda por quilômetro quadrado (R$/km²).[3]

Municípios[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ver também[editar | editar código-fonte]