Rádio Bandeirantes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
NoFonti.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo (desde outubro de 2012). Por favor, adicione mais referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Rádio Bandeirantes
{{{alt}}}
Rádio e Televisão Bandeirantes Ltda.
País  Brasil
Frequência(s) Rádio AM:
São Paulo - 840 kHz
Rádio FM:
São Paulo - 90.9 MHz
ver lista completa
Canais Oi TV: Canal 957
Sky: Canal 417
Sede Rua Radiantes, 13
Jardim Leonor, São Paulo
Slogan A rádio que tem opinião.
Fundação 6 de maio de 1937 (78 anos)
Pertence a Grupo Bandeirantes de Comunicação
Proprietário Johnny Saad
Outras emissoras RB São Paulo
RB Araçatuba
RB Bauru
RB Campinas
RB Penápolis
RB Ribeirão Preto
RB Vale
RB Rio de Janeiro
RB Porto Alegre
RB Brasília
Formato Rede de rádio comercial
Género Jornalismo, esportes
Idioma Português
Cobertura Nacional
Nome(s) anterior(es) Rádio Bandeirante
Webcast Ouvir o sinal online
Sítio oficial radiobandeirantes.com.br

Rádio Bandeirantes, também conhecida como Rede Bandeirantes de Rádio e Bandsat, é uma rede de emissoras de rádio do Brasil, com sede na cidade de São Paulo, e foi inaugurada no dia 6 de maio de 1937. Foi na voz de Joaquim Carlos Nobre que a Rádio Bandeirantes de São Paulo, a cabeça da rede, entrou no ar pela primeira vez: "Boa Noite, Senhoras e Senhores. Está no ar a Rádio Bandeirantes, a nova e esperada emissora de São Paulo".

História[editar | editar código-fonte]

Os primeiros locutores eram Joaquim Carlos Nobre, Tito Lívio Fleury Martins, Mário de Carvalho Araújo e Plínio Freire Campello.

Muitos seriam os locutores que passariam por essa poderosa rádio, que, depois de muitos anos, adotou o estilo Jornalismo-Esporte, no qual é uma das rádios mais poderosas do Brasil[carece de fontes?].

Ela foi controlada por Paulo Machado de Carvalho, que a vendeu a para Adhemar de Barros. Depois, o grupo empresarial teve como dono o genro de Barros, João Jorge Saad.

Hoje, a rádio integra a Rede Bandeirantes de Rádio e Televisão - que inclui também a Rede BandNews FM de rádio e a Redes BandNews de TV por assinatura, ambas dedicadas ao jornalismo, o canal BandSports e a Rede Bradesco Esportes FM em parceria como Grupo Bel, ambas dedicadas aos esportes - de propriedade atualmente do neto de Adhemar de Barros, Johnny Saad, que preside o grupo do qual a rádio faz parte.

No dia 3 de novembro de 2015, a Rádio Bandeirantes passa a ser disponível aos assinantes da operadora Sky Brasil, juntamente com mais três rádios do Grupo Bandeirantes: a BandNews FM, a Band FM e a Nativa FM.[1] [2]

Emissoras[editar | editar código-fonte]

Notas[editar | editar código-fonte]

  • A cada 15 minutos, a rádio toca um bipe com duração de 5 segundos conhecido como "quinto sinal". Este mesmo "quinto sinal" também toca em algumas afiliadas e emissoras próprias, como Porto Alegre.
  • Nem sempre a frequência da rádio, em FM, foi 90.9. No início das suas transmissões em FM, em 1975, sua frequência era 96.1. Hoje essa frequência é ocupada pela Band FM, que nos seus primórdios, no final dos anos 70 e meados dos anos 80, se chamava Bandeirantes FM, e servia para algumas repetições de AM e a maioria do tempo de inserção de programação própria, esta consolidada até hoje. A simples repetição FM surgiu em 2006, quando por alguns meses a 107.3 (atual Eldorado Brasil 3000) retransmitiu os 840 AM. Em 2000, assumiu-se a frequência definitiva de 90.9, irradiada do Grande ABC, diferentemente de outras rádios do grupo que irradiam da Torre da TV Bandeirantes.

Referências

  1. SKY adiciona emissoras de rádio do Grupo Bandeirantes TV Magazine. Visitado em 9 de novembro de 2015.
  2. Emissoras de rádio do Grupo Bandeirantes chegam aos canais de áudio da SKY Exorbeo (3 de novembro de 2015). Visitado em 9 de novembro de 2015.

Ligações externas[editar | editar código-fonte]