Bradesco Esportes FM (São Paulo)

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, comprometendo a sua verificabilidade (desde março de 2017).
Por favor, adicione mais referências inserindo-as no texto. Material sem fontes poderá ser removido.—Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Bradesco Esportes FM
{{{alt}}}
Rádio Difusora Atual Ltda.
País  Brasil
Cidade de concessão São Paulo
Frequência(s) 94.1 MHz
Canais 231
Sede Rua Radiantes, 13
Morumbi, São Paulo
Slogan A rádio do seu esporte
Fundação 17 de maio de 2012 (2012-05-17)
Extinção 12 de março de 2017 (2017-03-12)
Pertence a Rede Mundial de Comunicações e Grupo Bel
Proprietário(s) Paulo Masci de Abreu
Sócio(s) Grupo Bandeirantes
Banco Bradesco
Formato Emissora de rádio comercial
Género Esportiva
Idioma Português
Prefixo ZYU 650
Cobertura Região Metropolitana de São Paulo
Potência 50kw[1]
Classe A1[1]
RDS Sim
Página oficial bradescoesportesfm.band.uol.com.br
Rede Verão
Rádio Globo

Bradesco Esportes FM foi uma rádio em FM 94.1 MHz, geradora da rede de mesmo nome, cuja concessão e transmissor se localizam na cidade de São Paulo. Sucedeu a rádio Oi FM em 2012, sendo inaugurada em 17 de maio do mesmo ano, com a transmissão de Vélez Sarsfield x Santos, pelas quartas-de-final da Copa Libertadores da América de 2012. As transmissões foram encerradas em 12 de março de 2017.

Contou com os narradores Rafael Spinelli, Renato Rainha, Fernando Camargo, Ivan Zimmermann e Rogério Assis e com os comentaristas Antônio Petrin, Elia Júnior, Fábio Piperno e Velloso. Ainda contava com os especialistas Ivan Zimmermann e Álvaro José, sobre os mais diversos esportes. Também utilizou profissionais da Rádio Bandeirantes e BandNews FM durante a programação.

História[editar | editar código-fonte]

Em 31 de julho de 2013, a equipe que transmitia futebol na rádio foi demitida. Dentre eles, estavam o narrador Hugo Botelho, o repórter Vanderlei Lima entre outros. Já Alexandre Praetzel saiu do projeto focando apenas na TV Band e na Rádio Bandeirantes. Tatiana Ferraz, Erich Beting, Fernando Camargo, entre outros, saíram da emissora. Por quase 8 meses, utilizou a equipe esportiva da BandNews FM repetindo a dobradinha que acontecia no RJ nos jogos de futebol mais importantes, porém a Bradesco SP transmite alguns jogos de futebol que não tenham interesse do público da rede jornalística. No fim de novembro de 2013, a emissora também passou a ter programação musical do gênero rock.

Porém em 9 de março de 2014, no jogo Corinthians x São Paulo válido pelo Campeonato Paulista, voltou a transmitir futebol com equipe própria contando com profissionais como o locutor Renato Rainha (que também trabalha na Nativa FM), Alexandre Praetzel (que voltou a emissora na função de comentarista), além dos profissionais que já estavam na emissora. Além disso, profissionais como Milton Neves, o ex-jogador Denílson, o comentarista da Rádio Bandeirantes Cláudio Zaidan, o locutor Robson Ramos (que também trabalha na Band FM) e o ex-velocista Robson Caetano reforçaram a equipe da rádio (que vem sendo remontada), cuja nova programação estreou no dia 17 de março de 2014.

Em 2015 e 2016, vieram para a rádio os narradores Rafael Spinelli (ex-Sports+) e Rogério Assis (ex-Jovem Pan e 105 FM), o comentarista Fábio Piperno (ex-Sports+) e os repórteres Rafael Esgrilis (ex-Rádio Globo) e Guto Monte Ablas (ex-Tropical FM). Porém, houve a saída de Gustavo Ribeirão, que foi para o FOX Sports.

À 0h do dia 13 de março de 2017, a Bradesco Esportes FM encerrou suas transmissões, após o final do programa Bandeirantes Acontece, retransmitido da Rádio Bandeirantes de São Paulo. Parte da equipe será reaproveitada em outros veículos do Grupo Bandeirantes de Comunicação. A frequência foi devolvida à Rede Mundial de Comunicações, que inseriu uma sequência musical popular, identificada como "94.1 FM: O melhor do sertanejo e do forró".[2] A substituta oficial entrou no ar em junho, com a estreia da Rádio Globo no dial FM.[3]

Equipe[editar | editar código-fonte]

Narradores
Comentaristas
  • Fábio Piperno*
  • Jorge Nicola*
  • Robson Ramos*
  • Denílson*
  • Claudio Zaidan*
  • Flávio Saretta*
  • Jan Balder (F1)
  • Alessandra Alves (F1)*
Repórteres
  • Umberto Ferretti*
  • Rafael Esgrilis
  • Guto Monte Ablas (hoje na Tropical FM)
  • Guilherme Pallesi*
  • Maércio Júnior
  • Guilherme Henrique
  • João Barretto*
Ancoragem
Correspondentes


  • Seguem até hoje no Grupo Bandeirantes.

Referências

  1. a b «Spectrum-E: Canais». Agência Nacional de Telecomunicações. Nota: Mude o comando "Todos" para "FM", depois utilize o "Filtrar" e adicione SP no "UF" e em "Município" coloque São Paulo. Consultado em 20 de junho de 2017 
  2. Daniel Starck (13 de março de 2017). «Plantão: Bradesco Esportes FM já está fora do ar em São Paulo e no Rio de Janeiro». Tudo Rádio. Consultado em 13 de março de 2017 
  3. Flávio Ricco (24 de maio de 2017). «Sistema Globo de Rádios arrenda FM que era da Bradesco Esportes». Coluna do Flávio Ricco. UOL. Consultado em 24 de maio de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]