Scalla FM

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Scalla FM
Sistema Maior de Comunicação Ltda.
País  Brasil
Cidade de concessão Cubatão, SP
Frequência(s) FM 102.9 MHz
Sede Cubatao bandeira.png Cubatão, SP
Pertence a Rede Mundial de Comunicações
Proprietário(s) Paulo Masci de Abreu
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYU 943
Cobertura Baixada Santista

Scalla FM foi uma estação de rádio brasileira, e opera na frequência de 102.9 MHz. Sua sintonia era restrita ao município de Cubatão, sede da sua concessão mas após ajustes técnicos recentes a cobertura foi ampliada para as outras cidades da Baixada Santista[1], devendo mudar sua Classe de operação de B1 para A3, tendo o seu contorno protegido ampliado de 16,5 Km para 30 Km, ou seja, abrangendo com um sinal local todas as cidades da Baixada Santista.[2]

Desde que passou a ser administrada pela Rede Mundial de Comunicações, a Scalla FM tem tido um histórico intermitente no dial paulistano, sem conseguir se firmar continuamente no ar e passando por diferentes frequências, como 102.1 MHz (ocupado atualmente pela Estilo FM), 100.5 MHz (voltado para a Tupi FM em Sorocaba), 95.7 MHz (ocupado atualmente pela Rádio Mundial FM) e 92.5 MHz (ocupado atualmente pela Kiss FM).[3][4][5]

Histórico[editar | editar código-fonte]

A história da Scalla FM começou no início da década de 1980, quando entrou no ar a Rádio Diário do Grande ABC FM Stéreo, emissora pertencente ao jornal Diário do Grande ABC, com concessão de Santo André e que operava em 99.3 MHz. Em 1988, o Grande ABC FM Stéreo foi transferida para a região da Avenida Paulista, 326 em São Paulo, e foi rebatizada para Scala 99 FM, mas manteve a programação musical dedicada a música instrumental orquestrada.

No começo da década de 1990, a frequência 99.3 MHz foi arrendada para a Igreja Universal do Reino de Deus. Anos mais tarde, a Rede Comunicações Brasil Sat (atual Rede Mundial de Comunicações) assumiu o nome Scalla FM e criou uma nova versão para a emissora, inicialmente na frequência 100.5 MHz. Porém, a estação jamais conseguiu estabilidade para permanecer no ar no dial paulistano, tampouco operar em uma frequência fixa na FM.[3][4]

Sintonizada em 102.1 MHz no começo da década de 2000, cedeu a frequência para a Kiss FM em 2001.[5] Foi para a frequência 100.5 MHz, mas acabou saindo do ar ainda naquele ano.[6] Em meados de 2002, migrou para 92.5 MHz, antiga Rádio Marconi.[7] Em 2008, novamente a Scalla FM saiu do dial paulistano, cedendo lugar a Mit FM.[8]

Desde então, a Scalla FM está ausente do mercado radiofónico da Grande São Paulo, e a Rede Mundial de Comunicações tem procurado uma vaga no dial paulistano.[9]

Em julho de 2009, esse grupo midiático obteve permissão para explorar serviço de radiodifusão sonora em FM na cidade de Junqueirópolis, tendo conseguido mudar posteriormente para Cubatão.[10][11] Desse modo, a Scalla FM tem atualmente seu alcance restrito a Baixada Santista.[9]

Referências

  1. Exclusivo:Kiss já opera em novo canal a partir de Santos - Tudoradio.com, 21 de agosto de 2013
  2. «Exclusivo: Mais FM inicia suas operações na Baixada Santista» 
  3. a b Scalla FM reaparece no dial FM de São Paulo - Tudoradio.com, 24 de Abril de 2012
  4. a b Scalla FM "ressurge" no litoral e é captada no ABC - Tudoradio.com, 29 de Maio de 2012
  5. a b Scalla FM sai para dar lugar à saudosa Kiss FM - Folha de S.Paulo, 08 de dezembro de 2000
  6. Scalla FM fora do ar aborrece ouvintes - Folha de S.Paulo, 25 de agosto de 2001
  7. Scalla está de volta com o nome de Marconi - Folha de S.Paulo, 27/07/2002
  8. Mit FM comemora aniversário na capital paulista - Tudoradio, 09 de Junho de 2011
  9. a b Scalla FM restrita ao litoral de São Paulo Tudoradio, 20 de Dezembro de 2011
  10. Kiss FM e Tupi FM estão de volta ao litoral de São Paulo - Tudoradio, 22 de Fevereiro de 2013
  11. Super Rádio Tupi não está presente no FM de São Paulo. Scalla volta ao litoral - Tudoradio.com, 18 de Dezembro de 2012
Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.