Junqueirópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Município de Junqueirópolis
"Capital Nacional da Acerola"
"Junqueira"
Junqueirópolis.JPG

Bandeira de Junqueirópolis
Brasão de Junqueirópolis
Bandeira Brasão
Hino
Aniversário 13 de junho
Fundação 13 de junho de 1945 (71 anos)
Gentílico junqueiropolense
Prefeito(a) Hélio Aparecido Mendes Furini (PSDB)
(2013–2016)
Localização
Localização de Junqueirópolis
Localização de Junqueirópolis em São Paulo
Junqueirópolis está localizado em: Brasil
Junqueirópolis
Localização de Junqueirópolis no Brasil
21° 30' 54" S 51° 26' 02" O21° 30' 54" S 51° 26' 02" O
Unidade federativa  São Paulo
Mesorregião Presidente Prudente IBGE/2008[1]
Microrregião Dracena IBGE/2008[1]
Municípios limítrofes Nova Independência, Guaraçaí, Mirandópolis, Irapuru, Flora Rica, Emilianópolis, Ribeirão dos Índios, Dracena, Tupi Paulista e Monte Castelo
Distância até a capital 645 km
Características geográficas
Área 582,836 km² [2]
População 20,066 hab. Censo IBGE/2015[3]
Densidade 0,03 hab./km²
Altitude 421 m
Clima Temperado subtropical
Fuso horário UTC−3
Indicadores
IDH-M 0,745 alto PNUD/2010[4]
PIB R$ 191 521,063 mil IBGE/2008[5]
PIB per capita R$ 9 714,48 IBGE/2008[5]
Página oficial
Prefeitura www.junqueiropolis.sp.gov.br/
Câmara cmjunqueiropolis.sp.gov.br/

Junqueirópolis é um município brasileiro no interior do estado de São Paulo. Pertence à região da Nova Alta Paulista, é o terceiro município com o maior Produto Interno Bruto da região, atrás de Dracena e Adamantina, respectivamente.[6] É o maior município em extensão territorial de toda Nova Alta Paulista possuindo uma área de 582,836 km², sendo 5 km² de Área Urbana e 579 km² de Área Rural.[7] Localiza-se a oeste da capital do estado, distando desta cerca de 645 km. Está a uma altitude de 421 metros. Sua população estimada em 2015 era de 20.066 habitantes.[3]

A Faculdade de Junqueirópolis possui o curso de graduação em Pedagogia com duração de 4 anos e também o curso de pós-graduação em Educação Especial Inclusiva.[8]

A Escola de Soldados da Polícia Militar em Junqueirópolis possui 90 alunos soldados. O curso tem como objetivos gerais qualificar tecnicamente a praça da Polícia Militar de graduação inicial, o soldado PM 2ª Classe. O módulo básico possui 23 disciplinas e duração de 25 semanas.[9]

A penitenciária de Junqueirópolis possui uma capacidade para abrigar 873 presos, mas conta atualmente com uma população de 1.879 detentos. Isso significa uma população carcerária 115,23% acima da capacidade do presídio.[10]

História[editar | editar código-fonte]

Na primeira metade da década de 40, após averiguações num grande espaço localizado ao leste do povoado da União, Álvaro de Oliveira Junqueira, residente na capital do Estado de São Paulo, resolveu comprar terras. O nome que recebeu, Junqueirópolis, significa, literalmente, cidade (do grego, pólis) do Junqueira, isto é, uma homenagem explícita ao proprietário das terras e, por isso, considerado o fundador do município.

A fundação oficial do vilarejo se deu em um ato no dia 13 de junho de 1945. Para Álvaro, "dificilmente seria prevista pelos poucos espectadores daquela solenidade, o início de uma povoação com ascensão formidável". Em 24 de dezembro de 1948, mediante a Lei n° 233, Junqueirópolis tornou-se município.[11]

Economia[editar | editar código-fonte]

É o maior produtor de acerola do estado e, por isso, conhecido como a "Capital da Acerola".[12] A variedade predominante desta cultura é a "Olivier", cujo teor médio de vitamina C é de 1 200 mg/100ml de suco e 1 400 mg/100g de polpa. É uma fruta em cujo cultivo praticamente não se utiliza agrotóxicos. No município são cultivados 55 mil pés de acerola, cuja produção na safra de 1998-99 foi de aproximadamente 2 450 toneladas. Além da acerola, o município produz uvas finas de mesa, das variedades Itália, Rubi, Benitaka e Brasil.[13]

A festa ACERUVA começou em 1999, em uma iniciativa da Associação Agrícola de Junqueirópolis e Prefeitura Municipal, com o objetivo principal de promover e incentivar a produção de acerola e uva da região.[14]

Atualmente a cultura que mais vem crescendo no município e em toda a região é a da cana-de-açúcar, utilizada na fabricação de açúcar e álcool.

Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

Densidade demográfica (hab./km²): 31,99

Mortalidade infantil até um ano (por mil): 12,4

Expectativa de vida (anos): 76,6

Taxa de fecundidade (filhos por mulher): 1,7

Taxa de alfabetização: 89,68%

Índice de Gini: 0,43

Índice de Desenvolvimento Humano (IDH-M): 0,745

  • IDH-M Renda: 0,727
  • IDH-M Longevidade: 0,860
  • IDH-M Educação: 0,662

(Fonte: http://atlasbrasil.org.br/2013/perfil/junqueiropolis_sp)

Clima[editar | editar código-fonte]

O clima é o temperado subtropical, cuja temperatura oscila entre a máxima de 38º, mínima de 14º e média de 24º, com predominância de ventos do quadrante sul.

A região, de uma forma geral, está sujeita, durante o inverno, a ação da Massa Polar Atlântica(mPa) provocando grandes friagens e em determinadas localidades as geadas. Durante o verão, a Massa Polar Atlântica recua cedendo espaço a Massa Equatorial Continental(mEc) provocando grande volume de chuvas. Em média o índice pluviométrico é por volta dos 1.400 mm anuais, oferecendo raramente grandes variações.[15]

Administração[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b «Divisão Territorial do Brasil». Divisão Territorial do Brasil e Limites Territoriais. Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 1 de julho de 2008. Consultado em 11 de outubro de 2008. 
  2. IBGE (10 out. 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 dez. 2010. 
  3. a b «Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE)». 1 de julho de 2015. Consultado em 6 de novembro de 2015.  Texto "junqueiropolis " ignorado (Ajuda)
  4. (PNUD) http://atlasbrasil.org.br/2013/perfil/junqueiropolis_sp (PNUD) Verifique |url= (Ajuda). Consultado em 11 de novembro de 2013.  Falta o |titulo= (Ajuda)
  5. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010. 
  6. [1]. Prefeitura Municipal de Junqueirópolis (visitado em 27 de novembro de 2015).
  7. Aspectos Geográficos. Prefeitura Municipal de Junqueirópolis (visitado em 27 de setembro de 2015). Cópia arquivada em 29 de março de 2013
  8. [2]. Faculdade REGES Junqueirópolis (visitado em 27 de setembro de 2015)
  9. [3]. Portal Regional (visitado em 27 de setembro de 2015)
  10. [4]. Sindicato dos Funcionários do Sistema Prisional do Estado de São Paulo (visitado em 27 de novembro de 2015)
  11. [5]. Prefeitura Municipal de Junqueirópolis - História (visitado em 27 de novembro de 2015)
  12. [6]. Reportagem Globo Rural - Vermelho esperança (visitado em 27 de novembro de 2015)
  13. [7]. UNESP - Projeto Acerola (visitado em 27 de novembro de 2015)
  14. [8]. Festa ACERUVA - Associação Agrícola de Junqueirópolis (visitado em 27 de novembro de 2015)
  15. Aspectos Geográficos. Prefeitura Municipal de Junqueirópolis (visitado em 27 de setembro de 2015). Cópia arquivada em 29 de março de 2013

Ligações externas[editar | editar código-fonte]