Mirandópolis

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Disambig grey.svg Nota: Se procura o bairro da cidade de São Paulo, veja Mirandópolis (bairro de São Paulo).
Mirandópolis
  Município do Brasil  
Letreiro na entrada de Mirandópolis.
Símbolos
Bandeira de Mirandópolis
Bandeira
Brasão de armas de Mirandópolis
Brasão de armas
Hino
Gentílico mirandopolense
Localização
Localização de Mirandópolis em São Paulo
Localização de Mirandópolis em São Paulo
Mirandópolis está localizado em: Brasil
Mirandópolis
Localização de Mirandópolis no Brasil
Mapa de Mirandópolis
Coordenadas 21° 08' 02" S 51° 06' 07" O
País Brasil
Unidade federativa São Paulo
Municípios limítrofes Lavínia, Guaraçaí, Irapuru, Pacaembu, Junqueirópolis e Pereira Barreto
Distância até a capital 594 km[1]
História
Fundação 24 de junho de 1934 (88 anos)
Administração
Distritos
Prefeito(a) Everton Sodario (PSL, 2021 – 2024)
Características geográficas
Área total [2] 917,694 km²
População total (est. IBGE/2020[3]) 29 706 hab.
Densidade 32,4 hab./km²
Clima tropical (Cfa)
Altitude 429 m
Fuso horário Hora de Brasília (UTC−3)
Indicadores
IDH (PNUD/2010) 0,751 alto
PIB (IBGE/2008[4]) R$ 227 431,591 mil
PIB per capita (IBGE/2017[4]) R$ 21 014,68
Sítio mirandopolis.sp.gov.br (Prefeitura)
cmmirandopolis.sp.gov.br (Câmara)

Mirandópolis é um município brasileiro do estado de São Paulo. Localiza-se a uma latitude 21º08'01" sul e a uma longitude 51º06'06" oeste, estando a uma altitude de 429 metros. Sua população estimada em 2020 era de 29.706 habitantes.[3] Possui uma área de 918,3 km². O município é formado pela sede e pelos distritos de Amandaba e Três Alianças.[5][6]


Geografia[editar | editar código-fonte]

Demografia[editar | editar código-fonte]

Dados do Censo - 2010

(Fonte: IPEADATA)

Comunicações[editar | editar código-fonte]

A cidade era atendida pela Cia. Telefônica Rio Preto[7][8], empresa administrada pela Companhia Telefônica Brasileira (CTB)[9], até que em 1973 passou a ser atendida pela Telecomunicações de São Paulo (TELESP)[10], que inaugurou a central telefônica utilizada até os dias atuais. Em 1998 esta empresa foi privatizada e vendida para a Telefônica[11], sendo que em 2012 a empresa adotou a marca Vivo[12] para suas operações de telefonia fixa.

Prefeitos[editar | editar código-fonte]

A partir de 1960.

  • Geraldo Da Silva Braga (ARENA): 1 de Janeiro de 1960 a 31 de dezembro de 1963
  • Antonio Sanvito (ARENA): 40 Dias Em 1963
  • Jorge Maluly Netto (ARENA): 1 de Janeiro de 1964 a 14 de agosto de 1966
  • Savero Tramonte (ARENA): 15 de agosto de 1966 a 31 de Janeiro de 1969
  • Lourenço Marcos Fernandes (ARENA): 1 de fevereiro de 1969 a 3 de Janeiro de 1973
  • Lourenço Marcos Fernandes (ARENA): 1 de fevereiro de 1977 a 29 de abril de 1980
  • Lourenço Marques Fernandes (ARENA): 2 de junho de 1980 a 31 de Janeiro de 1983
  • Antônio Duenhas Monreal (ARENA): 1 de setembro de 1975 a 30 de novembro de 1975
  • Antônio Duenhas Monreal (ARENA): 1 de agosto de 1976 a 30 de novembro de 1976
  • Tooru Kamijo (ARENA): 30 de abril de 1980 a 1 de junho de 1980
  • Osvaldo Teixeira Mendes (PMDB): 1 de fevereiro de 1983 a 23 de março de 1983
  • Mitsutoshi Ikejiri (PMDB): 24 de março de 1983 a 6 de dezembro de 1983
  • Maria Helena Fernandes Mendes (PMDB): 6 de dezembro de 1983 a 15 de junho de 1985
  • Waldemar Francisco de Lima (PSDB): 16 de junho de 1985 a 31 de dezembro de 1988
  • Mitsutoshi Ikejiri (PMDB): 1 de janeiro de 1989 a 31 de dezembro de 1992
  • José Pedro Zanon Júnior (PMDB): 1 de Janeiro de 1993 a 31 de dezembro de 1996
  • Jorge de Faria Maluly (PFL): 1 de Janeiro de 1997 a 31 de dezembro de 2000
  • Jorge de Faria Maluly (PFL): 1 de Janeiro de 2001 a 31 de dezembro de 2004
  • José Antônio Rodrigues (PFL): 1 de Janeiro de 2005 a 31 de dezembro de 2008
  • José Antônio Rodrigues (DEM): 1 de Janeiro de 2009 a 31 de dezembro de 2012
  • Francisco Antônio Passarelli Momesso (Chicão Momesso) (PP): 1 de Janeiro de 2013 - 31 de dezembro de 2016
  • Regina Mustafa (PV): 1 de janeiro de 2017 - 2019 (cassada)
  • Everton Sodario (PSL): 2019 a 2020

Referências

  1. «Distâncias entre a cidade de São Paulo e todas as cidades do interior paulista». Consultado em 26 de janeiro de 2011 
  2. IBGE (10 de outubro de 2002). «Área territorial oficial». Resolução da Presidência do IBGE de n° 5 (R.PR-5/02). Consultado em 5 de dezembro de 2010 
  3. a b Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). «Estimativa populacional de 2020». Consultado em 3 de setembro de 2020 
  4. a b «Produto Interno Bruto dos Municípios 2004-2008». Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Consultado em 11 dez. 2010 
  5. «Municípios e Distritos do Estado de São Paulo» (PDF). IGC - Instituto Geográfico e Cartográfico 
  6. «Divisão Territorial do Brasil». IBGE - Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística 
  7. «Relação do patrimônio da Cia. Telefônica Rio Preto incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  8. «Telesp assume controle da Cia. Telefônica Rio Preto e da Empresa Telefônica Paulista». Acervo O Estado de São Paulo 
  9. «Relação do patrimônio da CTB incorporado pela Telesp» (PDF). Diário Oficial do Estado de São Paulo 
  10. «Área de atuação da Telesp em São Paulo». Página Oficial da Telesp (arquivada) 
  11. «Nossa História». Telefônica / VIVO 
  12. GASPARIN, Gabriela (12 de abril de 2012). «Telefônica conclui troca da marca por Vivo». G1