Primeiro Jornal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Primeiro Jornal
Logotipo do 1º Jornal
Informação geral
Formato telejornal
Gênero Jornalismo
Duração 135 minutos
País de origem Brasil
Idioma original português
Produção
Diretor(es) Fernando Mitre
Rodolfo Schneider
Apresentador(es) João Paulo Vergueiro
Exibição
Emissora original Rede Bandeirantes
Formato de exibição 480i (SDTV) (2005 - 2008)
1080i (HDTV) (2008 - 2014; 2020 - presente)
Transmissão original 1ª fase: 11 de abril de 2005 - 2 de maio de 2014
2ª fase: 16 de março de 2020 - presente
Cronologia
Programas relacionados Café com Jornal
Jornal da Band
Bora Brasil
Notícias da Redação

Primeiro Jornal (estilizado como 1º Jornal) é um telejornal matutino brasileiro, produzido e exibido pela Rede Bandeirantes, que vai ao ar diariamente. Estreou em 11 de abril de 2005, sob o comando de Fernando Vieira de Mello Filho e saiu do ar em 2 de maio de 2014, sendo sucedido pelo Café com Jornal. Atualmente, o telejornal é apresentado por João Paulo Vergueiro.

História[editar | editar código-fonte]

O telejornal entrou no ar pela primeira vez em 2005, como uma maneira de reforçar o jornalismo lançando este telejornal matinal, brigando com a concorrência nas primeiras horas do dia (das 7h às 8h) e com a apresentação de Fernando Vieira de Mello Filho. Estiveram ao lado dele, nesse período, Camila Busnello, Nadja Haddad e Millena Machado, além de colunistas como Karyn Bravo (tempo), Fernando Mitre (política) e Joelmir Beting (economia)[1] Em 2009, o telejornal perde 30 minutos de duração, cedendo espaço para o São Paulo Acontece, em uma estratégia da Band em deixar as notícias mais ágeis.[2]

Em 2010, Fernando Vieira de Mello deixa a Band e Millena Machado (que já apresentava o SP Acontece) passa a apresentar o telejornal de forma interina até a contratação de Luciano Faccioli, que viria a estrear no dia 12 de outubro.

Em 2012, Luciano Faccioli passa a ter a companhia de Patrícia Maldonado na apresentação, além de uma nova identidade visual, a fim de melhorar os índices de audiência do telejornal [3]

Devido a baixa audiência, sua primeira fase teve sua última exibição em 2 de maio de 2014, sendo substituído pelo Café com Jornal. Algumas afiliadas da Band como a RBA TV, TV Tarobá e TV Tribuna não exibiam o telejornal devido a programação local.

Em março de 2019, foi anunciada a reestreia prevista para abril, com a apresentação de Joel Datena e Joana Treptow, em substituição ao Café com Jornal, mas depois de problemas com a produção, a emissora desistiu do formato e lançou um telejornal local para São Paulo, com Joel Datena.[4]

Em fevereiro de 2020, a emissora anunciou em definitivo a reestreia prevista para 16 de março, e agora como um telejornal para as madrugadas da emissora, com a apresentação de João Paulo Vergueiro.[5]

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Band reforça seu jornalismo com telejornal matinal». Portal Imprensa. 7 de abril de 2005 
  2. «Band reformula jornalismo da manhã a partir do dia 23». Portal Band. 11 de março de 2009 
  3. «Patrícia Maldonado vai apresentar "Primeiro Jornal" com Faccioli». NaTelinha. 3 de março de 2012 
  4. «Band define título do novo jornal das manhãs». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 13 de março de 2019 
  5. «João Paulo Vergueiro vai apresentar o "Primeiro Jornal" no lugar de Megale». tvefamosos.uol.com.br. Consultado em 27 de fevereiro de 2020