Jornal da Band

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Este artigo ou secção necessita de referências de fontes secundárias fiáveis publicadas por terceiros (desde fevereiro de 2014).
Por favor, melhore-o, incluindo referências mais apropriadas vindas de fontes fiáveis e independentes.
Fontes primárias, ou que possuem conflito de interesse geralmente não são suficientes para se escrever um artigo em uma enciclopédia.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
Jornal da Band
Logotipo do telejornal
Informação geral
Também conhecido(a) como Jornal Bandeirantes (1977-1997)
Formato Telejornal
Gênero Jornalismo
Duração 65 Minutos
Criador(es) Grupo Bandeirantes de Comunicação
País de origem  Brasil
Idioma original (em português)
Produção
Diretor(es) Fernando Mitre
André Luiz Costa
Apresentador(es) Oficiais:
Ricardo Boechat (desde 2006)
Paloma Tocci (desde 2015)
Eventuais:
Fábio Pannunzio
Sérgio Costa
Paula Valdez
Caroline Nogueira
Rodolfo Schneider
Rafael Colombo
Elenco Laura Ferreira (tempo)
Neto (esportes)
Tema de abertura Instrumental
Exibição
Emissora de televisão original Brasil Rede Bandeirantes
Formato de exibição 480i (SDTV)
1080i (HDTV)
Transmissão original 12 de outubro de 1977 - presente
N.º de temporadas 39
Cronologia
Último
Titulares da Notícia
Próximo
Programas relacionados Café com Jornal
Jornal da Noite

Jornal da Band é um telejornal brasileiro produzido e apresentado pela Rede Bandeirantes. Estreou em 1977 sob o comando de Salomão Esper com o título de Jornal Bandeirantes, usado até 1997. Atualmente, tem como apresentadores Ricardo Boechat e Paloma Tocci.

História[editar | editar código-fonte]

Jornal Bandeirantes (1977 à 1997)[editar | editar código-fonte]

O Jornal Bandeirantes estreou em 12 de outubro de 1977, às 19h15 da noite, substituindo o antigo Titulares da Notícia que havia sido terminado um dia antes. Salomão Esper, que já era apresentador do Titulares da Notícia, foi um dos seus primeiros âncoras. Durante a década de 1970, sofria constantemente com a censura do regime militar.

Na década de 1980, o jornal ganha alcance nacional. Entre os apresentadores desta estiveram Ferreira Martins, Ronaldo Rosas, Geraldo Ribeiro, Joelmir Beting, Belisa Ribeiro, Luiz Santoro e Marília Gabriela, que apresentava o jornal paralelamente aos seus talk-shows, como o Cara a Cara.

Ferreira Martins e Marília Gabriela apresentaram o Jornal Bandeirantes juntos de 1988 até 1991, quando foram substituídos por Chico Pinheiro, que permaneceu até 1995. Em seu lugar entrou Carla Vilhena, titular do JB entre 1995 e 1997. No dia 15 de fevereiro de 1997, o Jornal Bandeirantes ia ao ar pela última vez com esta nomenclatura.

Jornal da Band (desde 1997)[editar | editar código-fonte]

Em 17 de fevereiro de 1997, às 20h, estreava o Jornal da Band, cuja nomenclatura agora atendia pelo apelido informal que a Rede Bandeirantes utilizava desde 1993. Carla Vilhena continuou a ancorar o telejornal até março do mesmo ano, quando Paulo Henrique Amorim deixa o cargo de correspondente da Rede Globo nos Estados Unidos para assumir o telejornal.

Editor-chefe do jornal, exigia que este começasse rigorosamente às 20h (o que não acontecia antes) e tinha uma redação paralela. Num tom extremamente opinativo e "independente", PHA se desentendeu com vários políticos, inclusive com o ex-presidente Lula, questionando-o sobre bens não declarados ao Imposto de Renda. No início de 1999, o jornalista se desentendeu com a emissora, sendo substituído por Marcos Hummel e Geraldo Canali, os antigos apresentadores eventuais.

Marcos Hummel ganha a companhia de Janine Borba, depois substituída por Letícia Levy, permanecendo lá até 2004, quando Carlos Nascimento sai da Rede Globo e passa a apresentar o Jornal da Band, que contava com os comentários de dois ex-globais: Ricardo Boechat e Joelmir Beting. A moça do tempo passa a ser Mariana Ferrão, que vinha da Rede 21. Com a transferência de Nascimento para o SBT, Ricardo Boechat, que cobria as faltas de Nascimento, torna-se o titular do telejornal a partir de março de 2006, passando a coancorar o telejornal com a ex-moça do tempo Mariana Ferrão e também com Joelmir Beting.

Mariana Ferrão apresentou o Jornal da Band pela última vez no dia 28 de março de 2008, devido a saída da jornalista para a Rede Globo. No dia 31 de Março de 2008, Ticiana Villas Boas entra para a equipe de apresentadores titulares do jornal, substituindo-a.

Em 29 de novembro de 2012, Joelmir Beting acaba falecendo em decorrência de um AVC, após um mês internado no Hospital Albert Einstein e afastado da bancada do Jornal da Band.[1] Após sua morte, apenas Ricardo Boechat e Ticiana Villas Boas continuaram na apresentação do telejornal.

No dia 19 de abril de 2014, a edição daquele dia é dedicada ao narrador Luciano do Valle, que morreu horas antes do jornal começar. Em 28 de abril, o jornal ganha nova vinheta e passa a ser apresentado na nova redação de jornalismo da Band. Em 27 de dezembro de 2014, no término da edição de sábado, a apresentadora Ticiana Villas Boas anuncia aos telespectadores que deixará o jornal por 5 meses para cuidar do filho que irá nascer.

Ticiana foi a apresentadora que ficou mais tempo como âncora feminina do Jornal da Band. Depois de 7 anos, em abril de 2015, deixa a emissora para ir para o SBT. Paloma Tocci que estava cobrindo a licença de Ticiana, assumiu a apresentação do jornal.[2]

Em 11 de julho de 2016, o Jornal da Band pasa a ser transmitido ao vivo pelo Facebook, se tornando assim o primeiro telejornal da TV Aberta Brasileira a ser apresentado na rede social.

Joelmir Beting, apresentador do Jornal da Band, até 2012, quando faleceu.
O atual apresentador do Jornal da Band, Ricardo Boechat.
A antiga apresentadora do Jornal da Band, Ticiana Villas Boas.

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Titulares[editar | editar código-fonte]

Eventuais[editar | editar código-fonte]

  • Caroline Nogueira (desde 2014)
  • Fábio Pannunzio (desde 2008)
  • Luiz Megale (desde 2016)
  • Paula Valdez (desde 2014)
  • Rafael Colombo (desde 2016)
  • Rodolfo Schneider (desde 2015)
  • Sérgio Costa (desde 2007)

Ex-apresentadores[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]