Saltar para o conteúdo

Band Folia

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ver artigo principal: Troféu Band Folia


Band Folia
Band Folia
Logotipo usado desde a cobertura de 2019
Informação geral
Também conhecido(a) como Carnaval Band Brasil (1993-1994)
Formato programa de variedades
Gênero Musical, Jornalismo
Duração Variável
País de origem  Brasil
Idioma original (em português brasileiro)
Produção
Apresentador(es) ver lista
Empresa(s) produtora(s) Grupo Bandeirantes de Comunicação
Exibição
Emissora original Rede Bandeirantes
Formato de exibição 1080i (HDTV)
480i (SDTV) (1993-2009)
Transmissão original 19 de fevereiro de 1993 – presente
Cronologia
Programas relacionados Globeleza
SBT Folia

Band Folia é a cobertura do carnaval no Brasil feita pela Rede Bandeirantes. Feita anualmente desde 1993, com um período de hiato entre 1995 e 1998, a cobertura atualmente se baseia na transmissão ao vivo e em flashs do blocos de carnaval em Salvador, São Paulo e Rio de Janeiro, durante a programação e nos telejornais. Como parte da programação de expectativa que antecede a festa, a emissora exibe ao longo da programação o Boletim Band Folia, e através da Band Bahia, o especial De Olho na Folia. Na cobertura regular, a Band São Paulo exibe localmente o Sampa Folia, enquanto algumas das afiliadas da Band pelo país fazem a cobertura sob suas marcas locais.

Entre 1981 e 1983, a Band exibiu os desfiles das escolas de samba do Rio de Janeiro, ainda na Avenida Marquês de Sapucaí.[1] A emissora também ficou conhecida por transmitir os bailes de carnaval, principalmente o Gala Gay no antigo Scala.[1]

Em 1993, a Band trouxe o "Carnaval Band Brasil", inaugurando a exibição do carnaval de Salvador.[2] A emissora seguiu apresentando os flashes da folia do Rio de Janeiro em São Paulo, além da exibição dos bailes de carnaval.[2]

Em 1999, a Band voltou a investir na cobertura do carnaval, ocupando o espaço deixado pela Rede Manchete, que já se encontrava próxima da falência. A emissora acertou acordo de pool com a Rede Globo para a exibição dos desfiles da escola de samba do Grupo Especial do Rio de Janeiro.[3] Além disso, a Band também exibiu os desfiles do Grupo de Acesso, o Desfile das Campeãs e manteve a programação dos bailes. As exibições marcaram a estreia de Luciano do Valle no carnaval carioca, além da chegada de Astrid Fontenelle, vinda da MTV Brasil.[3]

A partir de 2000, a emissora afixou-se no carnaval de Salvador, mostrando a passagem dos trios elétricos.[4] A Band seguiu transmitindo o Desfile das Campeãs, que seguiu parte da programação até 2011. Em 2010, foi inserido o Carnaval de Pernambuco, em Recife e Olinda, e em 2013 o Carnaval de Vitória. Este último foi o único ano em que houve também alguns flashes do Carnaval de João Pessoa.

A cobertura do Carnaval foi feita de três formas: com flashes durante a programação, com entradas ao vivo nos telejornais da emissora e com a transmissão ao vivo nos fins de noite, nas madrugadas e no começo da tarde, dos desfiles dos trios elétricos de Salvador, nos circuitos "Dodô" (Barra-Ondina) e "Osmar" (Campo Grande). Durante as transmissões nos períodos citados, há ainda entradas ao vivo ou gravadas dos carnavais de outras cidades, como os de Recife (Marco Zero) e Olinda, Rio de Janeiro (Marquês de Sapucaí), São Paulo (Sambódromo do Anhembi) e Vitória (Sambão do Povo).[5]

Para 2018, houve direto de São Paulo a transmissão dos blocos nas tardes da emissora. Essas novidades na cobertura do Carnaval em todo o Brasil acontecerão porque neste ano o Band Folia estará completando 25 anos.[6] e depois de 11 anos, o grupo de acesso do Rio de Janeiro, retornou à emissora, em 2023.[7][8]. em 2024, foi divulgado que João Paulo Vergueiro e Thaís Dias passam a comandar os desfiles da Série Ouro, substituindo Sérgio Maurício e Glenda Kozlowski.

Em 2012, junto com o SBT Folia, o programa perdeu a audiência para os programas religiosos da RecordTV.[9] O Band Folia chegou a perder por três dias consecutivos para o Fala Que Eu Te Escuto. Costuma marcar entre zero e 1 ponto no IBOPE.[9][10] A última grande audiência noticiada foi em 19 de fevereiro de 2007, quando ficou em segundo lugar de audiência por 30 minutos.[11] Segundo o RD1, é comum todo o ano o carnaval derrubar "a audiência das emissoras que recorrem à cobertura da folia, seja no eixo Rio-São Paulo, seja em Salvador."[12] Quando foram iniciadas as transmissões carnavalescas de 2016, a Band marcou 1 ponto de audiência, sendo que antes marcava 3 com Os Simpsons e Pânico na Band.[13]

Transmissões

[editar | editar código-fonte]
Band Transmissões Apresentadores
Série Ouro João Paulo Vergueiro e Thaís Dias
Carnaval de Salvador Juliana Guimarães e Zeca Camargo
Carnaval do Recife Artur Tigre e Moab Augusto

Referências

  1. a b «SAMBARIO - O site dos sambas-enredo». www.sambariocarnaval.com. Consultado em 21 de março de 2023 
  2. a b «Festa no interior e recato no salão». 19 de fevereiro de 1993. Consultado em 21 de março de 2023 
  3. a b «Band vai transmitir desfile das escolas». Jornal do Brasil. 2 de fevereiro de 1999. Consultado em 21 de março de 2023 
  4. «Se você quer acompanhar o carnaval de Salvador veja». Jornal do Brasil. 3 de março de 2000. Consultado em 21 de março de 2023 
  5. «Transmissão do Carnaval 2015 na TV e internet». guiadasemana.com.br. 13 de fevereiro de 2015. Consultado em 19 de fevereiro de 2015 
  6. «Band Folia comemora 25 anos e amplia a cobertura - Band.com.br». BandFolia. Consultado em 6 de fevereiro de 2018 
  7. TV Bandeirantes (22 de novembro de 2022). «Band adquire direitos de transmissão da Série Ouro do Carnaval do Rio de Janeiro». Consultado em 28 de novembro de 2022 
  8. Observatório da TV (22 de novembro de 2022). «Band Rio adquire direitos de transmissão da Série Ouro do Carnaval carioca». Consultado em 28 de novembro de 2022 
  9. a b «Religiosos dão mais audiência do que Carnaval». Folha. 22 de fevereiro de 2012. Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  10. Redação (27 de fevereiro de 2017). «Audiência da TV (24/02): Carnaval derruba índices da Globo, SBT e Band; Record se dá bem». RD1. Consultado em 10 de fevereiro de 2018 
  11. Redação (21 de fevereiro de 2007). «Band Folia atinge o segundo lugar de audiência». Área Vip. Consultado em 12 de fevereiro de 2018 
  12. Redação (24 de fevereiro de 2017). «Audiência da TV (24/02): Carnaval derruba índices da Globo, SBT e Band; Record se dá bem». RD1. Consultado em 13 de fevereiro de 2018 
  13. Redação (8 de fevereiro de 2016). «Carnaval de Salvador derruba audiência do SBT e da Band; Record cresce». RD1. Consultado em 13 de fevereiro de 2018 

Ligações externas

[editar | editar código-fonte]

Band Folia no Facebook

Band Folia no Instagram

Band Folia no X

Ícone de esboço Este artigo sobre televisão no Brasil é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.