Café com Jornal

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Café com Jornal
Informação geral
Também conhecido(a) como Café com Jornal: Edição Brasil (2015–2019)
Formato Telejornal
Gênero Jornalismo
Duração 120 minutos
Criador(es) Grupo Bandeirantes de Comunicação
País de origem  Brasil
Idioma original (português brasileiro)
Produção
Diretor(es) Fernando Mitre
André Luiz Costa
Apresentador(es)
Elenco Bernardo Ramos
Flávia Guerra
Larissa Erthal
Laura Ferreira
Leonardo Stamilo
Mauro Soares
Exibição
Emissora de televisão original Rede Bandeirantes
Formato de exibição 1080i (HDTV)
Transmissão original 5 de maio de 2014 - presente
Cronologia
Programas relacionados Jornal da Band
Jornal da Noite

Café com Jornal é um telejornal matinal brasileiro produzido e exibido pela Rede Bandeirantes. Estreou no dia 5 de maio de 2014, sob o comando de Luiz Megale e Aline Midlej. Atualmente, é apresentado por Luiz Megale e Joana Treptow.

História[editar | editar código-fonte]

Desenvolvimento e estreia[editar | editar código-fonte]

Após anos exibindo o Primeiro Jornal, a Rede Bandeirantes decidiu reformular seu jornalismo matinal para aumentar os índices de audiência da faixa, apostando em um noticiário mais dinâmico e informal, tomando como exemplo os programas radiofônicos da sua co-irmã BandNews FM.[1] No início de 2014, a emissora deu início ao projeto do Café com Jornal, inicialmente previsto para estrear ainda em janeiro, mas com o formato sendo modificado e a proximidade com a Copa do Mundo, a estreia foi confirmada para maio.[2]

O Café com Jornal estreou oficialmente em 5 de maio, apresentado por Luiz Megale, ex-correspondente internacional da Band em Nova York, e Aline Midlej, até então repórter local da emissora, e tinha uma duração inicial de três horas, indo ao ar entre 6h e 9h.[2][3][1] O formato do programa consiste basicamente no hard news, com a atualização de informações em tempo real, prestação de serviços, informações sobre trânsito (usando das reportagens ao vivo e a interação com as rádios BandNews FM e SulAmérica Trânsito) e meteorologia (a cargo da jornalista Laura Ferreira), além de pautas cotidianas e o debate com colunistas. Inicialmente, o Café com Jornal contava com 10 colunistas: Ana Lúcia Beltrame (saúde da mulher), Arnaldo Lichtenstein (clínico geral), Camila Hirsch (atividade física e bem-estar), Lidia Aratangy (relacionamentos), Marcos Silvestre (finanças pessoais), Paula Rothman (tecnologia), Paloma Tocci (esportes), Rosely Sayão (educação dos filhos), Vicky Bloch (carreira) e Mauro Soares (cultura e variedades). Gisele Kato, apresentadora do canal Arte 1, também iria participar como colunista de artes e espetáculos,[3] mas não chegou a estrear na atração. Os jornalistas Ricardo Boechat e Eduardo Barão também participavam ao vivo com a retransmissão de um trecho do Jornal BandNews FM, geralmente durante o quadro humorístico "Buemba! Buemba!", onde José Simão analisava fatos do cotidiano nacional de maneira satírica.[4]

A atração também contava com quadros semanais: "Não Me Engana Que Eu Não Gosto", onde o povo era consultado nas ruas a respeito de "verdades" propagadas por autoridades, empresas, pesquisas ou instituições; "Desafio da Bancada", onde os âncoras procuravam o representante máximo de um problema da cidade de São Paulo e buscavam uma solução para que a questão fosse resolvida;[1] "Isso Funciona", que mostrava o que funciona com excelência no Brasil, para que esses exemplos possam ser copiados e reproduzidos em todo o país; e "Vergonha Alheia", que mostrava pessoas comuns ou famosas flagradas em comportamentos considerados constrangedores.[3] Além dos quadros semanais, também é exibido o "Expresso de Notícias", uma mini-escalada dos fatos veiculados ao longo do telejornal, geralmente exibida a cada 30 minutos, para dividir ou juntar as afiliadas da Band na transmissão — usualmente, a emissora reserva o horário entre 6h e 8h para a programação local na maioria das afiliadas pelo país.

Substituições e reformulações[editar | editar código-fonte]

Desde a sua estreia, diversos colunistas deixaram o Café com Jornal, como Paula Rothman e Vicky Bloch. Em seus lugares, entraram Rafael Colombo, comentarista da Rádio Bandeirantes, que abordava o cotidiano do Brasil e do Mundo, e Antônio Lancha Júnior, dando dicas sobre nutrição. Mais adiante, os colunistas Ana Lúcia Beltrame, Camila Hirsch e Lídia Aratangy também deixaram a equipe do noticiário.

Em 5 de dezembro, a Band anunciou a ida do apresentador Luiz Bacci (até então responsável pelo vespertino Tá na Tela) para o Café com Jornal, após o seu antigo programa ser cancelado. A decisão, segundo o diretor-geral de conteúdo Diego Guebel, era de colocar Bacci "para compor a nossa estratégia de fortalecer o jornalismo logo no inicio do dia", sendo essa a primeira grande reformulação no noticiário desde a sua estreia.[5]

Luiz Bacci passou a apresentar em 12 de janeiro de 2015 o Café com Jornal: Edição Brasil (como ficou intitulada desde então a parte do programa em rede nacional) entre 8h e 9h30, enquanto Luiz Megale e Aline Midlej ficavam apenas na parte local para São Paulo entre 6h e 8h.[5] Com as mudanças, mais colunistas fixos deixam de participar da atração, como Antônio Lancha Júnior, Arnaldo Lichtenstein, Rafael Colombo e Paloma Tocci, que por sua vez passou a ancorar o Jornal da Band, sendo substituída na coluna de esportes do Café com Jornal por Renata Saporito, apresentadora do BandSports.

Entre março e abril, a Band promoveu cortes em suas folhas de pagamento por conta de problemas financeiros, e assim como a programação em geral, o Café com Jornal foi diretamente atingido. Pouco mais de dois meses depois das primeiras reformulações, Luiz Bacci teve seu contrato rescindido e deixou a emissora e o programa em 25 de março.[6] Em 31 de março, foi anunciado um enxugamento de 85% da equipe do noticiário, o que culminou na ida de Laura Ferreira para a bancada ao lado de Luiz Megale e o rebaixamento de Aline Midlej para as reportagens de rua, além da saída de todos os colunistas, com exceção de Rosely Sayão e Renata Saporito. O Café com Jornal também perdeu seus primeiros 90 minutos (6h-7h30) para o Jornal BandNews 1.ª edição, que passou a ser exibido pela Band simultaneamente com a BandNews TV, deixando o noticiário com apenas duas horas de duração.[7] Todas as mudanças passaram a valer em 6 de abril.

Exatamente três meses depois, o Café com Jornal perdeu mais 20 minutos de duração, por conta da troca de horário do Dia Dia, que passou a começar às 9h10. Ainda em 2015, o noticiário também deixou de contar com a colunista Rosely Sayão, mas passou a ter o reforço de Ana Paula Rodrigues, âncora da Rádio Trânsito. Em 2016, Flávia Guerra passou a ter uma coluna sobre cinema no Café com Jornal, após cobrir as férias de Mauro Soares.[8]

Novas reformulações e trocas de apresentadores[editar | editar código-fonte]

Em 7 de agosto de 2017, a Band anunciou mais uma grande reformulação no Café com Jornal, com a contratação de Júlia Duailibi, especialista em política e economia com passagens pela Veja e O Estado de S. Paulo, para a ancoragem do programa ao lado de Luiz Megale, reforçando o noticiário político, e Laura Ferreira, que estava há pouco mais de dois anos na bancada, volta a fazer a apresentação da meteorologia.[9] O time de colunistas também foi alterado, com a saída de Renata Saporito para a entrada da repórter Kalinka Schütel na coluna de esportes, e a saída de Ana Paula Rodrigues, que estava sendo criticada pelo público desde o episódio ocorrido durante uma cobertura policial, onde disse que "o bandido havia atirado para se defender".[10] A estreia do novo time ocorreu em 2 de setembro,[11] e ainda no mesmo mês, o diretor brasileiro do Twitter, Leonardo Stamilo, passou a participar do Café com Jornal comentando os principais assuntos que movimentaram a semana na rede social.[12]

Em 24 de janeiro de 2018, Kalinka Schütel deixou a emissora após ser contratada pela Rede Globo,[13] e a coluna de esportes do Café com Jornal passou a ser feita por Bernardo Ramos, jornalista da BandNews FM. Com a estreia da nova programação matinal da Band em 8 de março,[14] o Café com Jornal passou a ir ao ar entre 7h e 8h30, tendo uma diminuição no tempo de arte de sua exibição em rede nacional, que passou a ser de apenas meia-hora.

Em 15 de junho, Julia Duailibi deixou a Band após ser contratada pela GloboNews, onde passaria a fazer parte do telejornal matinal GloboNews em Ponto.[15] Para seu lugar, Laura Ferreira foi novamente convocada para assumir a bancada ao lado de Luiz Megale, a partir de 19 de junho.[16] Porém, em 9 de agosto, a emissora efetivou a repórter Joana Treptow à frente do programa, e Laura passou a condição de apresentadora eventual do Café com Jornal, perdendo o posto de titular pela segunda vez em menos de um ano.[17]

Em 2 de outubro, Larissa Erthal entrou para a equipe do telejornal, passando a revezar-se na coluna de esportes com Bernardo Ramos.[18] No início de 2019, após o cancelamento do programa Cozinha do Bork e a ida do Pague Menos Sempre Bem para o SBT, o Café com Jornal ganhou mais 30 minutos de duração, passando a ir ao ar entre 7h e 9h.[19] Em 11 de fevereiro, Ricardo Boechat fez sua última coluna no Café com Jornal, já que horas depois, ele falecera num acidente de helicóptero. No dia seguinte, o jornal fez várias homenagens ao apresentador.

Ameaça de cancelamento e mudança de horário[editar | editar código-fonte]

Com as fracassadas tentativas de reformulação do Café com Jornal, a Rede Bandeirantes começou a estudar ainda no primeiro semestre de 2018 um novo projeto de telejornal matinal.[20] No início de 2019, começaram a ser feitos pilotos com o apresentador eventual do Brasil Urgente, Joel Datena e a âncora do Café com Jornal, Joana Treptow. Em março, a direção da emissora anunciou oficialmente o cancelamento do Café com Jornal e a sua substituição por uma reedição do Primeiro Jornal, que foi o mesmo telejornal que o antecedeu em 2014.[21][22] No entanto, após vários adiamentos, a emissora desistiu de substituir o Café com Jornal e optou por estrear um novo telejornal local para São Paulo, deixando o programa em rede nacional.[23] Com a estreia do Bora São Paulo e do Notícias da Redação (exibido via satélite e nas afiliadas onde não há programação local), no ar entre 7h e 9h, o Café com Jornal passou a ter início às 5h, mantendo sua duração regular.[24]

Apresentadores[editar | editar código-fonte]

Titulares[editar | editar código-fonte]

Eventuais[editar | editar código-fonte]

  • Laura Ferreira (desde 2017)
  • Juliano Dip (desde 2017)[25][26]
  • Marina Machado (desde 2018)
  • Mauro Soares (desde 2017)

Ex-apresentadores[editar | editar código-fonte]

Recepção e crítica[editar | editar código-fonte]

Audiência[editar | editar código-fonte]

O Café com Jornal estreou com média de meio ponto de audiência, segundo os números válidos pelo Ibope na Grande São Paulo.[27][28] O número é a mesma média em que o seu antecessor Primeiro Jornal costumava marcar durante sua exibição.[27][28]

Avaliação crítica[editar | editar código-fonte]

Jeff Benício, do portal Terra, comparou as notícias exibidas pelo telejornal com as que são veiculadas no Brasil Urgente, noticiário também exibido pela Band.[29] Benício também destacou que o jornal repete uma formula já usada em outros noticiários, como informações sobre o trânsito e previsão do tempo.[29] Já o portal UOL comparou o telejornal com o antigo formato do Tudo a Ver, da Record, à época em que era apresentado por Paulo Henrique Amorim, Patrícia Maldonado e Janine Borba.[4] Reforçou ainda a ideia de unificação dos meios de comunicação do Grupo Bandeirantes, como quando Ricardo Boechat e José Simão fizeram uma participação no jornal e que o jornal agradou a telespectadores que viam o programa enquanto usavam a internet.[4]

Referências

  1. a b c Pacheco, Paulo (3 de maio de 2014). «Novo jornal da Band terá café na mesa e competição de jornalistas». Notícias da TV - UOL. Consultado em 6 de maio de 2014 
  2. a b «Band estreia noticiário Café com Jornal». Meio & Mensagem. 2 de maio de 2014. Consultado em 5 de maio de 2014 
  3. a b c «"Café com Jornal" estreia nesta segunda-feira». Band.com.br. 4 de maio de 2014. Consultado em 6 de maio de 2014 
  4. a b c «Novo jornal da Band lembra "Tudo a Ver", da Record, mas agrada internautas». UOL. 5 de maio de 2014. Consultado em 6 de maio de 2013 
  5. a b «Luiz Bacci assumirá 'Café com Jornal' após fim do 'Tá na Tela'». Veja São Paulo. 5 de dezembro de 2014. Consultado em 22 de abril de 2019 
  6. Castro, Daniel (25 de março de 2015). «Depois de dez meses, Band propõe rescisão de contrato a Luiz Bacci». Veja São Paulo. Consultado em 22 de abril de 2019 
  7. Falcheti, Fabrício (31 de março de 2015). «Band reduzirá estrutura do "Café com Jornal" em 85%; Aline Midlej sai». NaTelinha - UOL. Consultado em 19 de março de 2016 
  8. Perline, Gabriel (17 de outubro de 2016). «Mauro Soares retorna ao 'Café com Jornal'». O Estado de S. Paulo. Consultado em 24 de abril de 2019 
  9. Ricco, Flávio (7 de agosto de 2017). «"Café com Jornal" muda e ganha nova apresentadora: Julia Duailibi». UOL. Consultado em 7 de agosto de 2017 
  10. «Repercussão negativa com o público fez Band dispensar jornalista do Café com Jornal». Observatório da Televisão. 10 de agosto de 2017. Consultado em 23 de abril de 2019 
  11. «"Café com Jornal" estreia nova formação». Band.com.br. 31 de agosto de 2017. Consultado em 11 de outubro de 2017 
  12. Falcheti, Fabrício (28 de setembro de 2017). «Band e Twitter anunciam parceria para quadro semanal no "Café com Jornal"». NaTelinha - UOL. Consultado em 10 de dezembro de 2017 
  13. Ricco, Flávio (24 de janeiro de 2018). «Kalinka Schutel é a mais nova baixa no esporte da Bandeirantes». UOL. Consultado em 24 de janeiro de 2018 
  14. Safner, Cadu (27 de fevereiro de 2018). «Band faz festa de lançamento da nova programação com um pacotão de novidades». Observatório da Televisão. Consultado em 23 de abril de 2019 
  15. Ricco, Flávio (15 de junho de 2018). «Julia Duailibi troca Band pela GloboNews». UOL. Consultado em 15 de junho de 2018 
  16. Ricco, Flávio (19 de junho de 2018). «Laura Ferreira é a nova titular do "Café com Jornal" na Band». UOL. Consultado em 19 de junho de 2018 
  17. Souza, Gabriel (9 de agosto de 2018). «Apresentadora perde vaga de titular pela 2ª vez em um ano em telejornal da Band». NaTelinha - UOL. Consultado em 10 de agosto de 2018 
  18. «Band: Pupila de Milton Neves, Larissa Erthal renova e estreia em telejornal». UOL. 2 de outubro de 2018. Consultado em 2 de outubro de 2018 
  19. Nascimento, Sandro (26 de dezembro de 2018). «Band perde anunciante para o SBT e amplia sua sessão de desenhos». NaTelinha - UOL. Consultado em 23 de abril de 2019 
  20. «Band estaria preparando novo telejornal integrado ao rádio». Portal Alta Definição. 9 de maio de 2018. Consultado em 23 de abril de 2019 
  21. Safner, Cadu (4 de março de 2019). «Fim da linha! Café com Jornal é extinto na Band». Observatório da Televisão. Consultado em 4 de março de 2019 
  22. Ricco, Flávio (13 de março de 2019). «Band define título do novo jornal das manhãs». UOL. Consultado em 13 de março de 2019 
  23. Perline, Gabriel (21 de maio de 2019). «Nova reviravolta faz Joel Datena perder espaço na programação da Band». Notícias da TV - UOL. Consultado em 25 de maio de 2019 
  24. Lucas, Naian (1 de agosto de 2019). «Band investe mais em jornalismo com filho de Datena, jornal em rede e boletins». NaTelinha - UOL. Consultado em 13 de agosto de 2019 
  25. «Band prepara ex-CQC para apresentar jornal das manhãs - Entretenimento - BOL Notícias». noticias.bol.uol.com.br. Consultado em 10 de dezembro de 2017 
  26. «Globo estica próxima temporada de "Malhação" antes mesmo de estreia» 
  27. a b João Gabriel Batista (6 de maio de 2014). «"Café com Jornal" não empolga e estreia quase sem audiência na Band». NaTelinha. UOL. Consultado em 6 de maio de 2014 
  28. a b Fernando Oliveira (5 de maio de 2014). «Novo matinal da Band, 'Café com Jornal' não levanta audiência da emissora e empata com a TV Cultura». Mundo da TV. R7. Consultado em 6 de maio de 2014 
  29. a b Jeff Benício (5 de maio de 2014). «Mesmo sem inovação, 'Café com Jornal' faz boa estreia». Terra. Consultado em 6 de maio de 2014 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]