Televisão em cores

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Televisores com imagem de cor.

Televisão em cores (pt-BR) ou televisão a cores (pt-PT) refere-se à tecnologia de radiodifusão de sinal de televisão e à reprodução de imagens em movimento a cores.

Na forma básica, a difusão de cor pode ser criada pela emissão combinada de três imagens monocromáticas, uma em cada banda de vermelho, verde e azul (RGB). Quando em veloz sucessão, estas cores misturam-se para produzir um cor tal como apreciado pelo sentido da visão das pessoas. Um dos grandes desafios técnicos na introdução de cor era o desejo de reduzir a elevada largura de banda, três vezes superior à padronizada para a televisão a preto e branco, para algo mais aceitável que não utilizasse a maior parte do espectro de rádio. Após pesquisas, a NTSC introduziu um sistema de codificação da informação de cor de forma separada do brilho, e reduziu a resolução da informação sobre cor para conservar a largura de banda.

Introduzida nos Estados Unidos na década de 1950, apenas alguns anos depois das emissões a preto e branco estarem padronizadas, os altos preços dos televisores e a falta de material para aproveitar a nova tecnologia fizeram demorar a sua aceitação no mercado. Só em finais da década de 1960 é que os televisores a cores se começaram a impor no mercado, sobretudo devido ao sistema Porta-Color da General Electric em 1966. Na década seguinte, os televisores a cores tornaram-se os mais comuns, tendo havido a padronização do sistema.

Na Europa, a padronização pelo sistema PAL só estaria feita na década de 1960, e as emissões começaram em 1966. Por esta altura, muitos dos problemas nos televisores mais antigos já estavam resolvidos, e a divulgação do sistema de cores na Europa foi bastante rápida.

No Brasil, a primeira transmissão de TV a cores, aconteceu em 1970, da Copa do Mundo de Futebol no México.[1][2]

Em Portugal, as primeiras transmissões experimentais foram feitas durante a cobertura das eleições presidenciais portuguesas de 1976. No entanto, a introdução efetiva de transmissão a cores deu-se na emissão dos Jogos sem Fronteiras em 1979, passando as emissões a serem feitas integralmente a cores a partir de 7 de março de 1980.[3]

A mais recente mudança para sistemas puramente digitais na difusão nos Estados Unidos fez terminar a compatibilidade dos televisores mais antigos, que durou cerca de 60 anos.

Ver também[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. Memória Globo (28 de outubro de 2021). «Copa do Mundo do México 1970». Memória Globo. Consultado em 13 de abril de 2022 
  2. Thell de Castro (02 de junho de 2014). «Copa de 1970 foi em cores». UOL Notícias da TV. Consultado em 13 de abril de 2022  Verifique data em: |data= (ajuda)
  3. Portugal, Rádio e Televisão de. «Emissões a cores da RTP começaram há 32 anos». Emissões a cores da RTP começaram há 32 anos. Consultado em 22 de fevereiro de 2022 
  • Este artigo foi inicialmente traduzido, total ou parcialmente, do artigo da Wikipédia em inglês, cujo título é «Color television».