CBN Diário

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book-4.svg
Esta página ou secção cita fontes confiáveis e independentes, mas que não cobrem todo o conteúdo, o que compromete a verificabilidade (desde fevereiro de 2017). Por favor, insira mais referências no texto. Material sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)
CBN Diário
{{{alt}}}
Diário da Manhã Ltda.
País Brasil
Frequência(s) AM 740 kHz
Sede Bandeira de Florianópolis.svg Florianópolis, SC
Slogan A rádio que toca notícia
A rádio da torcida (esportes)
Fundação 30 de janeiro de 1955 (64 anos)
Fundador Irineu Bornhausen
Pertence a NSC Comunicação
Proprietário(s) Carlos Sanchez
Antigo(s) proprietário(s) Irineu Bornhausen (1955-1974)
Jorge Bornhausen (1974-1981)
Maurício Sirotsky Sobrinho (1981-1986)
Jayme Sirotsky (1986-2012)
Eduardo Sirotsky Melzer (2012-2016)
Sócio(s) Carlos Sanchez
Marcus Sanchez
Leonardo Sanchez
Formato Comercial
Gênero Jornalismo e Esportes
Faixa etária Público de 30 a 75 anos
Afiliações CBN
Idioma (português brasileiro)
Prefixo ZYJ 753
Nome(s) anterior(es) Rádio Diário da Manhã (1955-1996)
Emissoras irmãs
Cobertura Grande Florianópolis e áreas próximas
Coord. do transmissor 27° 29' 30.6" S 48° 38' 46.1" O
Dados técnicos Potência: 10 kW
Webcast Ouça ao vivo
Página oficial cbndiario.com.br/sc

CBN Diário é uma emissora de rádio brasileira sediada em Florianópolis, capital do estado de Santa Catarina. Opera no dial AM, na frequência 740 kHz, e é afiliada à CBN. Integra a NSC Comunicação, sendo fundada em 1955 como Rádio Diário da Manhã pela família Bornhausen. Seus estúdios estão localizados no Morro da Cruz, e seus transmissores estão no Dalmolin, em Biguaçu.

História[editar | editar código-fonte]

A Rádio Diário da Manhã foi fundada no dia 30 de Janeiro de 1955, com apresentações festivas no auditório instalado no 1º andar do prédio-sede do Banco Inco, que pertencia à família Bornhausen, antiga proprietária da rádio.

No final da década de 1970 e início da década de 1980, a família Bornhausen começa a ter desinteresse aos negócios de comunicação. Nisso, as concessões foram vendidas, passando a emissora de ondas curtas para o Pastor Matheus iensen, de uma das igrejas protestantes. A de ondas médias e a de frequência modulada passam para as mãos do Grupo RBS. Neste caso, o Grupo RBS faz algumas mudanças, tentando uma programação híbrida, misturando programas populares, apresentados por Nabor Prazeres e Walter Filho com jornalismo.

Finalmente, na década de 1990, a Rádio Diário da Manhã torna-se afiliada da Central Brasileira de Notícias, tornando-se uma rádio que toca notícias 24h por dia, adotando o nome de CBN Diário (CBN por causa da rede da qual é afiliada e Diário, para manter o nome que era tradicionalmente conhecido pelo povo da antiga Rádio Diário da Manhã). Em 7 de março de 2016, a CBN Diário é vendida ao Grupo NC assim como as demais operações sob a marca RBS no estado,[1] porém segue com o mesmo nome e também como afiliada à CBN.

Programas e comunicadores[editar | editar código-fonte]

  • CBN Diário Esportes (Paulo Branchi)
  • Debate Diário (Roberto Alves)
  • Direto da Redação (Renato Igor)
  • Estúdio CBN (Renato Igor)
  • Futebol na CBN Diário (Paulo Branchi e equipe)
  • Futebol Show (Rodrigo Faraco e equipe)
  • Notícia na Manhã (Mário Motta)
  • Noticiários locais (durante a programação)

Equipe esportiva[editar | editar código-fonte]

  • Paulo Branchi e Salles Júnior, narradores;
  • Roberto Alves, Rodrigo Faraco, Chico Lins e Leandro Lessa, comentaristas;
  • Janniter de Cordes, Kadu Reis e Mateus Boaventura repórteres; Luiz Gonzaga, plantão esportivo;
  • Márcio Serafini, coordenação geral

Referências

  1. Carlos Massaro; Daniel Starck; Roberto Sagebin (7 de março de 2016). «Em comunicado, Grupo RBS confirma venda das operações de mídia em Santa Catarina». TudoRádio.com. Consultado em 23 de fevereiro de 2017 

Ver também[editar | editar código-fonte]

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Ícone de esboço Este artigo sobre Rádio é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.