Mayana Neiva

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Mayana Neiva
Mayana Neiva em 2011
Nome completo Mayana Maria Ramos Neiva
Nascimento 15 de maio de 1983 (38 anos)
Campina Grande, PB
Estatura 1,71m[1]
Ocupação
Período de atividade 2001–presente
Principais trabalhos Desireé em Ti Ti Ti
Elisa/Maria do Amparo, em Amor Eterno Amor
Charlene, em Sangue Bom
Página oficial
www.mayananeiva.com

Mayana Maria Ramos Neiva (Campina Grande, 15 de maio de 1983) é uma atriz brasileira. Foi Miss Paraíba em 2003.[2][3] Ficou conhecida nacionalmente por interpretar a modelo Desireé em Ti Ti Ti, Maria do Amparo em Amor Eterno Amor, Leandra em O Outro Lado do Paraíso e a delegada Carolina Ramalho na série Rotas do Odio.

Biografia[editar | editar código-fonte]

Filha do industrial gráfico Vladmir Neiva e da funcionária pública Magdala Ramos, a atriz, que nasceu em Campina Grande, tem duas irmãs mais novas.[4]

Mayana estudou no colégio Nossa Senhora de Lourdes, uma rígida escola de freiras só para mulheres, na Paraíba.[5] Aos quinze anos deixou sua cidade natal, no agreste paraibano, para fazer high school nos Estados Unidos.[6] Lá começou a atuar e descobriu a vocação para ser atriz,[7] aproveitando a temporada americana para cursar drama, pela Universidade de São Francisco, na Califórnia.[7]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como Miss[editar | editar código-fonte]

Com dezenove anos, após voltar dos Estados Unidos, Mayana é descoberta enquanto representava em uma peça de teatro pela organização do certame Miss Paraíba, que a convence a participar do concurso. Ela então é coroada Miss Campina Grande 2003 pelo concurso Beleza Paraíba. Na etapa estadual, vence e torna-se a Miss Paraíba do mesmo ano.[2][3] O título a levaria a representar o estado no Miss Brasil 2003, em São Paulo,[8] mas ela não se classifica entre as semifinalistas. Em 2004, a atriz se muda de vez para São Paulo, objetivando maior crescimento na carreira de atriz.

Como atriz[editar | editar código-fonte]

Ex-integrante do grupo de teatro do diretor Antunes Filho,[6] sua estreia na televisão se deu em 2007 com a minissérie A Pedra do Reino.[6] Contudo, Mayana veio mesmo a se destacar como Karina na minissérie Queridos Amigos, em 2008.[6] O convite para essa minissérie veio da autora Maria Adelaide Amaral, que conhecia seu trabalho no teatro com Antunes Filho.

Em 2010, a atriz fez sucesso interpretando a personagem Desireé Oliveira na versão de 2010 da novela Ti Ti Ti, na Rede Globo.[7] Em 2011 Mayana fez uma participação na novela Cordel Encantado, na qual ela deu vida a cineasta Vicentina Celeste.[9] No ano seguinte, 2012, ela entra para o elenco da minissérie Dercy de Verdade, em que foi a artista de teatro Olímpia.[10] Já na novela Amor Eterno Amor interpretou a grande vilã Maria do Amparo, uma farsante e ambiciosa que se passou por Elisa Campos.[11]

Em 2013, a atriz protagonizou o curta-metragem O Tempo que Leva, que participou de mais que dez festivais nacionais e internacionais, levando prêmios como o de melhor curta no Festival de Cine Latinoamericano de La Plata, na Argentina, e melhor direção de arte no Festival Curta Coremas, na Paraíba, bem como no Florianópolis Audiovisual Mercosul. Também nesse mesmo ano esteve no elenco da novela global Sangue Bom, na qual interpretou a decidida Charlene.[12][3]

Na TV Argentina protagonizou a série Encerrados em 2015 de Benjamin Avila e Marcelo Muller. Em 2016 protagonizou sua primeira produção americana Idee Fixe, de Andrew Bell, em Cannes. Compõe o coletivo artístico de cinema Apartment 929 em Nova Iorque (EUA).[13] Em 2017 retornou à televisão na novela O Outro Lado do Paraíso, com a personagem que foi sucesso de público e crítica Leandra.[14] Em 2018, roda o filme Águas Selvagens, uma coprodução entre o Brasil e a Argentina.[15]

Vida pessoal[editar | editar código-fonte]

Em 2009, formou-se em Filosofia pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo,[5] e em agosto de 2011 lançou seu primeiro livro, intitulado Sofia, de cunho infantil.[4] Em meados de 2012 a atriz passou a viver um relacionamento à distância com o chef americano Rich Torrisi, que tem um restaurante em Nova Iorque.[16] Em virtude do namoro, mudou em 2014 para Nova Iorque onde pretende consolidar uma carreira internacional.[17][18] O relacionamento durou até 2017 e Mayana voltou a viver no Brasil. Atualmente, Mayana está solteira.[19]

Filmografia[editar | editar código-fonte]

Televisão[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota
2007 A Pedra do Reino Heliana Swendson / Onça Caetana
2008 Queridos Amigos Karina Episódio: "23 de março"
2009 Som & Fúria Fada Madrinha Episódio: "7 de julho"
2010 Dalva e Herivelto Conceição Sílvia Torelly
Ti Ti Ti Desirée Oliveira Bianchi
2011 Batendo Ponto Vitória Guimarães Episódio: "8 de maio"
Cordel Encantado Vicentina Celeste Episódio: "23 de setembro"
2012 Dercy de Verdade Olímpia
Amor Eterno Amor Maria do Amparo Vieira / falsa Elisa
2013 Sangue Bom Charlene de Carvalho Rabelo
2017 O Outro Lado do Paraíso Leandra
O Hipnotizador[20] Mariela Episódio: "17 de dezembro"
2018-presente Rotas do Ódio Carolina Ramalho Série Universal TV
2018 Encerrados Prostituta[21] Episódio: "2"
2019 A Vida Secreta dos Casais Cassandra Louvado Tavares 10 episódios
Éramos Seis Karine Assad
2021 Temporada de Verão Vilma Netflix

Cinema[editar | editar código-fonte]

Ano Título Papel Nota
2009 Os Normais 2 - A Noite mais Maluca de Todas Francesa
2013 Infância Clandestina Carmem
2014 O Tempo que Leva Jamila Curta-metragem
2015 O Vendedor de Passados Stela
2016 Para a Minha Amada Morta Raquel[22]
Idée Fixe Oja Kadar Curta-metragem
2018 Beiço de Estrada Dora[23]
2020 Águas Selvagens Rita Azucena de Benítez
2021 O Silêncio da Chuva Rose Silveira

Teatro[editar | editar código-fonte]

Ano Título
2001 Hello Boy!
2002 Paixão de Cristo: O Auto de Deus
2003 A Cantora Careca
2009 Olerê! Olará!
2014 Cowboy mouth

Prêmios e indicações[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado Ref
2001 Mostra Estadual de Teatro e Dança da Paraíba Atriz Revelação Hello Boy Venceu
Festival de Teatro de Guaçuí - ES Melhor Atriz Indicada
2008 Prêmio Contigo! de TV Atriz Revelação Queridos Amigos Indicada [24]
2010 Prêmio Qualidade Brasil Ti Ti Ti Venceu [25]
Melhores do Ano Atriz Revelação Venceu
2011 Prêmio Contigo! de TV Melhor Atriz Coadjuvante Indicado [26]
2014 Festival Cinema com Farinha Melhor Atriz O Tempo Que Leva Venceu
2016 Festival Guarnicê de Cinema Para Minha Amada Morta Venceu

Enquetes digitais[editar | editar código-fonte]

Ano Prêmio Categoria Trabalho Resultado
2017 Festival Guarani de Cinema Atriz Coadjuvante Para Minha Amada Morta Indicado

Referências

  1. «Mayana Neiva é capa da Boa Forma de agosto». BOL. 9 de agosto de 2013. Consultado em 9 de abril de 2020 
  2. a b Da redação (2012). «Miss Brasil Mundo – Paraíba». Miss Brasil Mundo. Consultado em 22 de abril de 2013 
  3. a b c Da redação (13 de março de 2013). «Mayana Neiva vira mulherão em ensaio ousado». Revista Quem. Consultado em 22 de abril de 2013 
  4. a b Da redação (25 de agosto de 2011). «Autora Mayana Neiva». Portal Caras. Consultado em 23 de abril de 2013 
  5. a b Fabrício Pellegrino (5 de outubro de 2010). «Mayana Neiva: "Nossa educação precisa ser mais arejada"». Educar para Crescer. Consultado em 22 de abril de 2013 
  6. a b c d Aina Pinto (2008). «A jovem atriz paraibana será protagonista da nova minissérie da rede globo, queridos amigos». Istoé Gente. Consultado em 22 de abril de 2013 
  7. a b c «Conheça Mayana Neiva, a estreante que está roubando a cena em 'Ti-ti-ti'». Ego – Globo.com. 15 de agosto de 2010. Consultado em 22 de abril de 2013 
  8. Erro de citação: Etiqueta <ref> inválida; não foi fornecido texto para as refs de nome Miss Brasil
  9. «Mayana Neiva entra em 'Cordel Encantado'». Área Vip. 8 de agosto de 2011. Consultado em 23 de junho de 2016 
  10. Carla Bittencourt (12 de dezembro de 2011). «Mayana Neiva será uma artista de teatro de revista em 'Dercy de verdade'». Extra. Globo.com. Consultado em 24 de dezembro de 2011 
  11. TV Globo (2011). «Amor Eterno Amor». Central Globo. Consultado em 22 de abril de 2013 
  12. Da redação (25 de março de 2013). «Sangue Bom: Joaquim Lopes e Mayana Neiva estão na nova novela». Central Globo. Consultado em 22 de abril de 2013 
  13. «Carreira internacional: Mayana Neiva estrela filme nos EUA». Jornal da Paraíba. 26 de janeiro de 2016. Consultado em 15 de maio de 2021 
  14. «Mayana Neiva retorna à TV em 'O Outro Lado do Paraíso' após quatro anos». Gshow.com. Consultado em 22 de setembro de 2017 
  15. «O filme "Águas Selvagens" inicia filmagens, em coprodução com a Argentina». Paranashop. Consultado em 23 de abril de 2013 
  16. Clara Passi (7 de abril de 2013). «Mayana Neiva faz piercing e fala do namoro com chef americano». Patricia Kogut – O Globo. Consultado em 23 de abril de 2013 
  17. Da redação (3 de dezembro de 2014). «Mayana Neiva se muda para Nova York: «decisão difícil»». Revista Caras. Consultado em 14 de abril de 2015 
  18. Da redação (28 de janeiro de 2015). «Paraibana Mayana Neiva mostra imagens de neve em Nova York». TV Cabo Branco – GShow. Consultado em 14 de abril de 2015 
  19. Dia, O (9 de março de 2018). «Mayana Neiva: 'Fiz um curso de astrofísica e queria muito ser cientista'». O Dia - Leo Dias 
  20. Mayana Neiva estará na nova temporada de 'O Hipnotizador
  21. Mayana Neiva rodará na Argentina o telefilme “Encerrados”, de Benjamin Avila e Marcelo Müller.
  22. KOGUT, Patrícia (março de 2014). «Mayana Neiva será evangélica em filme». O Globo. Consultado em 26 de maio de 2019 
  23. «'Beiço de Estrada': Filme de cajazeirense conta com elenco de estrelas e romance com Mayana». Diário do Sertão. Consultado em 26 de maio de 2019 
  24. Da redação (18 de maio de 2011). «Prêmio de TV». Contigo.com.br. Consultado em 23 de abril de 2013 
  25. «Categoria Televisão - 2010 - Prêmio Arte Qualidade Brasil». Prêmio Qualidade Brasil. Consultado em 24 de janeiro de 2018 
  26. «Confira os vencedores do Prêmio Contigo de televisão». Ofuxico. 18 de maio de 2011. Consultado em 24 de fevereiro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]