A Moça Que Veio de Longe

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita fontes confiáveis e independentes, o que compromete sua credibilidade (desde outubro de 2015). Por favor, adicione referências e insira-as corretamente no texto ou no rodapé. Conteúdo sem fontes poderá ser removido.
Encontre fontes: Google (notícias, livros e acadêmico)

A Moça Que Veio de Longe foi uma telenovela brasileira produzida pela extinta TV Excelsior, às 19h00, no período de maio a julho de 1964, escrita por Ivani Ribeiro e dirigida por Dionísio Azevedo, baseada no original de Abel Santa Cruz.

Sinopse[editar | editar código-fonte]

O amor impossível entre uma moça pobre e um homem rico. A empregada doméstica Maria Aparecida se apaixona pelo filho de seu patrão, Raul, e os dois têm que enfrentar os preconceitos para ficarem juntos.

Elenco[editar | editar código-fonte]

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Broom icon.svg
Se(c)ções de curiosidades são desencorajadas pelas políticas da Wikipédia.
Ajude a melhorar este artigo, integrando ao corpo do texto os itens relevantes e removendo os supérfluos ou impróprios (desde outubro de 2009).
  • A Moça Que Veio de Longe foi a primeira telenovela a atender os anseios dos telespectadores, que queriam um destino feliz para a mocinha, Maria Aparecida, interpretada por Rosamaria Murtinho, em sua estreia na televisão.
  • Foi a estreia de Hélio Souto, que vinha do cinema, fazendo o par romântico com Rosamaria, que passou a dividir com Tarcísio Meira e Carlos Zara o título de galã da televisão na época.
  • Ivani Ribeiro transgrediu o original argentino e assumiu totalmente a condução da trama, acrescentando mais capítulos e dando desfechos diferentes aos personagens.
  • Com essa história, Ivani Ribeiro assumiu o posto de principal escritora de teledramaturgia no Brasil naquela época.
  • Em 25 de julho de 1964, a Excelsior promoveu a "Grande Noite de Autógrafos" no Ginásio do Pacaembu, em São Paulo, com as estrelas de A moça que veio de longe.
  • Depois do sucesso em São Paulo, a telenovela foi exibida na TV Excelsior do Rio de Janeiro, e o último capítulo foi encenado ao vivo no palco do programa "A cidade se diverte", em 17 de agosto de 1964. A orquestra deveria dar a deixa para as bailarinas entrarem e o par romântico terminar com o beijo, mas a orquestra não tocou e Rosamaria Murtinho e Hélio Souto tiveram que prolongar o beijo por mais de um minuto!.
Ícone de esboço Este artigo sobre telenovelas é um esboço. Você pode ajudar a Wikipédia expandindo-o.