Os Adolescentes

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Os Adolescentes
Os Adolescentes
Informação geral
Formato Telenovela
Gênero Drama adolescente
Duração 45 minutos
Criador(es) Ivani Ribeiro
Jorge Andrade
Elenco
País de origem Brasil Brasil
Idioma original português
Episódios 135
Produção
Diretor(es) Atílio Riccó
Tema de abertura "TiTiTi (Galinhagem)", Rita Lee (1.ª parte Capítulo 1.ª )

"Tanto Faz", Roupa Nova (2.ª parte Capítulos 2.ª e 134.ª)
Exibição
Emissora original Band
Formato de exibição 480i (SDTV)
Transmissão original 28 de setembro de 1981 – 2 de abril de 1982

Os Adolescentes é uma telenovela brasileira produzida e exibida pela Band entre 28 de setembro de 1981 e 2 de abril de 1982, em 135 capítulos, substituindo Dulcinéa Vai à Guerra e sendo substituída por Ninho da Serpente.[1] Escrita por Ivani Ribeiro e Jorge Andrade, supervisão de Antônio Abujamra, sob direção Emilio Di Biasi e direção geral de Atílio Riccó. Programada para dar seguimento ao horário das "novelas das sete", acabou estreando às 21h30.[2]

Conta com Júlia Lemmertz, Tássia Camargo, André De Biase, Flávio Guarnieri, Giuseppe Oristanio, Lília Cabral, Márcia de Windsor e Beatriz Segall nos papéis principais.

Produção[editar | editar código-fonte]

Enredo[editar | editar código-fonte]

No Rio de Janeiro, a história acompanha os problemas de quatro amigos adolescentes de 15 anos: Bia, Majô, Joca e Caíto. Bia engravidou de um estrangeiro e agora enfrenta o dilema de abortar ou não, embora Leonardo, que sempre foi apaixonado por ela, esteja disposto a assumir o filho para despeito da venenosa Marcela, que nunca teve uma chance com ele e odeia a rival. Majô é apaixonada por seu jovem padrasto Túlio e vê a mãe Rachel como inimiga, embora elas nem imaginam que a primeira mulher dele morreu misteriosamente e a ex-cunhada Fernanda esteja disposta a tudo para provar a culpa dele.

Irmão de Bia, Joca aos poucos se afunda nas drogas, arruinando o casamento dos pais, Paula e Odilon. Já Caíto esconde ser gay e apaixonado pelo lutador Guilherme – que em dado momento também revela gostar dele – e viva sufocado pelas brigas dos pais Marilu e Dirceu e as confusões de sua hipocondríaca avó Cotinha. Ainda há o drama de Iracema, cujo filho Leonel morre num acidente de motocross e o mais novo Liminha quer seguir o mesmo esporte.[3]

Elenco[editar | editar código-fonte]

Ator/Atriz Personagem
Júlia Lemmertz Bianca Martins (Bia)
Tássia Camargo Maria Joana Vieira (Majô)
André De Biase Eduardo Martins (Doca)
Flávio Guarnieri Caíto Magalhães
Giuseppe Oristanio Leonardo
Lília Cabral Marcela
Kiko Guerra Pinheiro
Beatriz Segall Iracema Lima
Kito Junqueira Túlio Vieira
Márcia de Windsor Rachel Vieira
Selma Egrei Fernanda
Fábio Cardoso Joaquim
Norma Bengell Paula Martins
Paulo Villaça Odilon Martins
Carmem Silva Cotinha Magalhães
Imara Reis Marilu Magalhães
Roberto Maya Dirceu Magalhães
Antônio Petrin Moacir
Jairo Arco e Flexa Diogo Lima
Hugo Della Santa Bruno Lima (Liminha)
Beto Simas Guilherme
Déborah Seabra Rosário
Mayara Magri Gaby
Carlos Takeshi Jorge
Arlete Montenegro Clotilde Silva
Lúcia Mello Luciana Silva
Sônia Oiticica Conceição
Emílio di Biasi Lulu
Geny Prado Sônia
Borges de Barros Pedro
Teresa Campos Juraci
Paixão de Jesus Verônica
Zenaide Zen Solange
Alexandre Raymundo Marcos "Marquinhos"
Cláudio Corazza Paulo
Osvaldo Barreto Carlos
Tácito Rocha José Luiz "Zé Luiz"
Luiz Serra Fred
Fernanda Alvarenga Elvira
Eliza Gomes Eliza
Cacá DI Carmen Leila
Esmeralda Hannah Gomide
Arthur Leivas Arthur
Ricardo Graça Mello Michel
Paulo Weudes
Lucia Mattos Diná
Yeta Hansen Joyce
Regina Stravani Mariana
Tânia Audi Valquiria
Oswaldo Campozana Osmar
Hida Zerlott Isabel
Tuti Hungaro Ivete
Ana Maria Panhoca Gracita
Dani Patarra Kelly
Margot Ribas Stella
Antonie Rowles Miguel
Eduardo Menezes Theo
Wilson Santana Firmino
Raul Toledo Robson

Participações especiais[editar | editar código-fonte]

Intérprete Personagem
José Parisi Júnior Leonel Lima
Maria Helena Cardoso Ela mesma

Trilha sonora[editar | editar código-fonte]

Trilha sonora, nacional e internacional, da novela.[3]

Nacional[editar | editar código-fonte]

  1. "Tudo certo" - Boca Livre
  2. "Filho" - Erasmo Carlos
  3. "Agora só falta você" - Zizi Possi
  4. "Bem ou mal" - Renato Terra
  5. "O menino azul" - Aécio Flávio e Quartezanato (participação especial de Quarto Crescente)
  6. "Tanto faz" - Roupa Nova
  7. "Fico louco" - Itamar Assumpção
  8. "Até que ponto" - Elza Maria
  9. "Amor" - Ivan Lins (participação especial de Lucinha Lins)
  10. "Difícil entender" - Marcos Sabino
  11. "O clima da minha cidade" - Eliana
  12. "Adeus à dor" - Tunai
  13. "Amor sem fim" (Endless Love) - Flávio e Ederly

Internacional[editar | editar código-fonte]

  1. "I Left my Life in San Francisco" - Tony Bennett
  2. "Love Is a Many Splendored" - Ray Conniff
  3. "Tea for Two" - Doris Day
  4. "I Believe" - Frankie Laine
  5. "Tenderly" - Hi-Lo's
  6. "Cheek to Cheek" - Errol Garner
  7. "Cuando vuelva a tu lado" - Eydie Gorme e Trio Los Panchos
  8. "Blue Moon" - Les Elgart & Orchestra
  9. "It's Not for Me to Say" - Johnny Mathis feat. Ray Conniff and his Orchestra
  10. "Till" - Percy Faith & Orchestra
  11. "Unchained Melody" - Roy Hamilton
  12. "My Melancholy Baby" - Ella Fitzgerald feat. Teddy Wilson and his Orchestra
  13. "Stella by Starlight" - Frank Sinatra
  14. "The Shadow of Your Smile" - Andy Williams

Referências

  1. «Os Adolescentes». Teledramaturgia. 22 de abril de 2015. Consultado em 5 de maio de 2016 
  2. «Os Adolescentes: muito antes de Malhação, os dilemas dos jovens na TV». Observatório da Televisão. 28 de setembro de 2018. Consultado em 18 de outubro de 2019 
  3. a b «Os Adolescentes Resumo | Personagens | Trilha Sonora». Resumo das Novelas - Personagens -Trilha Sonora. Consultado em 18 de outubro de 2019 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

|- | | | |- | | | |- | | | |- | | | |}