Refilmagem

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Question book.svg
Esta página ou secção não cita nenhuma fonte ou referência, o que compromete sua credibilidade (desde agosto de 2012).
Por favor, melhore este artigo providenciando fontes fiáveis e independentes, inserindo-as no corpo do texto por meio de notas de rodapé. Encontre fontes: Googlenotícias, livros, acadêmicoScirusBing. Veja como referenciar e citar as fontes.

Refilmagem é o termo em português equivalente ao inglês remake (tradução literal: "refazer") e é a designação usada para novas produções e regravações de filmes, telenovelas, jogos, seriados ou outras produções do gênero de ficção. É quando se produz novamente uma história já conhecida do público e que já tivera uma produção anterior, ou mesmo mais de uma com ajustes mais modernos e tecnológicos. Os casos mais comuns são os de regravação de filmes (também chamado de refilmagem[1] [2] ), de telenovelas e de videogames.

Quando se faz um remake (que pode ser traduzido como "nova versão" ou "regravação"), não quer dizer que tudo tenha de ser exatamente como o original, segundo os profissionais de ficção na TV e no cinema. Assim sendo, é comum a troca de nome dos personagens, de ambientação das tramas, caracteres que são incluídos ou tirados, em comparação de uma versão com outra. São as chamadas "regravações atualizadas".

Na televisão brasileira, alguns exemplos de refilmagem são:

No cinema mundial, apesar de ocorrerem remakes de produções que foram sucesso de público e crítica no passado, muitas vezes ocorrem regravações de filmes lançados há poucos meses ou anos, ou de filmes de países diferentes. Um exemplo disso é The Ring (br: O Chamado; pt: O Aviso), de 2002, cujo o original Ringu foi produzido no Japão em 1998.

Animes e desenhos também são refeitos, baseando-se nas histórias originais, como é o caso de ThunderCats, baseado no original, e Dragon Ball Kai, remake de Dragon Ball Z.

Jogos que fizeram sucesso no passado são refeitos para os consoles mais recentes:

Ver também[editar | editar código-fonte]

Notas e referências