Filippo Inzaghi

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Filippo Inzaghi
Filippo Inzaghi
Filippo Inzaghi em 2011
Informações pessoais
Nome completo Filippo Inzaghi
Data de nasc. 9 de agosto de 1973 (45 anos)
Local de nasc. Placência, Emília-Romanha, Itália
Altura 1,81 m
Destro
Apelido Pippo, Superpippo, Alta Tensione
Informações profissionais
Equipa atual Itália Bologna
Posição Treinador (ex-Atacante)
Clubes de juventude
1985–1991 Itália Piacenza
Clubes profissionais1
Anos Clubes Jogos (golos)
1991–1995
1992–1993
1993–1994
1995–1996
1996–1997
1997–2001
2001–2012
Itália Piacenza
Itália AlbinoLeffe (emp.)
Itália Verona (emp.)
Itália Parma
Itália Atalanta
Itália Juventus
Itália Milan
0039 000(15)
0021 000(13)
0036 000(13)
0015 0000(2)
0033 000(24)
0120 000(57)
0300 000(229)
Seleção nacional3
1993–1996
1997–2006
Flag of Italy.svg Itália sub-21
Flag of Italy.svg Itália
0014 0000(3)
0057 000(25)
Times/Equipas que treinou3
2012–2013
2013–2014
2014–2015
2016–2018
2018–
Itália Milan Sub-17
Itália Milan Sub-20
Itália Milan
Itália Venezia
Itália Bologna

Filippo Inzaghi (Placência, 9 de agosto de 1973) é um treinador de futebol e ex-futebolista Italiano que atuava como atacante. Atualmente, é o treinador do Bologna.

Inzaghi começou a jogar pelo time de sua cidade, o Piacenza quando ainda era adolescente em 1991, mas fez apenas 2 jogos na Serie A e foi emprestado para a equipe da terceira divisão Leffe.

No Leffe ele fez impressionantes 13 gols em 21 jogos. e foi emprestado novamente, dessa vez pro Verona em 1993.

No Verona fez 13 gols em 36 pela Serie B.

Voltou para o Piacenza e fez 15 gols em 37 jogos pela Serie B e ajudou o time a vence-la.

Em 1995 transferiu-se para o Parma, mas fez apenas 2 gols em 15 jogos na Serie A daquela temporada.

Na temporada seguinte transferiu-se para a Atalanta e fez uma temporada excepcional, terminando como artilheiro da Serie A naquela temporada com 24 gols.

É irmão mais velho do também ex atacante Simoni Inzaghi.

Juventus[editar | editar código-fonte]

Inzaghi novamente mudou de equipe, dessa vez foi para a Juventus onde ficou 4 temporadas onde conquistou um "Scudetto" na temporada 1997-1998, mas perdeu a final da UEFA Champions League para o Real Madrid.

Milan[editar | editar código-fonte]

Se transferiu para o Milan em 2001 onde passou 11 anos vitoriosos e conquistou 2 Serie A: 2003-04 e 2010-11 2 UEFA Champions League nas temporadas 2002-2003 e principalmente a de 2006-2007 na qual fez 2 gols na final.

Em maio de 2012 anunciou sua saída do Milan, juntamente com os companheiros Alessandro Nesta e Gennaro Gattuso, todos com mais de 10 anos de clube. Fez sua despedida, e completou 300 jogos com a camisa do Milan, em 13 de maio, no estádio San-Siro, contra o Novara. Jogou cerca de 30 minutos, e marcou o gol da vitória rossonera, por 2-1.

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Inzaghi é considerado um dos maiores atacantes da história do futebol italiano, fez parte da Seleção Italiana de Futebol campeã da Copa do Mundo de 2006.

Treinador[editar | editar código-fonte]

Após se aposentar, tornou-se treinador das categorias de base do rossonero e assinou até 2014 como a equipe.[1]

Em 9 de junho de 2014, após dois anos treinando as categorias de base, foi designado treinador do time principal do Milan por dois anos, substituindo o ex-companheiro e também ídolo da torcida Seedorf.[2] Em 4 de Junho de 2015 foi demitido do Milan por maus resultados e também por motivos de revolução que passa a gestão do clube Rossonero

No dia 7 de junho de 2016, Filippo Inzaghi acertou com o Venezia.[3]

Estatísticas como treinador[editar | editar código-fonte]

Atualizado até 31 de maio de 2015.[4]

Clube Jogos Vitórias Empates Derrotas Aproveitamento
Milan 39 14 13 12 47%
Venezia 0 0 0 0 0%

Títulos[editar | editar código-fonte]

Piacenza
Juventus
Milan
Seleção Italiana

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações Externas[editar | editar código-fonte]

Precedido por
Clarence Seedorf
Técnico do Milan
20142015
Sucedido por
Siniša Mihajlović