Stephan El Shaarawy

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
El Shaarawy
ستيفان الشعراوي
El Shaarawy ستيفان الشعراوي
Stephan El Shaarawy em 2015, pela Seleção Italiana.
Informações pessoais
Nome completo Stephan Kareem El Shaarawy
Data de nasc. 27 de outubro de 1992 (27 anos)
Local de nasc. Savona, Itália
Nacionalidade italiano
egípcio
Altura 1,78 m
destro
Apelido Il Faraone
Pequeno Faraó
Informações profissionais
Clube atual Shanghai Shenhua
Número 22
Posição Atacante
Clubes de juventude
2005–2006
2006–2008
Legino
Genoa
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2008–2011
2010–2011
2011–2016
2015
2016
2016–2019
2019–
Genoa
Padova (emp.)
Milan
Monaco (emp.)
Roma (emp.)
Roma
Shanghai Shenhua
0003 0000(0)
0030 0000(9)
0102 000(27)
0024 0000(3)
0018 0000(8)
0121 000(32)
0018 0000(4)
Seleção nacional3
2008
2008–2009
2010
2010
2011–2012
2012–
Itália Sub-16
Itália Sub-17
Itália Sub-18
Itália Sub-19
Itália Sub-21
Itália
0008 0000(4)
0015 0000(1)
0003 0000(1)
0005 0000(1)
0005 0000(3)
0026 0000(6)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 26 de agosto de 2020.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 7 de outubro de 2020.

Stephan Kareem El Shaarawy, em árabe ستيفان الشعراوي (Savona, 27 de outubro de 1992), é um futebolista italiano de origem egípcia que atua como atacante. Atualmente joga no Shanghai Shenhua.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Nascido em Gênova, descendente de pai egípcio e de mãe italiana, El Shaarawy ingressou no clube da cidade, o Genoa, aos treze anos de idade.[1]

Genoa[editar | editar código-fonte]

No dia 21 de dezembro de 2008, quando tinha 16 anos e 55 dias de idade, ele fez sua estreia no time principal, jogando 10 minutos em uma partida contra o Chievo, fora de casa, tornando-se o quarto jogador mais jovem na história da Serie A.[2]

Padova[editar | editar código-fonte]

Em 27 de junho de 2010, ele foi emprestado ao Padova para a temporada 2010–11 da Serie B.[3] Em seu período de empréstimo em Pádua, ele rapidamente se tornou um jogador chave da equipe, levando o clube do Vêneto para as finais do playoff de promoção, onde em seguida, perdeu para o Novara.[4][5] Após boas atuações, despertou interesses de vários clubes europeus como Internazionale e Barcelona.[6]

Milan[editar | editar código-fonte]

El Shaarawy atuando pelo Milan.

No dia 25 de junho de 2011, El Shaarawy assinou pelo Milan.[7][8] Já no dia 18 de setembro, fez sua estreia pela equipe no Estádio San Paolo, em uma derrota por 3 a 1 para o Napoli, pela Serie A. Três dias mais tarde, depois de entrar no lugar do brasileiro Alexandre Pato, ele marcou seu primeiro gol pelo clube, garantindo assim um empate de 1 a 1 em casa contra a Udinese. Em seus primeiros seis meses no Milan, ele fez um total de sete jogos (apenas 175 minutos de tempo de jogo), levando a relatos na imprensa de que ele poderia ser emprestado para obter mais tempo de jogo e ajudar a sua progressão. No entanto, o diretor Adriano Galliani e o então treinador Massimiliano Allegri decidiram mantê-lo no clube. Foi então que suas performances no Milan começaram a melhorar, e que o levou a tornar-se um dos jovens mais cotados na Itália.[9]

No dia 23 de janeiro de 2012, El Shaarawy deu uma assistência para Robinho na vitória por 3 a 0 contra o Cesena na Serie A; essa foi a sua primeira assistência com a camisa dos rossoneri. Já no dia 8 de fevereiro, El Shaarawy marcou na derrota por 2 a 1 contra a Juventus, na primeira mão das meias-finais da Copa da Itália de 2011–12. Três dias depois, ele marcou na importante vitória contra a Udinese. Foi a primeira derrota da Udinese em casa na temporada.[10]

El Shaarawy ao lado de Robinho em um amistoso contra o Real Madrid.

Posteriormente, no dia 25 de julho, El Shaarawy renovou seu contrato com o Milan até 2017.[11]

Já no dia 3 de outubro, contra o Zenit, ele marcou seu primeiro gol na Liga dos Campeões, tornando-se assim, aos 19 anos e 342 dias, o mais jovem jogador do Milan a marcar na competição.[12] Posteriormente ele marcou dois gols em um clássico contra o Napoli, evitando assim a derrota do Milan. El Shaarawy continuou sua boa temporada ao marcar mais dois gols em uma partida contra o Catania, que terminou com vitória do Milan por 3 a 1. Marcou um gol contra a Juventus, mas sua equipe acabou sofrendo a virada e perdeu por 2 a 1, nas quartas-de-final da Copa da Itália.[13][14] No dia 24 de fevereiro, marcou o gol do Milan no empate por 1 a 1 com a Internazionale.[15][16][17][18] Já no dia 28 de fevereiro, renovou seu contrato com o Milan até 2018.[19][20]

Monaco[editar | editar código-fonte]

No dia 13 de julho de 2015, foi emprestado ao Monaco por uma temporada, com opção de aquisição ao final da mesma.[21]

Roma[editar | editar código-fonte]

No dia 26 de janeiro de 2016, a Roma anunciou a contratação de El Shaarawy por empréstimo. O contrato assinado entre as partes tem validade até 30 de junho de 2016.[22]

Após um bom rendimento, no dia 21 de junho ele foi contratado em definitivo pela Roma pelo valor de 13 milhões de euros.[23][24][25]

Shanghai Shenhua[editar | editar código-fonte]

Três anos depois, no dia 8 de julho de 2019, foi vendido ao Shanghai Shenhua, da China, por 18 milhões de euros (77 milhões de reais). O jogador assinou com a equipe por três temporadas.[26]

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Inicialmente, ele estava qualificado para jogar pela Seleção Egípcia, mas foi negado pelo então técnico Hassan Shehata, afirmando que "nem todos os egípcios que jogam numa liga estrangeira estão qualificados para jogar pela Seleção". Pela Seleção Egípcia, Shehata ganhou três Copas das Nações Africanas consecutivas e teve um bom desempenho na Copa das Confederações de 2009.[27] El Shaarawy então começou a jogar com a equipe Sub-17 da Itália, e disputou o Campeonato Europeu Sub-17 de 2009 e a Copa do Mundo Sub-17 de 2009.[28]

Ele fez sua estreia com a Seleção Italiana Sub-21 no dia 15 de novembro de 2011, em um jogo de qualificação contra a Hungria.[29]

Principal[editar | editar código-fonte]

Já no dia 15 de agosto de 2012, ele fez sua estreia pela Seleção Italiana principal, jogando como titular em um jogo amistoso contra a Inglaterra.[30] El Shaarawy marcou o seu primeiro gol no dia 14 de novembro de 2012, em um amistoso contra a França.[31][32]

Características[editar | editar código-fonte]

Assim que subiu aos profissionais, El Shaarawy era considerado uma grande promessa do futebol mundial. Ele joga principalmente como um ponta-esquerda, mas também pode jogar como meia-atacante ou até como falso 9. Ele é conhecido por sua capacidade de drible e excelente habilidade técnica. Também possui uma perna forte, já tendo marcado gols de fora da área. Ele também é um transeunte acima da média e cria espaço com um sólido primeiro toque.[33]

Seu estilo de jogo já atraiu comparações a grandes jogadores como Cristiano Ronaldo.[34] El Shaarawy citou Kaká como seu modelo de inspiração.[35] O ídolo rossoneri José Altafini comparou El Shaarawy ao brasileiro Neymar e ao craque argentino Lionel Messi: "El Shaarawy me faz lembrar de Neymar e Messi. Eles têm um baixo centro de gravidade. Eles jogam com a bola colada aos seus pés. Ele já provou que ele é um bom jogador, o importante não é... amassá-lo demais."[36]Kevin-Prince Boateng afirmou que El Shaarawy tinha potencial para preencher o vazio deixado por Zlatan Ibrahimović no Milan.[37]

Patrocinadores[editar | editar código-fonte]

Em 2012, El Shaarawy assinou um acordo de patrocínio com a americana e fornecedora de equipamentos, Nike. Ele apareceu em um anúncio da nova chuteira Nike Verde velocidade II ao lado de Mario Götze, Eden Hazard, Raheem Sterling, Christian Eriksen e Theo Walcott, em novembro de 2012.[38][39]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 15 de outubro de 2019.

Seleção Italiana[editar | editar código-fonte]

Ano
Jogos Gols
2012 3 1
2013 7 0
2014 1 0
2015 6 1
2016 3 1
2017 3 0
2019 1 1
Total 24 4

Títulos[editar | editar código-fonte]

Genoa
Milan
Shanghai Shenhua

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

  1. «Olivera lancia il Genoa Il Chievo sprofonda». Consultado em 19 de Janeiro de 2009 
  2. «Il baby talento Stephan El Shaarawy il primo volto nuovo del Padova 2010-11». Consultado em 11 de Junho de 2011. Arquivado do original em 16 de janeiro de 2014 
  3. «El Shaarawy extends Milan contract until 2017». Consultado em 25 de Julho de 2012 
  4. «OFFICIAL: Stephan El Shaarawy completes AC Milan transfer, Alexander Merkel moves to Genoa». Consultado em 25 de Junho de 2011 
  5. «El Shaarawy renews AC Milan deal». Consultado em 2 de Maio de 2012 
  6. «'Barcelona e Inter de Milão queriam El Shaarawy', revela agente do jogador». Consultado em 4 de Março de 2013 
  7. «El Shaarawy entra nella storia del Milan: è il suo marcatore più giovane in Champions». Consultado em 3 de Outubro de 2012 
  8. «GOAL.com - EUROPE». Consultado em 17 de Setembro de 2012 
  9. «Berlusconi: 'entre El Shaarawy e Cavani, escolho o primeiro'». Consultado em 5 de Janeiro de 2013 
  10. «El Shaarawy: O craque da moda». Correio da Manhã. 5 de janeiro de 2013. Consultado em 26 de abril de 2020 
  11. «El Shaarawy: I had a great first season at AC Milan». Consultado em 28 de Maio de 2013 
  12. «Seedorf pede para Milan não prejudicar El Shaarawy como fez com Pato». Terra. 24 de dezembro de 2012. Consultado em 26 de abril de 2020 
  13. «Juventus 2-1 (a.p.) Milan». oGol. 9 de janeiro de 2013. Consultado em 26 de abril de 2020 
  14. «Juventus elimina o Milan da Copa Itália, de virada e na prorrogação». oGol. 9 de janeiro de 2013. Consultado em 26 de abril de 2020 
  15. «Com as atenções voltadas para Balotelli, Milan e Inter ficam no 1 a 1». oGol. 24 de fevereiro de 2013. Consultado em 26 de abril de 2020 
  16. «Internazionale 1-1 Milan». oGol. 24 de fevereiro de 2013. Consultado em 26 de abril de 2020 
  17. «'Dérbi de Balotelli': atacante é centro das atenções em clássico de Milão». GloboEsporte.com. 24 de fevereiro de 2013. Consultado em 26 de abril de 2020 
  18. «No reencontro de Balotelli com Inter, clássico de Milão termina empatado». GloboEsporte.com. 24 de fevereiro de 2013. Consultado em 26 de abril de 2020 
  19. «Milan anuncia renovação com atacante El Shaarawy até 2018». Consultado em 27 de Fevereiro de 2013 
  20. «El Shaarawy prolonga contrato com o Milan até 2018». Consultado em 28 de Fevereiro de 2013 
  21. «El Shaarawy joins AS Monaco» (em inglês). Sítio oficial AS Monaco. 13 de julho de 2015. Arquivado do original em 16 de julho de 2015 
  22. «Após vender Gervinho, Roma anuncia atacante El Shaarawy». Terra. 26 de janeiro de 2016. Consultado em 26 de abril de 2020 
  23. «Roma anuncia compra de El Shaarawy junto ao Milan por 13 milhões de euros». GloboEsporte.com. 21 de junho de 2016. Consultado em 26 de abril de 2020 
  24. «L'AS Roma annuncia l'acquisizione a titolo definitivo di Stephan El Shaarawy». Consultado em 21 de junho de 2016 
  25. «Diretoria da Roma confirma a contratação definitiva de El Shaarawy». ESPN. 21 de junho de 2016. Consultado em 26 de abril de 2020 
  26. «Por R$ 77 milhões, Roma vende El Shaarawy para clube chinês». Terra. 8 de julho de 2019. Consultado em 26 de abril de 2020 
  27. «Fame and fortune elsewhere». Consultado em 14 de Junho de 2011 
  28. «El Shaarawi, Napoli e Tuia State attenti a questi tre». Consultado em 11 de Janeiro de 2009. Arquivado do original em 29 de julho de 2012 
  29. «AC Milan: 5 Reasons Stephan El Shaarawy Will Keep Improving This Season». Consultado em 14 de Janeiro de 2009 
  30. «England 2 - 1 Italy». Consultado em 30 de Janeiro de 2013 
  31. «AC Milan Can Build a New Dynasty Around El Shaarawy». Consultado em 2 de Março de 2009 
  32. «Bafetimbi Gomis netted France's winner in their friendly against Italy». Consultado em 14 de Novembro de 2012 
  33. «AC Milan: 5 Reasons Stephan El Shaarawy Will Keep Improving This Season». Consultado em 30 de Janeiro de 2013 
  34. «AC Milan Can Build a New Dynasty Around El Shaarawy». Consultado em 29 de Maio de 2013 
  35. «Stephan El Shaarawy: The Premier League is great, but I'd like to stay at AC Milan forever». Consultado em 21 de Maio de 2013 
  36. «Shevchenko: El Shaarawy reminds me of myself». Consultado em 2 de Junho de 2013 
  37. «Boateng: El Shaarawy can be the new Ibra». Consultado em 4 de Junho de 2013 
  38. «Nike announce #GS2SQUAD – Nike GS2 Boots Launch Imminent». Consultado em 26 de Novembro de 2012 
  39. «GS II Boots». Consultado em 29 de Novembro de 2012 
  40. «The 100 best footballers in the world - interactive» (em inglês). The Guardian 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

O Commons possui uma categoria contendo imagens e outros ficheiros sobre Stephan El Shaarawy