Campeonato Carioca de Futebol de 1909

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Campeonato Carioca de Futebol de 1909
Carioca 1909
Rio de Janeiro
Dados
Participantes 6
Período 2 de maio31 de outubro
Gol(o)s 155
Partidas 30
Média 5,17 gol(o)s por partida
Campeão Fluminense
Vice-campeão Botafogo
Melhor marcador Flávio Ramos (Botafogo) - 18 gols
Outras divisões
2ª divisão Não foi disputada
◄◄ Rio de Janeiro Carioca 1908 Soccerball.svg Carioca 1910 Rio de Janeiro ►►

O Campeonato Carioca de Futebol de 1909 foi o quarto campeonato de futebol do Rio de Janeiro. A competição foi organizada pela Liga Metropolitana de Sports Athléticos. O Fluminense somou mais pontos nos dois turnos e sagrou-se campeão invicto. O fluminense conquistou o tetracampeonato (1906, 1907, 1908 e 1909) e o bicampeonato invicto (1908 e 1909).[1][2][3]

Nesta temporada, em 30 de maio, ocorreu a maior goleada do campeonato carioca e do futebol brasileiro: Botafogo 24 a 0 no Sport Club Mangueira.[4][5]

Primeira divisão[editar | editar código-fonte]

Em 1909, o Fluminense tornou a conquistar o campeonato carioca sem derrota, portanto um bicampeonato invicto. Nesta temporada, o Fluminense voltou a aparecer com a camisa tricolor, usada no primeiro certame. O time, apesar de modificado, em relação aos certames anteriores, fez alarde de grande sentido de conjunto, fator preponderante outra vez. Para que chegasse ao bi, invicto. O Bangu retirou-se da Liga, não participando dos jogos do returno. E o Mangueira desistiu de disputar a fase final. O quadro campeão de 1909 tinha a seguinte escalação-base: Waterman; Victor Etchegaray e F. Frias; N. Macedo, Mutzembecker e Buchan; Wayman, Joaquim Costa Santos, Hargreaves, Emilio Etchegaray e A. Motta. O time colheu os seguintes resultados, no primeiro turno: Bangu, 9 a 0; America, 4 a 1; Haddock Lobo, 10 a 0; Riachuelo, 4 a 0; Mangueira, 6 a 0 e Botafogo, 2 a 2. No returno: Botafogo, 2 a 1; Haddock Lobo, 8 a 1; Riachuelo, 8 a 2; Mangueira, W.O; e America 1 a 1. O presidente do Fluminense era Antonio Vaz de Carvalho, que sucedera a Francis Walter.

Fórmula de disputa[editar | editar código-fonte]

O campeonato foi disputado por seis clubes em turno e returno, jogando todos contra todos. O clube que somou mais pontos foi o campeão. A vitória valia dois pontos e o empate um. O primeiro critério de desempate foi o menor número de derrotas.

Clubes participantes[editar | editar código-fonte]

O Bangu abandonou a competição após ter disputado três partidas[2]

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Fluminense 18 10 8 2 0 45 8 +37
2 Botafogo 16 10 7 2 1 53 6 +47
3 America 14 10 6 2 2 28 11 +17
4 Riachuelo 7 10 3 1 6 12 32 -20
5 Haddock Lobo 4 10 1 2 7 13 53 -40
6 Mangueira 1 10 0 1 9 4 45 -41

Partidas[editar | editar código-fonte]

Essas foram as partidas realizadas:[1][2]

2 de maio Mangueira 2 – 3 Haddock Lobo Campo público de São Cristóvão, Rio de Janeiro

Mongey Gol marcado aos ? minutos de jogo ?'
Loth Silva Gol marcado aos ? minutos de jogo ?'
Trompowsky Gol marcado aos ? minutos de jogo ?', Gol marcado aos ? minutos de jogo ?'
Aché Gol marcado aos ? minutos de jogo ?'

Premiação[editar | editar código-fonte]

Campeonato Carioca de 1909
Rio de Janeiro
FLUMINENSE
Campeão
(4º título)

Segunda divisão[editar | editar código-fonte]

Não foi disputada nesse ano.

Referências

  1. a b RSSSF Brazil (9 de agosto de 2008). «Rio de Janeiro Championship 1909» (em inglês). Consultado em 5 de março de 2010 
  2. a b c Futebol Nacional. «Campeonato Carioca 1909». Futebol Nacional. Consultado em 20 de abril de 2017 
  3. Ogol. «Campeonato Carioca 1909». Ogol. Consultado em 20 de abril de 2017 
  4. Museu dos Esportes. «A maior goleada do futebol carioca - 1909». Consultado em 5 de março de 2010 
  5. Portal Terra. «História - Quais foram as maiores goleadas do futebol?». Consultado em 5 de março de 2010 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]