Campeonato Carioca de Futebol de 1971

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Classificação[1][editar | editar código-fonte]

1º Turno[editar | editar código-fonte]

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 America 8 6 3 2 1 11 6 +5
2 Flamengo 7 6 2 3 1 10 4 +6
3 Vasco da Gama 6 6 2 2 2 8 8 0
4 Bonsucesso 5 6 2 1 3 3 5 -2
5 Portuguesa 5 6 2 1 3 4 9 -5
6 Campo Grande 3 6 0 3 3 7 12 -5

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Botafogo 11 6 5 1 0 15 5 +10
2 Olaria 9 6 3 3 0 8 2 +6
2 Fluminense 9 6 3 3 0 7 3 +4
4 Bangu 4 6 1 2 3 11 13 -2
5 Madureira 4 6 1 2 3 3 9 -6
6 São Cristóvão 1 6 0 1 5 0 11 -11

2º Turno[editar | editar código-fonte]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Fluminense 21 14 8 5 1 23 10 +13
2 Flamengo 18 14 7 4 3 17 10 +7
3 Botafogo 18 14 6 6 2 13 8 +5
4 Olaria 17 14 6 5 3 21 11 +10
5 America 10 13 2 6 5 8 12 -4
6 Bangu 10 13 4 2 7 12 15 -3
7 Vasco da Gama 9 14 3 3 8 8 19 -11
8 Bonsucesso 7 14 2 3 9 5 22 -17

O jogo do título[editar | editar código-fonte]

Com relação ao jogo, tivemos no primeiro tempo um Botafogo que tinha a vantagem do empate, jogando na retranca, deixando apenas Zequinha e Nilson para os contra-ataques. O Fluminense também entrou bastante cauteloso, provocando um absoluto equilíbrio entre ambos. Com isso, a maior parte das jogadas se desenrolava entre as duas intermediárias. O lance mais perigoso desse primeiro tempo acontece quando Lula, cobrando uma falta, mandou no travessão. Aos 28 minutos, o Botafogo perdeu o lateral Carlos Alberto Torres, que saiu contundido.

No segundo tempo o Fluminense voltou com Flávio no lugar de Didi e com isso, deu mais agressividade ao ataque tricolor. Mas o Botafogo era perigoso com as investidas de Zequinha. O Fluminense continuou timidamente mesmo com a entrada de Cafuringa no lugar de Wilton. Com a necessidade da vitória os tricolores partiram para o ataque principalmente com os laterais Marco Antonio e Oliveira. Aos 34 minutos Félix praticou a mais sensacional defesa do jogo depois de uma falta cobrada por Paulo César com maestria. Aos 43 aconteceu o lance que decidiu o jogo, após um cruzamento do lateral direito Oliveira, Marco Antônio e o goleiro Ubirajara se chocaram, tendo a bola sobrado para Lula que fez o gol, com insistentes reclamações dos botafoguenses, o árbitro confirmou o gol de Lula e a Torcida Tricolor comemorou ruidosamente o título conquistado no Campeonato Carioca de 1971.

Detalhes do jogo decisivo[editar | editar código-fonte]

FLUMINENSE 1 x 0 BOTAFOGO[2]
Data:27 de junho de 1971.
Local: Estádio do Maracanã.
Árbitro: José Marçal Filho.
Publico: 142.339 pagantes.
Gol: Lula aos 42'/2º Tempo.
Fluminense: Félix; Oliveira, Galhardo, Assis e Marco Antonio; Silveira e Didi (Flávio); Wilton (Cafuringa), Cláudio Garcia; Ivair e Lula. Técnico: Zagallo.
Botafogo: Ubirajara; Carlos Alberto Torres (Mura), Brito, Osmar e Paulo Henrique; Carlos Roberto e Nei Conceição; Zequinha (Paraguaio), Careca, Nilson Dias e Paulo César. Técnico: Paraguaio.

Rodadas finais[editar | editar código-fonte]

Veja como foram as três últimas rodadas de Botafogo e Fluminense (na época, uma vitória valia dois pontos e o empate um):

Fluminense 3-1 América
Botafogo 0-2 Flamengo
Botafogo 1-1 América
Fluminense 2-0 Flamengo
Botafogo 0-1 Fluminense

Classificação final[editar | editar código-fonte]

Classificação
Pos Time PG J V E D GP GS SG
1 Fluminense 30 20 11 8 1 30 13 +17
2 Botafogo 29 20 11 7 2 28 13 +15
3 Olaria 26 20 9 8 3 29 13 +16
4 Flamengo 25 20 9 7 4 27 14 +13
5 America 18 19 5 8 6 19 18 +1
6 Vasco da Gama 15 20 5 5 10 16 27 -11
7 Bangu 14 19 5 4 10 23 28 -5
8 Bonsucesso 12 20 4 4 12 8 27 -19
9 Portuguesa 5 6 2 1 3 4 9 -5
10 Madureira 4 6 1 2 3 3 9 -6
11 Campo Grande 3 6 0 3 3 7 12 -6
12 São Cristóvão 1 6 0 1 5 0 11 -11

A partida entre America e Bangu não aconteceu porque ambos os clubes se negaram a jogar em protesto contra o Olaria que, patrocinado por uma empresa, teve todos os ingressos da partida Olaria-Flamengo comprados por tal empresa - o que classificou o Olaria para o Campeonato Brasileiro pelo critério de público.

Referências

Ver também[editar | editar código-fonte]