Carlos Esteban Frontini

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Frontini
Informações pessoais
Nome completo Carlos Esteban Frontini
Data de nasc. 19 de agosto de 1981 (35 anos)
Local de nasc. Buenos Aires,  Argentina
Nacionalidade Argentina argentina
 brasileira
Altura 1, 88 m[1]
Destro
Apelido Frongol,
Front de Batalha,
Tufão
Informações profissionais
Período em atividade 2001presente (15 anos)
Clube atual Brasil Vila Nova
Posição Atacante
Clubes de juventude
2001 Brasil Mogi Mirim
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2001
2001
2002
2002
20032004
2004
2004
2005
2005
2005
2006
20062007
2007
2008
2008
20082009
2009
2010
2010
2010
2011
2011
2011
2012
2012
2013
2013
2014
2015
Brasil Mogi Mirim
Brasil Corinthians-AL
Brasil Mogi Mirim
Brasil Vitória
Ucrânia Vorskla Poltava
Ucrânia Vorskla Poltava B
Brasil União Barbarense
Brasil Marília
Brasil Ponte Preta (emp.)
Brasil Santos (emp.)
Coreia do Sul Pohang Steelers (emp.)
Brasil América de Natal (emp.)
Brasil Figueirense (emp.)
Brasil Mirassol (emp.)
Brasil Goiás
Brasil Botafogo-SP
Brasil CRB
Brasil Bragantino
Brasil Remo
Brasil Duque de Caxias
Brasil Boavista
Brasil Duque de Caxias
Brasil Ipatinga
Brasil Red Bull Brasil
Brasil Brasiliense
Brasil Volta Redonda
Brasil Vila Nova
Brasil Botafogo-PB
Brasil Vila Nova
0012 0000(0)

0017 0000(2)
0019 0000(3)
0003 0000(3)
0015 000(10)
0015 000(10)
0006 0000(0)
0008 0000(1)
0038 0000(8)

0005 0000(0)
0008 0000(1)

0003 0000(0)
0006 0000(1)
0004 0000(0)
0028 0000(9)
0003 0000(0)
0009 0000(3)
0017 000(10)
0003 0000(0)
0012 0000(6)
0023 0000(4)
0009 0000(4)
0016 0000(4)
0016 0000(8)
0028 000(15)
0049 000(16)

Carlos Esteban Frontini, mais conhecido como Carlos Frontini, ou simplesmente Frontini (Buenos Aires, 19 de agosto de 1981), é futebolista argentino naturalizado brasileiro. Atualmente joga pelo Vila Nova.[2]

Carreira[editar | editar código-fonte]

Iniciou sua carreira no Mogi Mirim. Apesar de nascido na Argentina, a família Frontini veio quando o pequeno Carlos ainda era uma criança. Apesar de ter passado por vários clubes no início de carreira, o jogador ganhou destaque no Campeonato Paulista de 2005 atuando pelo Marília Atlético Clube, quando figurou entre os artilheiros da competição, chamando a atenção do Santos.

Durante sua passagem pelo Santos (foi o 16º argentino a jogar no clube), Frontini mostrou o desejo de se naturalizar brasileiro, apesar de serem remotas as chances de defender a Seleção Brasileira. Atuou também no Figueirense, no Mirassol e no Botafogo de Ribeirão Preto. Em maio de 2009, acertou com o CRB para a disputa da Série C do Campeonato Brasileiro. Em 2010, assinou contrato com o Bragantino para disputa do Campeonato Paulista, aonde marcou 7 gols. No segundo semestre desse mesmo ano, assinou com o Clube do Remo para a disputa da Série D do Campeonato Brasileiro e, depois, firmou contrato com o Duque de Caxias para a disputa do Brasileirão da Série B[3].

Em 2012, assinou com o Red Bull Brasil.[4]. em outubro, o atacante assina com o Volta Redonda para a temporada de 2013.

Em 2014 foi contratado pelo o Botafogo-PB para as disputas do Campeonato Paraibano, Copa do Brasil e Série C.

Em 2015 foi contratado pelo o Vila Nova para a Divisão de Acesso do Goianão e Campeonato Brasileiro da Série C sendo artilheiro do Campeonato de Acesso e uma das principais peças do elenco colorado para a competição nacional.


Títulos[editar | editar código-fonte]

Vitória
União Barbarense
America de Natal
Botafogo-PB
Vila Nova

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Prêmio Time Resultado Ref.
2011 Rio de Janeiro Melhores do Campeonato Carioca Melhor atacante Boavista 3º lugar [5]

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. «Perfil de Carlos Frontini». Transfermarkt. 
  2. «Perfil de Frontini». OGol. 
  3. abril (23/09/2010). «Além de Léo Itaperuna, Duque fecha com Lenílson e Frontini». Consultado em 12/10/2010. 
  4. MERCADO SÉRIE A2
  5. «Com seis jogadores, Flamengo domina a seleção do Cariocão 2011». GloboEsporte.com. 16 de maio de 2011. Consultado em 27 de março de 2015. 
  6. «Artilharia - Site da FERJ» (PDF). Consultado em 26 de março de 2015. 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]