Esporte Clube Rio São Paulo

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Rio São Paulo
ECRioSãoPaulo.png
Nome Esporte Clube Rio São Paulo
Alcunhas Alvinegro do Campinho
Mascote Águia
Fundação 08 de outubro de 1952 (68 anos) [1]
Estádio Flávio Teixeira dos Santos
Localização Rio de Janeiro, Brasil
Treinador Palinha
Patrocinador JJ Invest
Material (d)esportivo Champys
Competição Campeonato Carioca - Série B1
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
titular
Cores do Time Cores do Time Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Uniforme
alternativo
Temporada atual
editar

O Esporte Clube Rio São Paulo é uma agremiação esportiva da cidade do Rio de Janeiro, fundada em 9 de outubro de 1952.[2][3][4]

História[editar | editar código-fonte]

Equipe profissional do Rio São Paulo em 2010
Equipe do Rio São Paulo em 2006

O clube foi fundado pelo ex-jogador Flávio Teixeira dos Santos e seus filhos. Hoje é presidido pelo seu bisneto Rafael Affonso Santos.

Possui sede social localizada na Rua Cirilo da Silveira, nº 200 - Campinho - Rio de Janeiro - RJ, próxima à Estrada Intendente Magalhães, antiga Estrada Rio-São Paulo, daí advindo o nome da agremiação. É filiado à FFERJ, no futebol profissional, e à FEFUMERJ, no Futebol de mesa.

No futebol profissional, estreou, em 2006, na Terceira Divisão de Profissionais do Rio de Janeiro, atualmente série B2, tendo finalizado em terceiro lugar do seu grupo, eliminado ainda na primeira fase.

No ano seguinte, 2007, retornou para a terceira divisão, tendo finalizado em terceiro em sua chave durante a primeira fase; classificou-se para a segunda fase, na qual acabou eliminado ao ficar na quarta posição.

Em 2008, abandonou a disputa com a tabela já montada, licenciando-se dos campeonatos profissionais.

O seu retorno ocorreu apenas em 2010, tendo participado da terceira divisão do Rio de Janeiro, no qual não passou da primeira fase do certame.

Em 2015, o clube disputou a Copa Rio e teve o seu mando de campo no estádio da Rua Bariri, em Olaria, porém teve a pior campanha do campeonato com apenas um ponto; um empate contra o Barcelona, e sete derrotas.

Em 2017, disputando a terceira divisão do estadual, a equipe disputou o play off de acesso contra o Angra dos Reis para segunda divisão, mas acabou sendo derrotado por 1x0 e não avançou para a segunda divisão.

Primeiro Título[editar | editar código-fonte]

Em 2019 o clube consegue acesso ao Campeonato Carioca da Série B1 de 2020, após ser derrotar o Maricá Futebol Clube na final e conquistar o título da competição.[5] O clube também conquistou segundo turno da Série B2 neste ano.

Estádios[editar | editar código-fonte]

Nome Localização Anos de Uso
Flávio Teixeira dos Santos Rio de Janeiro 1952–Atual
José de Alvarenga Rio de Janeiro Até 2008
Diversos Estádios Rio de Janeiro 2008–presente

O clube possui o seu próprio estádio, o Estádio Flávio Teixeira dos Santos, localizado na sede social. Ainda é sede de jogos menores e de futebol femenino.[6]

Costumava mandar até 2008 os seus jogos no Estádio José de Alvarenga, pertencente ao Heliópolis Atlético Clube. Desde então o clube utilizou diversos estádios, incluindo o Estádio Luso-Brasileiro, pertencente à Associação Atlética Portuguesa, da Ilha do Governador.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Estaduais
Competição Títulos Temporadas
RJtrophy.png Campeonato Carioca - 3ª Divisão 1 2019

Campanhas em destaque[editar | editar código-fonte]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Participações[editar | editar código-fonte]

Participações em 2020
Competição Temporadas Melhor campanha Estreia Última P Aumento R Baixa
Rio de Janeiro Série B1 do Carioca 1 Em andamento (2020) 2020
Rio de Janeiro Série B2 do Carioca 8 Campeão (2019) 2006 2019 1

Outras Modalidades[editar | editar código-fonte]

Futebol de mesa[editar | editar código-fonte]

No Futebol de mesa, estreia em 2010 em jogos oficiais promovidos pela FEFUMERJ, inscrito na modalidade Disco 1 toque. Os jogos internos são realizados na sede do clube, localizada à Rua Cirilo da Silveira nº 200, em Campinho, Rio de Janeiro.

Em 2012 o Futebol de mesa do clube, na modalidade Disco Livre, categoria Sênior, conquistou a Copa da Federação com o atleta Marcos Moysés da Cunha, e a Taça Guanabara com o atleta João Paulo Volpato, além do vice-campeonato estadual com Marcos Moysés da Cunha e o Campeonato Brasileiro Comerciário com José Waner, no SESC de Cascavel - Paraná.

Referências

  1. «Sobre Nós». EC Rio São Paulo. 22 de setembro de 2019. Consultado em 6 de maio de 2020 
  2. VIANA, Eduardo. Implantação do futebol Profissional no Estado do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro: Editora Cátedra 
  3. http://www.fferj.com.br/Sitenovo/comunicados/aecriosaopaulo1.pdf
  4. http://alexpointstudio.wix.com/riosaopaulo
  5. O São Gonçalo. «Maricá garante vaga na série B do Campeonato Carioca». Consultado em 6 de maio de 2020 
  6. Globo Esporte (22 de setembro de 2019). «Vasco estreia com goleada contra o Rio São Paulo pelo Carioca Feminino». Vasco Notícias. Consultado em 6 de maio de 2020