Treinadores do São Paulo Futebol Clube

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa

Os técnicos ou treinadores do São Paulo Futebol Clube, amparados por uma comissão técnica formada pelo clube, contam com a estrutura do clube e com os jogadores para ter sempre em foco a aquisição de títulos para o clube.[1]

Comissão técnica[editar | editar código-fonte]

O Tricolor Paulista tem se destacado por possuir uma comissão técnica de qualidade e permanente. A comissão permanece praticamente inalterada desde 2003. Sempre que alguém sai, entra outro, mas não é trocada a comissão inteira, mantendo-se, assim, uma unidade no grupo.[1]

Atual[editar | editar código-fonte]

Todos os integrantes da comissão técnica atual.[2]

Técnicos do clube[editar | editar código-fonte]

Todos os treinadores do clube através dos anos.[3]

     Técnicos interinos
19301932 Brasil Rubens Salles
1932 Brasil Formiga
19321933 Hungria Eugênio Medgyessy
19331935 Brasil Clodô
19361937 Brasil Armando Del Debbio
19371938 Brasil Vicente Feola
1938 Brasil Tito Rodrigues
19381939 Brasil Vicente Feola
1939 Hungria Ignác Amsel
19391940 Brasil Amílcar Barbuy
1940 Uruguai Ramón Platero
19411942 Brasil Vicente Feola
19421943 Uruguai Conrado Ross
19431947 Portugal Joreca[n.b. 1]
1947 Brasil Zarzur
19471950 Brasil Vicente Feola
1950 Brasil Leônidas da Silva
19501951 Brasil Vicente Feola
1951 Brasil Leônidas da Silva
1951 Brasil Ariston de Oliveira
19511953 Brasil Vicente Feola
19531954 Argentina Jim López
19541955 Brasil Leônidas da Silva[n.b. 2]
19551957 Brasil Vicente Feola
1957 Brasil Caxambu
19571958 Hungria Béla Guttmann[n.b. 3]
1958 Brasil Manuel Raymundo
19581959 Argentina Armando Renganeschi
19591960 Brasil Vicente Feola
1960 Brasil Remo Januzzi
19601961 Brasil Flávio Costa
1961 Brasil Manuel Raymundo
1961 Brasil Cláudio Cardoso[n.b. 4]
1961 Brasil Caxambu
1962 Brasil Aymoré Moreira
1962 Brasil Caxambu
19621964 Brasil Osvaldo Brandão[n.b. 5]
1964 Brasil Otto Vieira
19641965 Argentina José Poy[n.b. 6]
1965 Argentina Jim López
1966 Brasil Aymoré Moreira
19671968 Brasil Sylvio Pirillo
19681969 Brasil Diede Lameiro
1970 Brasil Zezé Moreira[n.b. 7]
1971 Brasil Osvaldo Brandão[n.b. 8]
1971 Argentina José Poy
1972 Brasil Alfredo Ramos
1972 Brasil Cosme Damião Geraldino
1972 Brasil Vail Mota
1972 Argentina José Poy
1973 Brasil Telê Santana
19731976 Argentina José Poy
1976 Brasil Mário Juliato
19771979 Brasil Rubens Minelli[n.b. 9]
1979 Brasil Mário Juliato
19801981 Brasil Carlos Alberto Silva[n.b. 10]
1981 Brasil João Leal Neto
19811982 Brasil Chico Formiga
19821983 Argentina José Poy
1983 Brasil Serrão
19831984 Brasil Mário Travaglini[n.b. 11]
1984 Brasil Valdir de Moraes
19841986 Brasil Cilinho[n.b. 12]
1986 Brasil Serrão
19861987 Brasil Pepe
1987 Brasil Serrão
19871989 Brasil Cilinho[n.b. 13]
1989 Brasil Pupo Gimenez
19891990 Brasil Carlos Alberto Silva
1990 Brasil Pupo Gimenez
1990 Uruguai Pablo Forlán
19901996 Brasil Telê Santana[n.b. 14]
1996 Brasil Muricy Ramalho
1996 Brasil Carlos Alberto Parreira
19961997 Brasil Muricy Ramalho
19971998 Uruguai Darío Pereyra
1998 Brasil Nelsinho Baptista
1998 Brasil Pita
1998 Brasil Mário Sérgio
1999 Brasil Paulo César Carpegiani[n.b. 15]
1999 Brasil Milton Cruz
2000 Brasil Levir Culpi
2001 Brasil Vadão[n.b. 16]
20012002 Brasil Nelsinho Baptista
20022003 Brasil Oswaldo de Oliveira[n.b. 17]
2003 Chile Roberto Rojas
2004 Brasil Cuca[n.b. 18]
20042005 Brasil Emerson Leão
2005 Brasil Milton Cruz[n.b. 19]
2005 Brasil Paulo Autuori
20062009 Brasil Muricy Ramalho[n.b. 20]
2009 Brasil Milton Cruz[n.b. 21]
20092010 Brasil Ricardo Gomes[n.b. 22]
2010 Brasil Milton Cruz[n.b. 23]
2010 Brasil Sérgio Baresi[n.b. 24]
20102011 Brasil Paulo César Carpegiani
2011 Brasil Milton Cruz[n.b. 25]
2011 Brasil Adílson Batista
2011 Brasil Milton Cruz[n.b. 26]
20112012 Brasil Emerson Leão
2012 Brasil Milton Cruz[n.b. 27]
20122013 Brasil Ney Franco
2013 Brasil Milton Cruz[n.b. 28]
2013 Brasil Paulo Autuori
20132015 Brasil Muricy Ramalho[n.b. 29]
2015 Brasil Milton Cruz[n.b. 30]
2015 Colômbia Juan Carlos Osorio
2015 Brasil Doriva
2015 Brasil Milton Cruz[n.b. 31]
2016 Argentina Edgardo Bauza
2016 Brasil André Jardine
2016 Brasil Ricardo Gomes
2016 Brasil Pintado
2017 Brasil Rogério Ceni
2017 Brasil Dorival Júnior

Campanhas[editar | editar código-fonte]

Campanhas do treinadores em todas suas passagens pelo clube.[3][4]

Última atualização em 19 de dezembro de 2015
     Técnico atual
Treinador J V E D A
Vicente Feola 532 299 106 127 62,84%
Muricy Ramalho 473 255 123 95 62,58%
José Poy 422 213 129 80 60,66%
Telê Santana 412 198 122 92 57,93%
Cilinho 249 111 87 51 56,22%
Joreca 172 115 31 26 72,87%
Rubens Minelli 168 79 48 41 56,55%
Carlos Alberto Silva 154 67 58 29 56,06%
Osvaldo Brandão 142 84 29 29 65,96%
Paulo César Carpegiani 114 70 13 31 65,20%
Jim López 111 70 19 22 68,77%
Nelsinho Baptista 108 52 22 34 54,94%
Béla Guttmann 97 47 28 22 58,08%
Ricardo Gomes 91 44 20 27 59,00%
Emerson Leão 89 53 18 18 66,29%
Sylvio Pirillo 85 40 25 20 56,86%
Diede Lameiro 85 40 18 27 54,12%
Ney Franco 79 41 16 22 58,64%
Levir Culpi 78 42 18 18 61,54%
Clodô 75 52 11 12 74,22%
Mário Juliato 75 36 24 15 58,67%
Leônidas da Silva 73 37 17 19 58,45%
Paulo Autuori 72 29 15 28 47,22%
Chico Formiga 71 42 10 19 63,85%
Flávio Costa 65 23 17 25 44,10%
Mário Travaglini 64 29 24 11 57,81%
Aymoré Moreira 63 25 22 16 54,50%
Darío Pereyra 63 25 22 16 51,32%
Zezé Moreira 59 21 20 18 46,89%
Rubens Salles 59 40 16 3 76,84%
Oswaldo de Oliveira 58 32 12 14 62,07%
Armando Renganeschi 56 33 14 9 67,26%
Ramón Platero 54 26 11 17 54,94%
Roberto Rojas 52 28 13 11 62,18%
Cuca 51 30 8 13 64,05%
Conrado Ross 49 27 12 10 63,27%
Edgardo Bauza 47 17 13 17 45,00%
Pepe 45 22 16 7 60,74%
Milton Cruz 43 23 7 13 58,91%
Alfredo Ramos 42 23 15 4 66,67%
Armando Del Debbio 42 13 9 20 38,10%
Caxambu 39 24 9 6 69,23%
Rogério Ceni 37 14 13 10 49,55%
Otto Vieira 30 14 10 6 57,78%
Vadão 29 16 4 9 59,77%
Pablo Forlán 29 12 11 6 54,02%
Juan Carlos Osorio 28 12 7 9 51,10%
José Carlos Serrão 26 10 11 5 52,56%
Cláudio Cardoso 22 15 3 4 72,73%
Adílson Batista 22 7 9 6 45,45%
Tito Rodrigues 22 9 2 11 43,94%
Carlos Alberto Parreira 21 7 6 8 42,86%
Amílcar Barbuy 19 12 0 7 63,16%
Pupo Gimenez 18 8 7 3 57,41%
João Leal Neto 18 9 1 8 51,85%
Valdir de Moraes 17 7 6 4 52,94%
Ariston de Oliveira 16 8 2 6 54,17%
Manuel Raymundo 15 7 6 2 60,00%
Ignác Amsel 15 6 1 8 42,22%
Sérgio Baresi 14 5 4 5 45,24%
Remo Januzzi 14 4 3 7 35,71%
Eugênio Medgyessy 13 12 1 0 94,87%
Antônio Carlos da Silva 12 6 4 2 61,11%
Mário Sérgio 10 3 1 6 33,33%
Vail Mota 10 2 4 4 33,33%
Márcio Araújo 8 3 3 2 50,00%
Doriva 7 2 1 4 33,30%
Formiga 7 3 1 3 47,62%
Jair Rosa Pinto 6 5 0 1 83,33%
Décio Pedroso 6 3 0 3 50,00%
Íthon Fritzen 5 4 0 1 80,00%
Zarzur 5 4 0 1 80,00%
Pintado 3 2 0 1 80,00%
Pita 2 1 1 0 66,67%
André Jardine 2 1 0 1 50,00%
Cosme Damião Geraldino 2 1 0 1 50,00%
Alcides Romano Jr. 1 1 0 0 100,00%
Fernando Soares 1 1 0 0 100,00%
Hélio José Maffia 1 1 0 0 100,00%
Waldemar Lemos 1 0 1 0 33,33%
Comissão de Atletas 1 0 0 1 0,00%
Ivo Secchi 1 0 0 1 0,00%
Bebeto de Oliveira 1 0 0 1 0,00%

Ver também[editar | editar código-fonte]

Bibliografia[editar | editar código-fonte]

Notas

  1. Temporariamente substituído por Vicente Feola (uma partida em 1944 e oito partidas em 1945).
  2. Temporariamente substituído por Vicente Feola (uma partida em 1954).
  3. Temporariamente substituído em seis partidas por Manuel Raymundo em 1958.
  4. Temporariamente substituído pela comissão de atletas (uma partida em 1961) e por Caxambu (oito partidas em 1961).
  5. Temporariamente substituído por Jair Rosa Pinto por seis partidas em 1963 e José Poy por dez partidas em 1964.
  6. Temporariamente substituído em uma partida por Vicente Feola em 1965.
  7. Temporariamente substituído por José Poy (duas partidas em 1970).
  8. Temporariamente substituído por Hélio Maffia (uma partidas em 1971).
  9. Temporariamente substituído por Mário Juliato em seis partidas de 1978.
  10. Temporariamente substituído por João Leal Neto e Íthon Fritzen em 1981 por cinco partidas cada.
  11. Temporariamente substituído em três partidas por Valdir de Moraes em 1983.
  12. Temporariamente substituído por Bebeto de Oliveira em 1984 (uma partida) e por Serrão em 1985 (uma partida) e 1986 (uma partida).
  13. Temporariamente substituído por duas partidas por Pupo Gimenez em 1988.
  14. Temporariamente substituído por Antônio Carlos da Silva em 1991 (seis partidas), Valdir de Moraes em 1993 (quatro partidas), Márcio Araújo em 1993 (oito partidas) e Muricy Ramalho em 1994 (29 partidas) e 1995 (11 partidas).
  15. Temporariamente substituído por Fernando Soares (uma partida em 1999).
  16. Temporariamente substituído por Ivo Secchi em uma partida de 2001.
  17. Temporariamente substituído em uma partida de 2003 por Waldemar Lemos.
  18. Temporariamente substituído por Milton Cruz em 2004 por uma partida.
  19. Comandou o time por 3 partidas.
  20. Temporariamente substituído por Antônio Carlos da Silva, durante a excursão para Índia em 2007 e Milton Cruz em uma partida de 2007.
  21. Comandou o time por 1 partida.
  22. Substituído por Milton Cruz em 3 partidas em 2010, devido ao seu AVC.
  23. Comandou o time por 1 partida.
  24. Comandou o time por 14 partidas.
  25. Comandou o time por 2 partidas.
  26. Comandou o time por 2 partidas.
  27. Comandou o time por 2 partidas.
  28. Comandou o time por 2 partidas.
  29. Substituído por Milton Cruz em 3 partidas em 2014, após sofrer arritmia cardíaca e 2 partidas em 2015 no Torneio Super Series.
  30. Comandou o time por 12 partidas.
  31. Comandara o time por 4 partidas.

Referências

  1. a b ASSIS, Toni (novembro de 2008). Geração ponto corrido molda São Paulo. São Paulo: Grupo Folha. Folha de S.Paulo (29 094). Consultado em 4 de maio de 2009 
  2. «Comissão técnica». São Paulo Futebol Clube (oficial). Consultado em 6 de janeiro de 2016 
  3. a b Rui Branquinho e Michael Serra (2012). Bíblia do São Paulino. [S.l.]: Panda Books. pp. 394 a 399 
  4. DA COSTA, Alexandre (2005). Almanaque do São Paulo. Rio de Janeiro: Editora Abril. Placar (1284-A): pp. 482. EAN-13 789 361402 948 1 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]