Ricardo Díez

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Ir para: navegação, pesquisa
Ricardo Díez
Ricardo Díez
Ricardo Díez 1940 no Rio de Janeiro.
Informações pessoais
Nome completo Ricardo Díez Santa Cruz
(nascido Emeterio Seledonio Díez)
Data de nasc. 11 de fevereiro de 1900
Local de nasc. Rivera, Uruguai
Falecido em 27 de abril de 1971 (71 anos)
Local da morte Belo Horizonte (MG),  Brasil
Informações profissionais
Posição Treinador
(ex-Futebolista)
Clubes profissionais
Anos Clubes Jogos (golos)
Uruguai Nacional
Times/Equipas que treinou

1936–1938
1939
1940
1941-1942
1942
1944
1946
1947
1947
1949
1950–1951
1953
1954
1954–1956
1957
1958–1959
1959
1960
1962–1963
1964
1965
Argentina Chacarita Juniors
Brasil Grêmio Santanense
Brasil América Mineiro
Brasil America
Brasil Sport
Brasil Internacional
Brasil Santos
Brasil América Mineiro
Brasil Sport
Brasil Siderúrgica
Brasil América Mineiro
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Cruzeiro
Brasil Bahia
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Náutico
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Santa Cruz
Brasil Atlético Mineiro
Brasil Valério
Colômbia Unión Magdalena
Brasil Democrata-SL
Brasil Paraense

Ricardo Díez Santa Cruz[1], nascido Emeterio Seledonio Díez, geralmente conhecido como Ricardo Díez (Rivera (Uruguai), 11 de fevereiro de 1900 - Belo Horizonte, 27 de abril de 1971), foi um futebolista uruguaio que construiu uma carreira de treinador, atuando por quase 30 anos no Brasil. Ganhou campeonatos estaduais com Grêmio Santanense, Internacional e Atlético Mineiro.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Como jogador[editar | editar código-fonte]

Algumas fontes da Internet afirmam que Ricardo Díez jogou pelo Nacional de Montevidéu. Entretanto, não há registros de período, partidas, gols ou sequer da posição em que ele atuava.

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Díez comandou o Atlético Mineiro em 1950–1951, 1954–1956 e 1958–1959, e ganhou o Campeonato Mineiro de Futebol dos anos de 1949 e 1954, quando este ainda era chamado Campeonato Municipal de Belo Horizonte. Ao todo, dirigiu o Atlético em 168 jogos.

Quinto treinador com mais jogos pelo Galo, foi responsável pelo comando do time na vitoriosa excursão à Europa em 1950, quando teve nas mãos um dos maiores times da história do Atlético, e conquistou o famoso título simbólico de Campeão do Gelo[2][3]. Voltou a tempo de dirigir a equipe durante duas conquistas da série do pentacampeonato, em meados da década de 1950.

Em Minas, também dirigiu América Mineiro (1946), Siderúrgica de Sabará (1947), Cruzeiro (1953), Valério de Itabira (1962-1963), Democrata de Sete Lagoas (1965) e Paraense de Pará de Minas (sem registro de data). Em algumas fontes da Internet, o nome de Ricardo Díez também aparece em súmulas do Campeonato Mineiro de 1949 como treinador do América-MG[4].

Já no ano de 1937, ganhou o Campeonato Gaúcho com o Grêmio Santanense de Santana do Livramento. Repetiu este feito em 1942 com o Internacional, onde foi o primeiro técnico estrangeiro deste, e revelou o zagueiro Nena.

Em Pernambuco, descobriu Ademir de Menezes na Praia do Sport. Treinou o Leão da Ilha, em 1941, Náutico em 1957 e Santa Cruz em 1960. Segundo algumas fontes, ainda treinou o Bahia em 1954. No estado de São Paulo, comandou o Santos em algumas partidas na primeira parte de 1944.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Como treinador[editar | editar código-fonte]

Grêmio Santanense
Sport Recife
SC Internacional
Atlético-MG

Referências

  1. «Ricardo Diez Santa Cruz». GaloDigital.com. Consultado em 13 de agosto de 2013 
  2. DE SOUZA, Danielle Bacelete (1 de julho de 2013). «O Galo Campeão do Gelo». GloboEsporte.com. Consultado em 13 de agosto de 2013 
  3. «Campeão do Gelo». GaloDigital.com. Consultado em 13 de agosto de 2013 
  4. STELLA, Rodolfo (9 de dezembro de 2012). «Campeonato Mineiro 1949 – Fichas Técnicas». Cacellain.com. Consultado em 13 de agosto de 2013 
  5. «História - Técnicos desde o início da profissionalização da modalidade em 1933». SantosFC.com. Consultado em 13 de agosto de 2013 
Precedido por
Campeão
Uruguai Ondino Viera
Afonso Silva
17º técnico do Atlético Mineiro
1950-1951
1955-1956
1958-1959
Sucedido por
Yustrich
Niginho
Airton Moreira