Matheus Cunha

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Matheus Cunha
Matheus Cunha
Matheus Cunha nas Olimpíadas em 2021.
Informações pessoais
Nome completo Matheus Santos Carneiro da Cunha
Data de nasc. 27 de maio de 1999 (22 anos)
Local de nasc. João Pessoa, (PB), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,84 m
destro
Informações profissionais
Clube atual Atlético de Madrid
Número 19
Posição centroavante
Clubes de juventude
2014–2017 Coritiba
Clubes profissionais
Anos Clubes
2017–2018
2018–2020
2020–2021
2021–
FC Sion
RB Leipzig
Herta Berlim
Atlético de Madrid
Seleção nacional
2018
2019–2021
2020–
Brasil Sub-20
Brasil Sub-23
Brasil
Medalhas
Jogos Olímpicos
Ouro Tóquio 2020 Futebol

Matheus Santos Carneiro da Cunha mais conhecido como Matheus Cunha ou apenas Cunha (João Pessoa, 27 de maio de 1999) é um futebolista brasileiro que atua como centroavante. Atualmente joga no Atlético de Madrid.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Quando criança, Matheus jogou futsal no Esporte Clube Cabo Branco, de João Pessoa-PB. Aos 11 anos, chamou a atenção de um empresário, em Pernambuco, que decidiu levá-lo para fazer testes no futebol do Coritiba.[1]

Foi na equipe paranaense que, em 2016, fez parte do plantel que disputou a tradicional Copa São Paulo de Futebol Junior. Após a participação na Copinha, o Coxa foi para os Estados Unidos e disputou a Dallas Cup. Foi disputando esta competição que ele atraiu a atenção do Sion, da Suíça, que resolveu contratá-lo para disputar a temporada 2017–18.[1]

Sion[editar | editar código-fonte]

Se profissionalizando no Sion, Matheus, logo na sua primeira temporada, mostrou suas credenciais, sendo um dos destaques da equipe na temporada. Não a toa, ele foi escolhido o Melhor Jogador do Sion no Campeonato Suíço no mês de outubro de 2017.[1]

No dia 22 de maio de 2018, anotou um hat-trick na vitória do seu time por 4 a 1 sobre o Thun.[2]

Terminou a temporada como o artilheiro da equipe, marcando 10 gols em 29 jogos. Entre os jogadores brasileiros que disputaram o Campeonato Suíço, Matheus foi o que mais fez gols.[3]

O bom desempenho na temporada 2017–18 despertou interesse de clubes de maior visibilidade. O West Ham, da Inglaterra, chegou a cogitar sua contratação, mas o RB Leipzig, da Alemanha, ofereceu 15 milhões de euros e contratou o jogador.[4]

RB Leipzig[editar | editar código-fonte]

Cunha em 2018 pelo Leipzig em partida pela Europa League.

No dia 24 de junho de 2018, Matheus Cunha assinou contrato com o clube alemão válido até junho de 2023.[5]

Em 2019 foi anunciado que ele concorreria ao Prêmio Púskas 2019 por um belo gol marcado contra o Bayer Leverkusen.[6][7]

Hertha Berlim[editar | editar código-fonte]

No dia 31 de janeiro de 2020, no último dia da janela de transferências na Europa, Cunha assinou com o Hertha Berlim. Os valores não foram divulgados oficialmente, mas estima-se que custou aproximadamente 20 milhões de euros (R$ 94 milhões na cotação atual).[8][9]

Atlético de Madrid[editar | editar código-fonte]

No dia 25 de agosto de 2021, Cunha foi anunciado pelo Atlético de Madrid. A negociação foi concluída por 30 milhões de euros e Matheus Cunha assinou vínculo de cinco temporadas.[10]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20[editar | editar código-fonte]

Em 14 de junho de 2018, Matheus foi convocado pela primeira vez para a Seleção Sub-20.[11]

Sub-23[editar | editar código-fonte]

No dia 1 de junho de 2019, foi convocado para a Seleção Sub-23 que disputou o Torneio de Toulon. Sagrou-se campeão e artilheiro da competição com 4 gols.[12]

No dia 16 de dezembro de 2019, foi convocado para a disputa do Pré-Olímpico, onde conquistou a vaga para as Olímpiadas e sagrou-se artilheiro com 5 gols.[13]

Após participar de todo ciclo Olímpico, sendo artilheiros do Torneio de Toulon e do Pré-Olímpico, no dia 17 de junho de 2021, Cunha foi convocado para as Olimpíadas[14], na qual conquistou a medalha de Ouro.[15][16]

Matheus Cunha terminou todo o ciclo Olímpico como artilheiro isolado da Seleção com 18 gols em 23 jogos.[17]

Principal[editar | editar código-fonte]

No dia 25 de setembro de 2020, após corte de Gabriel Jesus por lesão, Matheus Cunha foi convocado para as partidas contra Bolívia e Peru pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022.[18]

Após boa participação nos Jogos Olímpicos de 2020, no dia 13 de agosto de 2021 Cunha foi convocado para as partidas contra Chile, Argentina e Peru, em setembro, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo FIFA de 2022.[19]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira[editar | editar código-fonte]

Sub-20
Ano
Jogos Gols Assist.
2018 2 1 0
Total 2 1 0
Sub-23
Ano
Jogos Gols Assist.
2019 11 9 3
2020 7 7 0
Total 18 16 3
Seleção Brasileira (total)
Ano
Jogos Gols Assist.
2018 2 1 0
2019 11 9 3
2020 7 7 0
Total 20 17 3
Jogos pela Seleção Sub-20
Jogos pela Seleção Sub-23

Títulos[editar | editar código-fonte]

Seleção Brasileira

Artilharias[editar | editar código-fonte]

Referências

  1. a b c Lucas Barros (10 de novembro de 2017). «Aos 18 anos, paraibano vira sensação do futebol suíço após se destacar pelo Coxa». GloboEsporte.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  2. Colin Vieira, Felipe Barbalho e Marcos Felipe (22 de maio de 2018). «BMFC no Planeta: hat-trick brasuca na Suíça, sorte de Muralha e tapão de Ibra». GloboEsporte.com. Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  3. Colin Vieira (22 de maio de 2018). «Aos 18 anos, Matheus Cunha é o artilheiro brasileiro na Suíça». GloboEsporte.com. Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  4. «Brasileiro Matheus Cunha troca clube suíço pelo Leipzig por R$ 66 milhões». ESPN.com.br. 24 de junho de 2018. Consultado em 11 de maio de 2020 
  5. «Matheus Cunha troca o Sion pelo Leipzig». O Jogo. 24 de junho de 2018. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  6. Rafael Honório e Régis Rösing (25 de agosto de 2019). «Indicado ao Puskas, Matheus Cunha faz sua campanha: "Estou chamando o Brasil inteiro pra votar"». GloboEsporte.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  7. «Indicado ao Puskas, conheça a trajetória de Matheus Cunha». Terra. 21 de agosto de 2019. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  8. «Hertha Berlin confirma a contratação de Matheus Cunha, artilheiro da seleção sub-23». GloboEsporte.com. 31 de janeiro de 2020. Consultado em 9 de fevereiro de 2020 
  9. «Hertha Berlin contrata brasileiro Matheus Cunha por quase R$ 95 milhões». Jovem Pan. 31 de janeiro de 2020. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  10. «Atlético de Madrid anuncia a contratação de Matheus Cunha». ge. Consultado em 25 de agosto de 2021 
  11. Pedro Alves (14 de junho de 2018). «Paraibano vibra com convocação para a Seleção Sub-20: "Entrei em choque"». GloboEsporte.com. Consultado em 18 de fevereiro de 2020 
  12. «Conhece Matheus Cunha? Ele é artilheiro da seleção e estreará na Champions». www.uol.com.br. Consultado em 25 de agosto de 2021 
  13. «Seleção Olímpica convocada para o Torneio Pré-Olímpico 2020». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 25 de agosto de 2021 
  14. «Seleção Olímpica é convocada para os Jogos Olímpicos de Tóquio 2020». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 25 de agosto de 2021 
  15. Lima', 'Marcos Paulo. «Brasil derrota Espanha e conquista o bi olímpico no futebol masculino». Esportes. Consultado em 25 de agosto de 2021 
  16. «Matheus Cunha: artilheiro do Pré-Olímpico e da Seleção Olímpica». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 25 de agosto de 2021 
  17. «Artilheiro do ciclo olímpico, Matheus Cunha dá novo passo para jogar final». www.uol.com.br. Consultado em 25 de agosto de 2021 
  18. «Gabriel Jesus é cortado da Seleção, e Tite convoca Matheus Cunha para estreia nas Eliminatórias». ge. Consultado em 25 de setembro de 2020 
  19. «Tite convoca Seleção Brasileira para jogos contra Chile, Argentina e Peru». Confederação Brasileira de Futebol. Consultado em 25 de agosto de 2021 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]