Clayson Henrique da Silva Vieira

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Clayson
Informações pessoais
Nome completo Clayson Henrique da Silva Vieira
Data de nasc. 19 de março de 1995 (27 anos)
Local de nasc. Botucatu, São Paulo, Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,66m
ambidestro
Informações profissionais
Clube atual Al-Faysaly
Número 37
Posição ponta-esquerda
Clubes de juventude
2011–2012
2012
2013–2014
União São João
Grêmio (emp.)
Ituano
Clubes profissionais
Anos Clubes
2012
2013–2015
2015
2016–2017
2017–2019
2020–2022
2021
2022–
União São João
Ituano
Ponte Preta (emp.)
Ponte Preta
Corinthians
Bahia
Cuiabá (emp.)
Al-Faysaly

Clayson Henrique da Silva Vieira, mais conhecido apenas como Clayson (Botucatu, 19 de março de 1995), é um futebolista brasileiro que atua como ponta-esquerda. Atualmente joga pelo Al-Faysaly.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Início[editar | editar código-fonte]

Após iniciar jogando futsal nas quadras de Botucatu, acabou sendo contratado pelo União São João.

União São João[editar | editar código-fonte]

Foi um dos destaques da equipe na Copa São Paulo de Futebol Júnior de 2012, onde marcou um gol contra o Flamengo. O lance gerou muita polêmica pelo fato de Clayson estar alguns centímetros à frente do penúltimo jogador do Rubro-Negro. Com boas atuações e apenas apenas 16 anos, logo chamou a atenção do treinador Paulinho McLaren e acabou subindo para o time principal. Estreou pelo Campeonato Paulista A2, numa derrota contra o Atlético Sorocaba. Apesar de Clayson ter marcado o segundo gol do União, sua equipe foi goleada por 5 a 2. Ainda em 2012 foi emprestado ao time Sub-17 do Grêmio, tendo uma passagem de seis meses pelo clube gaúcho.[1]

Ituano[editar | editar código-fonte]

Obteve destaque no Ituano entre 2013 e 2014, fazendo com que fosse disputado por Santos e Internacional; no entanto, acabou fechando com a Ponte Preta.

Ponte Preta[editar | editar código-fonte]

Chegou na Ponte por empréstimo com opção de compra ao término. No fim de 2015, a Macaca exerceu a opção de compra que tinha sobre Clayson, com o atacante assinando por cinco anos.[2]

Corinthians[editar | editar código-fonte]

Devido às boas atuações no Campeonato Paulista de 2017, chamou a atenção do Corinthians. Logo após o término do Campeonato Paulista, no dia 18 de maio, o clube paulista assinou um contrato de quatro temporadas com o atacante.[3] Pelo Timão, Clayson disputou 142 partidas e fez 14 gols. Conquistou o Campeonato Paulista de 2018, o de 2019 e o Campeonato Brasileiro de 2017. No final de 2019, depois de um desentendimento com a diretoria, Clayson teve sua saída encaminhada.[4] Com o clima pesado no vestiário, o atacante entendeu que precisava de novos ares.Fora uma discussão com torcedora do clube numa partida onde sempre é bem nervoso quando recebe alguma crítica.

Bahia[editar | editar código-fonte]

No dia 26 de dezembro de 2019, foi vendido para o Bahia. O contrato foi de três anos por 20% dos direitos do jogador vendido por cerca de R$ 3 milhões. O Corinthians possuía 40% e o percentual restante segue sendo do Ituano.[5]

Cuiabá[editar | editar código-fonte]

Sem espaço na equipe baiana[6], em março de 2021 foi emprestado ao Cuiabá para a disputa do Campeonato Brasileiro.[7]

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Atualizadas até 4 de dezembro de 2019.

Clubes[editar | editar código-fonte]

Clube Temporada Campeonato
nacional
Copa
nacional
Competições
continentais¹
Outros
torneios²
Total
Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols Jogos Gols
Corinthians
2017 29 4 0 0 0 0 0 0 29 4
2018 23 1 6 0 4 0 18 2 51 3
2019 32 3 7 0 10 2 13 2 62 7
Total 84 8 13 0 14 2 31 4 142 14
Total 84 8 13 0 14 2 31 4 142 14

¹Estão incluídos jogos e gols da Copa Sul-Americana
²Estão incluídos jogos e gols pelo Campeonato Paulista e amistosos

Campeonatos[editar | editar código-fonte]

Competição Partidas Gols Média
Amistosos¹ 3 0 0,00
Campeonato Paulista 28 4 0,12
Campeonato Brasileiro 84 8 0,09
Copa do Brasil 13 0 0,00
Copa Sul-Americana 10 2 0,00
Copa Libertadores 4 0 0,00
TOTAL 142 14 0,08

¹Estão incluídos jogos e gols de amistosos e torneios amistosos

Títulos[editar | editar código-fonte]

Ituano
Corinthians
Bahia
Cuiabá

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Ano Premiação Prêmio Time Resultado Ref.
2017 Seleção do Campeonato Paulista Jogador revelação Ponte Preta Venceu [8]
2017 Troféu Mesa Redonda Jogador revelação Corinthians Venceu [9]

Referências

  1. Marcelo Braga (14 de dezembro de 2019). «Barrado em troca por Luan, Clayson teve passagem pelo Grêmio anos antes do Corinthians». GloboEsporte.com. Consultado em 22 de julho de 2021 
  2. Heitor Esmeriz (18 de novembro de 2015). «Ponte exerce opção de compra e fica com Clayson por mais cinco anos». GloboEsporte.com. Consultado em 25 de outubro de 2020 
  3. «Em troca de dupla, Corinthians fecha com Clayson por quatro temporadas». LANCE!. 18 de maio de 2017. Consultado em 25 de outubro de 2020 
  4. «Mercado da Bola: Clayson de saída do Corinthians; T. Neves perde na Justiça». UOL. 26 de dezembro de 2019. Consultado em 22 de julho de 2021 
  5. Bruno Cassucci e Andre Hernan (26 de dezembro de 2019). «Corinthians encaminha venda do atacante Clayson para o Bahia». GloboEsporte.com. Consultado em 25 de outubro de 2020 
  6. «Fora dos planos do Bahia, Clayson treina com o time de transição». GloboEsporte.com. 25 de março de 2021. Consultado em 22 de julho de 2021 
  7. «Sem espaço, Clayson é emprestado pelo Bahia ao Cuiabá». GloboEsporte.com. 30 de março de 2021. Consultado em 22 de julho de 2021 
  8. «Clayson, da Ponte Preta, é eleito a revelação do Campeonato Paulista». SporTV. 8 de maio de 2017. Consultado em 17 de maio de 2017. Arquivado do original em 1 de junho de 2017 
  9. «TROFÉU MESA REDONDA 2017». TROFÉU MESA REDONDA. Consultado em 28 de dezembro de 2017 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]