Lucas Mineiro

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Lucas Mineiro
Informações pessoais
Nome completo Lucas Mineiro da Silva Izidoro
Data de nasc. 24 de fevereiro de 1996 (23 anos)
Local de nasc. Belo Horizonte (MG), Brasil
Nacionalidade brasileiro
Altura 1,88 m
canhoto
Apelido Dodô do Pixote
Informações profissionais
Clube atual Ponte Preta
Posição Volante
Clubes de juventude
2014
2015–2016
Villa Nova
Chapecoense
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2015
2016–
2018
2019
2019–
Villa Nova
Chapecoense
Ponte Preta (emp.)
Vasco da Gama (emp.)
Ponte Preta
007 0000(0)
035 0000(0)
029 0000(3)
033 0000(3)
013 0000(1)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 26 de novembro de 2019.

Lucas Mineiro da Silva Izidoro, mais conhecido como Lucas Mineiro (Belo Horizonte, 24 de fevereiro de 1996) é um futebolista brasileiro que atua como volante. Atualmente joga pela Ponte Preta.

Carreira[editar | editar código-fonte]

Vila Nova[editar | editar código-fonte]

Nascido em Belo Horizonte, Lucas Mineiro iniciou sua carreira na equipe base do Vila Nova onde chegou em 2014. Fez sua estreia no elenco profissional em 2015 no Campeonato Mineiro diante da equipe do América MG no empate por 0 a 0. Ainda atuou em outros 5 jogos na equipe mineira.

Chapecoense[editar | editar código-fonte]

Chegou a Chapecoense em 2015 e integrou o elenco Sub-20 da equipe. Ganhou sua oportunidade apenas em 2016 e fez um bom jogo diante da equipe do Criciúma; acabou sendo campeão catarinense junto com sua equipe. Atuou ainda contra as equipes do Grêmio e da Ponte Preta pelo Brasileirão. Iniciou o ano de 2017 sendo campeão catarinense Sub-20, onde foi titular e capitão da equipe em sua primeira conquista do campeonato. Teve mais chances no time profissional, e logo de inicio se tornou titular absoluto na equipe.[1] Participou do jogo diante do Barcelona, onde foi sua primeira experiência em solo europeu.[2]

Ponte Preta[editar | editar código-fonte]

Foi emprestado a equipe da Ponte até o fim do ano de 2018.[3] Lá o volante precisou apenas de 2 jogos para marcar seu primeiro gol como profissional, onde fez seu tento diante da equipe da Ferroviária pelo o Campeonato Paulista.[4] Volante de origem, na equipe fez um papel de camisa 10 tendo mais liberdade para chegar ao gol, assim se tornando peça fundamental para equipe Alvinegra de Campinas. Marcou novamente contra o Criciúma pela série B.[5]

Vasco da Gama[editar | editar código-fonte]

Chegou ao Vasco por empréstimo e desconfiado por parte da torcida, mas logo caiu nas graças da mesma e se tornou titular após boas atuações.[6] Marcou seu primeiro gol diante da equipe do Volta Redonda na goleada por 5 a 2.[7] Ajudou a equipe a ir para a final da Taça Guanabara de 2019 marcando o primeiro gol da vitória por 3 a 0 diante do Resende, onde acabou sendo campeão da mesma competição.[8] Marcou seu terceiro gol com a camisa do Vasco na Vitória por 2 a 0 contra o Serra, pela Copa do Brasil.[9]

Após de forma surpreendente se destacar nos primeiros meses na disputa do Campeonato Carioca, sendo uma peça fundamental na equipe, fazendo com que o Cruzmaltino cogitasse pagar a multa de R$ 8 milhões para tê-lo em definitivo, Lucas Mineiro, porém, teve uma grande queda de rendimento no Campeonato Brasileiro, o que o fez perder espaço com o técnico Vanderlei Luxemburgo. Pouco aproveitado e alvo de críticas da torcida, o volante negociou a sua rescisão com o Vasco no dia 5 de setembro.[10]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Chapecoense
Vasco da Gama

Prêmios individuais[editar | editar código-fonte]

Referências

Ligações externas[editar | editar código-fonte]