José Nivaldo Martins Constante

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Nivaldo
Informações pessoais
Nome completo José Nivaldo Martins Constante
Data de nasc. 19 de março de 1974 (47 anos)
Local de nasc. Torres (RS), Brasil
Nacionalidade brasileiro[1]
Altura 1,86 m
destro
Informações profissionais
Clube atual aposentado
Posição gerente de futebol
Clubes de juventude
1995 Araranguá
Clubes profissionais
Anos Clubes
1995–1998
1998–2001
2001–2006
2006–2016
Araranguá
Guarani
Esportivo
Chapecoense

José Nivaldo Martins Constante, mais conhecido como Nivaldo (Torres, 19 de março de 1974), é um ex-futebolista brasileiro, que atuava como goleiro. Jogou por 10 anos pela Chapecoense. Foram 299 partidas com a camisa do Verdão do Oeste. Trabalhou como gerente de futebol da Chapecoense, após a repentina reformulação provocada pela tragédia do Voo LaMia 2933, até maio de 2019.[2]

Voo LaMia 2933 e aposentadoria[editar | editar código-fonte]

Nivaldo possuía planos de realizar sua partida de número 300 pelo clube em uma partida contra a Sociedade Esportiva Palmeiras no Brasileirão de 2016, partida esta em que o clube paulista se consagraria campeão brasileiro. Porém, por uma mudança de planos, o goleiro acabou não sendo relacionado, e consequentemente, não embarcou na viagem seguinte (que foi emendada em São Paulo por motivos de logística), no voo que levaria a delegação da Chapecoense para a Colômbia.[3]

Após o acidente da delegação, que matou 71 pessoas, Nivaldo anuncia sua aposentadoria,[4] e durante a reformulação do clube após a tragédia, foi anunciado como o novo gerente de futebol, em substituição a Mauro Luís Stumpf, uma das vítimas fatais da tragédia.[5]

Títulos[editar | editar código-fonte]

Esportivo
Chapecoense

Ligações externas[editar | editar código-fonte]

Referências