Saltar para o conteúdo

Copa América de 2024

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
2024 Copa América
Estados Unidos 2024
Dados
Participantes 16
Organização CONMEBOL
CONCACAF
Anfitrião Estados Unidos
Período 20 de junho – 14 de julho
Gol(o)s 70
Partidas 32
Média 2,19 gol(o)s por partida
Campeão Argentina (16° título)
Vice-campeão Colômbia
3.º colocado Uruguai
4.º colocado Canadá
Melhor marcador Argentina Lautaro Martínez (5 gols)
Melhor ataque (fase inicial) Uruguai – 9 gols
Melhor defesa (fase inicial) Argentina – Nenhum gol
Maiores goleadas
(diferença)
Uruguai 5–0 Bolívia
MetLife StadiumNova Jérsei
27 de junho, grupo C, 2ª rodada
 
Colômbia 5–0 Panamá
State Farm StadiumGlendale
6 de julho, Quartas de final
Público 1 551 113
Média 50 035,9 pessoas por partida
Premiações
Melhor jogador Colômbia James Rodríguez
Melhor goleiro Argentina Emiliano Martínez
Fair play Colômbia
◄◄ Brasil 2021 Equador 2028 ►►

A Copa América de 2024 foi a 48.ª edição da Copa América, o campeonato internacional de futebol masculino quadrienal organizado pela CONMEBOL. O torneio foi realizado nos Estados Unidos[1] e foi coorganizado pela CONCACAF, sendo a segunda vez desde 2016 em que as duas confederações das Américas se reuniu nesse campeonato. A competição contou com 16 seleções participantes (10 da CONMEBOL e 6 da Concacaf).[2]

Os Estados Unidos sediaram o torneio pela segunda vez, tendo sediado a Copa América Centenário, em 2016. O torneio foi realizado de 20 de junho a 14 de julho de 2024, coincidindo com a UEFA Euro de 2024. O vencedor disputará a Finalíssima de 2025 contra o campeão do continente europeu.

Embalada após ter sido campeã da Copa do Mundo FIFA de 2022 e confirmando o seu favoritismo sem perder um jogo, a Argentina se firma como a maior campeã da competição e conquista o seu décimo sexto título e o quarto bicampeonato da história da competição, apesar da grande final ter sido marcada por tumultos e ter o horário alterado cinco vezes.[3][4] A Colômbia voltaria a disputar uma final após 23 anos da última vez que chegou a uma decisão, mas ficou com a vice.[3] Já o Uruguai ficou com o terceiro lugar, vencendo o Canadá que pela primeira vez chegaria a uma semifinal.[5]

País anfitrião[editar | editar código-fonte]

Esperava-se que a Copa América de 2024 fosse sediada pelo Equador devido ao rodízio de anfitriões da CONMEBOL.[6] No entanto, o presidente da CONMEBOL, Alejandro Dominguez, disse que o Equador foi indicado, mas ainda não escolhido para organizar a copa. Em novembro de 2022, o país se recusou a sediar a edição.[7] Os Estados Unidos formalizaram então, em dezembro de 2022, uma proposta para sediar o torneio,[8] servindo este como uma espécie de evento-teste para a Copa do Mundo FIFA de 2026. Com isso, a competição será realizada em conjunto por CONMEBOL e CONCACAF, e acredita-se que ocorra nos mesmos moldes que a Copa América Centenário, de 2016, que também foi disputada em solo norte-americano.

Resultados
País Situação
 Estados Unidos Escolhido
Equador Desistente

Sedes[editar | editar código-fonte]

A partida de abertura será realizada no Mercedes-Benz Stadium, em Atlanta. A final será realizada no Hard Rock Stadium em Miami, com ambos os locais sendo anunciados em 20 de novembro de 2023.[9] Todos os outros locais foram anunciados em 4 de dezembro do mesmo ano.[10]

Nova Iorque/Nova Jérsei Atlanta Los Angeles Las Vegas Miami Dallas Charlotte
MetLife Stadium
(East Rutherford)
Mercedes-Benz Stadium SoFi Stadium
(Inglewood)
Allegiant Stadium Hard Rock Stadium
(Miami Gardens)
AT&T Stadium Bank of America Stadium
Capacidade: 82 500 Capacidade: 71 000 Capacidade: 70 240 Capacidade: 65 000 Capacidade: 64 767 Capacidade: 80 000 Capacidade: 73 778
Kansas City Orlando Kansas City Santa Clara Houston Austin Glendale
Children's Mercy Park Inter&Co Stadium Arrowhead Stadium Levi's Stadium NRG Stadium Q2 Stadium State Farm Stadium
Capacidade: 18 467 Capacidade: 25 500 Capacidade: 76 416 Capacidade: 68 500 Capacidade: 71 795 Capacidade: 20 500 Capacidade: 63 400

Equipes[editar | editar código-fonte]

Países participantes da edição de 2024.

Estão elegíveis para a competição todos os 10 membros da CONMEBOL. Além disso, a Liga das Nações da CONCACAF de 2023–24 determinará as seis equipes da CONCACAF que se qualificarão como convidadas para a Copa América de 2024 nos Estados Unidos. Os vencedores das quartas de final se classificarão diretamente, enquanto as seleções derrotadas nesta mesma fase disputarão os playoffs para definir as outras duas vagas.[11]

Equipe Participação Melhor desempenho
América do Norte, Central e Caribe
Estados Unidos Estados Unidos (país-sede)[nota 1] 5.ª 4.º lugar (1995 e 2016)
Jamaica Jamaica 3.ª Fase de Grupos (2015 e 2016)
México México 11.ª Vice-campeão (1993 e 2001)
 Panamá 2.ª Fase de Grupos (2016)
Canadá Canadá 1.ª Estreante
Costa Rica Costa Rica 6.ª Quartas de Final (2001 e 2004)
América do Sul
Argentina Argentina 44.ª Campeão (1921, 1925, 1927, 1929, 1937, 1941, 1945, 1946, 1947, 1955, 1957, 1959, 1991, 1993 e 2021)
Bolívia Bolívia 29.ª Campeão (1963)
Brasil Brasil 38.ª Campeão (1919, 1922, 1949, 1989, 1997, 1999, 2004, 2007 e 2019)
Chile Chile 41.ª Campeão (2015 e 2016)
Colômbia Colômbia 24.ª Campeão (2001)
Equador Equador 30.ª 4.º lugar (1959 e 1993)
Paraguai Paraguai 39.ª Campeão (1953 e 1979)
Peru Peru 34.ª Campeão (1939 e 1975)
Uruguai Uruguai 46.ª Campeão (1916, 1917, 1920, 1923, 1924, 1926, 1935, 1942, 1956, 1959, 1967, 1983, 1987, 1995 e 2011)
Venezuela Venezuela 20.ª 4.º lugar (2011)

Sorteio[editar | editar código-fonte]

O sorteio da fase de grupos foi realizado em 7 de dezembro de 2023, às 19h30 EST (UTC-5) no James L. Knight Center em Miami. As seleções foram distribuídas nos potes com base em sua posição no Ranking Mundial da FIFA de 30 de novembro de 2023.[12]

Para o sorteio, as 4 equipes do Pote 1 foram pré-semeadas em seus respectivos grupos, determinados da seguinte forma:

  • A atual campeã da Copa América, Argentina, foi classificada no Grupo A.
  • O atual campeão da Copa Ouro da CONCACAF, México, foi classificado no Grupo B.
  • A equipe da CONCACAF com melhor classificação no Ranking Mundial da FIFA de outubro de 2023 , os Estados Unidos, foi classificada no Grupo C.
  • A próxima equipe da CONMEBOL com melhor classificação no Ranking Mundial da FIFA de outubro de 2023, Brasil, foi classificada no Grupo D.

As 12 equipes restantes foram colocadas nos potes 2 a 4 de acordo com suas classificações mundiais de outubro de 2023 (mostradas entre parênteses), com espaços reservados para os 2 participantes da CONCACAF ainda a serem determinados no momento do sorteio, cada um sendo automaticamente colocado no pote 4.[13]

Pote 1 (cabeças-de-chave) Pote 2 Pote 3 Pote 4
Argentina Argentina (como A1)
México México (como B1)
Estados Unidos Estados Unidos (como C1)
Brasil Brasil (como D1)
Uruguai Uruguai
Colômbia Colômbia
Equador Equador
Peru Peru
Chile Chile
 Panamá
Venezuela Venezuela
Paraguai Paraguai
Jamaica Jamaica
Bolívia Bolívia
Costa Rica Costa Rica
Canadá Canadá

Convocações[editar | editar código-fonte]

Antes de enviar seu elenco final para o torneio, as equipes nomearão um elenco provisório de até 55 jogadores.

Fase de grupos[editar | editar código-fonte]

Os vencedores dos grupos e os segundos classificados avançam para as quartas de final em formato semelhante ao da Copa América Centenário também sediada pelos Estados Unidos.

Grupo A[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa América de 2024 – Grupo A
Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG Classificado
1 Argentina Argentina 9 3 3 0 0 5 0 +5 Quartas de final
2 Canadá Canadá 4 3 1 1 1 1 2 −1
3 Chile Chile 2 3 0 2 1 0 1 −1 Eliminado
4 Peru Peru 1 3 0 1 2 0 3 −3
Fonte: CONMEBOL

Grupo B[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa América de 2024 – Grupo B
Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG Classificado
1 Venezuela Venezuela 9 3 3 0 0 6 1 +5 Quartas de final
2 Equador Equador 4 3 1 1 1 4 3 +1
3 México México 4 3 1 1 1 1 1 0 Eliminado
4 Jamaica Jamaica 0 3 0 0 3 1 7 −6
Fonte: CONMEBOL

Grupo C[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa América de 2024 – Grupo C
Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG Classificado
1 Uruguai Uruguai 9 3 3 0 0 9 1 +8 Quartas de final
2  Panamá 6 3 2 0 1 6 5 +1
3 Estados Unidos Estados Unidos (H) 3 3 1 0 2 3 3 0 Eliminado
4 Bolívia Bolívia 0 3 0 0 3 1 10 −9
Fonte: CONMEBOL
(H) Anfitrião.

Grupo D[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Copa América de 2024 – Grupo D
Pos Equipe Pts J V E D GP GC SG Classificado
1 Colômbia Colômbia 7 3 2 1 0 6 2 +4 Quartas de final
2 Brasil Brasil 5 3 1 2 0 5 2 +3
3 Costa Rica Costa Rica 4 3 1 1 1 2 4 −2 Eliminado
4 Paraguai Paraguai 0 3 0 0 3 3 8 −5
Fonte: CONMEBOL

Fase final[editar | editar código-fonte]

 
Quartas de finalSemifinaisFinal
 
          
 
4 de julho — Houston
 
 
Argentina Argentina (pen)1 (4)
 
9 de julho — New Jersey
 
Equador Equador1 (2)
 
Argentina Argentina2
 
5 de julho — Arlington
 
Canadá Canadá0
 
Venezuela Venezuela (pen)1 (3)
 
14 de julho – Miami Gardens
 
Canadá Canadá1 (4)
 
Argentina Argentina1
 
6 de julho — Las Vegas
 
Colômbia Colômbia0
 
Uruguai Uruguai (pen)0 (4)
 
10 de julho — Charlotte
 
Brasil Brasil0 (2)
 
Uruguai Uruguai0
 
6 de julho — Glendale
 
Colômbia Colômbia1 Terceiro lugar
 
Colômbia Colômbia5
 
13 de julho — Charlotte
 
 Panamá0
 
Canadá Canadá (pen) 2 (3)
 
 
Uruguai Uruguai2 (4)
 

Quartas de final[editar | editar código-fonte]

4 de julho Argentina Argentina 1 – 1 Equador Equador NRG Stadium, Houston
20:00 (UTC−5)
Li. Martínez Gol marcado aos 35 minutos de jogo 35' Relatório Rodríguez Gol marcado aos 90+2 minutos de jogo 90+2' Público: 69 456
Árbitro: UruguaiURU Andrés Matonte
    Penalidades  
Messi Erro
Álvarez Convertido
Mac Allister Convertido
Montiel Convertido
Otamendi Convertido
4 – 2 Erro Mena
Erro Minda
Convertido Yeboah
Convertido J. Caicedo
 

5 de julho Venezuela Venezuela 1 – 1 Canadá Canadá AT&T Stadium, Arlington
20:00 (UTC−5)
Rondón Gol marcado aos 64 minutos de jogo 64' Relatório Shaffelburg Gol marcado aos 13 minutos de jogo 13' Público: 51 080
Árbitro: BrasilBRA Wilton Pereira Sampaio
    Penalidades  
Rondón Convertido
Herrera Erro
Rincón Convertido
Savarino Erro
Cádiz Convertido
Ángel Erro
3 – 4 Convertido David
Erro Millar
Convertido Bombito
Erro Eustáquio
Convertido Davies
Convertido Koné
 

6 de julho Colômbia Colômbia 5 – 0  Panamá State Farm Stadium, Glendale
15:00 (UTC−7)
Córdoba Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8'
Rodríguez Gol marcado aos 15 minutos de jogo 15' (pen)
Luis Díaz Gol marcado aos 41 minutos de jogo 41'
Ríos Gol marcado aos 70 minutos de jogo 70'
Borja Gol marcado aos 90+4 minutos de jogo 90+4' (pen)
Relatório Público: 39 740
Árbitro: ItáliaITA Maurizio Mariani

6 de julho Uruguai Uruguai 0 – 0 Brasil Brasil Allegiant Stadium, Las Vegas
18:00 (UTC−7)
Relatório Público: 55 770
Árbitro: ArgentinaARG Darío Herrera
    Penalidades  
Valverde Convertido
Bentancur Convertido
De Arrascaeta Convertido
Giménez Erro (defesa)
Ugarte Convertido
4 – 2 Erro (defesa) Militão
Convertido A. Pereira
Erro (fora) D. Luiz
Convertido Martinelli
 

Semifinais[editar | editar código-fonte]

9 de julho Argentina Argentina 2 – 0 Canadá Canadá MetLife Stadium, East Rutherford
20:00 (UTC−4)
Álvarez Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22'
Messi Gol marcado aos 51 minutos de jogo 51'
Relatório Público: 80 102
Árbitro: ChileCHI Piero Maza

10 de julho Uruguai Uruguai 0 – 1 Colômbia Colômbia Bank of America Stadium, Charlotte
20:00 (UTC−4)
Relatório Lerma Gol marcado aos 39 minutos de jogo 39' Público: 70 644
Árbitro: MéxicoMEX César Ramos

Disputa pelo terceiro lugar[editar | editar código-fonte]

13 de julho Canadá Canadá 2 – 2 Uruguai Uruguai Bank of America Stadium, Charlotte
20:00 (UTC−4)
Koné Gol marcado aos 22 minutos de jogo 22'
David Gol marcado aos 80 minutos de jogo 80'
Relatório Bentancur Gol marcado aos 8 minutos de jogo 8'
Suárez Gol marcado aos 90+2 minutos de jogo 90+2'
Público: 68 921
Árbitro: VenezuelaVEN Alexis Herrera
    Penalidades  
David Convertido
Bombito Convertido
Koné Erro
Choinière Convertido
Davies Erro
3 – 4 Convertido Valverde
Convertido Bentancur
Convertido De Arrascaeta
Convertido Suárez
 

Final[editar | editar código-fonte]

Ver artigo principal: Final da Copa América de 2024
14 de julho Argentina Argentina 1 – 0 (pro) Colômbia Colômbia Hard Rock Stadium, Miami Gardens
21:22 (UTC−4)
La. Martínez Gol marcado aos 112 minutos de jogo 112' Relatório (CONMEBOL)
Relatório (CONCACAF)
Árbitro: BrasilBRA Raphael Claus
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
.
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Argentina
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Colômbia
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
Cores do Time
.
GK 23 Emiliano Martínez
RB 4 Gonzalo Montiel Substituído após 72 minutos de jogo 72'
CB 13 Cristian Romero
CB 25 Lisandro Martínez
LB 3 Nicolás Tagliafico
RM 11 Ángel Di María Substituído após 117 minutos de jogo 117'
CM 7 Rodrigo de Paul
CM 24 Enzo Fernández Substituído após 97 minutos de jogo 97'
LM 20 Alexis Mac Allister Penalizado com cartão amarelo após 61 minutos 61' Substituído após 97 minutos de jogo 97'
CF 10 Lionel Messi Capitão Substituído após 66 minutos de jogo 66'
CF 9 Julián Álvarez Substituído após 97 minutos de jogo 97'
Substituições:
FW 15 Nicolás González Entrou em campo após 66 minutos 66'
DF 26 Nahuel Molina Entrou em campo após 72 minutos 72'
FW 22 Lautaro Martínez Entrou em campo após 97 minutos 97'
MF 5 Leandro Paredes Entrou em campo após 97 minutos 97'
MF 16 Giovani Lo Celso Penalizado com cartão amarelo após 118 minutos 118' Entrou em campo após 97 minutos 97'
DF 19 Nicolás Otamendi Entrou em campo após 117 minutos 117'
Treinador:
Argentina Lionel Scaloni
GK 12 Camilo Vargas
RB 4 Santiago Arias
CB 23 Davinson Sánchez
CB 2 Carlos Cuesta
LB 17 Johan Mojica
CM 6 Richard Ríos Substituído após 89 minutos de jogo 89'
CM 16 Jefferson Lerma Substituído após 106 minutos de jogo 106'
CM 11 Jhon Arias Substituído após 106 minutos de jogo 106'
RF 10 James Rodríguez Capitão Substituído após 91 minutos de jogo 91'
CF 24 Jhon Córdoba Penalizado com cartão amarelo após 27 minutos 27' Substituído após 89 minutos de jogo 89'
LF 7 Luis Díaz Substituído após 106 minutos de jogo 106'
Substituições:
FW 19 Rafael Santos Borré Entrou em campo após 89 minutos 89'
MF 5 Kevin Castaño Entrou em campo após 89 minutos 89'
MF 20 Juan Quintero Entrou em campo após 91 minutos 91'
MF 15 Mateus Uribe Entrou em campo após 106 minutos 106'
FW 9 Miguel Borja Penalizado com cartão amarelo após 115 minutos 115' Entrou em campo após 106 minutos 106'
MF 8 Jorge Carrascal Entrou em campo após 106 minutos 106'
Treinador:
Argentina Néstor Lorenzo

Homem do Jogo:

Bandeirinhas:
Brasil Bruno Pires
Brasil Rodrigo Correa
Quarto árbitro:
Paraguai Juan Benítez
Quinto árbitro:
Paraguai Eduardo Cardozo
Árbitro assistente de vídeo:
Brasil Rodolpho Toski
Árbitros assistentes de árbitro de vídeo:
Brasil Danilo Manis
Brasil Daniel Nobre
Brasil Pablo Gonçalves

Estatísticas[editar | editar código-fonte]

Artilharia[editar | editar código-fonte]

5 gols (1)
3 gols (1)
2 gols (13)
1 gol (35)


Gols contra (1)

Classificação final[editar | editar código-fonte]

A classificação final é determinada através da fase em que a seleção alcançou e a sua pontuação, levando em conta os critérios de desempate.

Pos. Seleção Gr Pts J V E D GP GC SG
Final
1 Argentina Argentina A 16 6 5 1 0 9 1 +8
2 Colômbia Colômbia D 13 6 4 1 1 12 3 +9
Disputa pelo terceiro lugar
3 Uruguai Uruguai C 11 6 3 2 1 11 4 +7
4 Canadá Canadá A 6 6 1 3 2 4 7 –3
Eliminados nas quartas de final
5 Venezuela Venezuela B 10 4 3 1 0 7 2 +5
6 Brasil Brasil D 6 4 1 3 0 5 2 +3
7  Panamá C 6 4 2 0 2 6 10 –4
8 Equador Equador B 5 4 1 2 1 5 4 +1
Eliminados na fase de grupos
9 México México B 4 3 1 1 1 1 1 0
10 Costa Rica Costa Rica D 4 3 1 1 1 2 4 –2
11 Estados Unidos Estados Unidos C 3 3 1 0 2 3 3 0
12 Chile Chile A 2 3 0 2 1 0 1 –1
13 Peru Peru A 1 3 0 1 2 0 3 –3
14 Paraguai Paraguai D 0 3 0 0 3 3 8 –5
15 Jamaica Jamaica B 0 3 0 0 3 1 7 –6
16 Bolívia Bolívia C 0 3 0 0 3 1 10 –9

Marketing[editar | editar código-fonte]

Direitos de transmissão[editar | editar código-fonte]

No país anfitrião, os direitos do torneio ficaram sob responsabilidade da Fox Broadcasting Company, cumprindo um acordo firmado ainda na Copa América de 2021, que incluiu outros torneios organizados pela CONMEBOL e a Liga dos Campeões da Europa até a temporada 2025–26. A cobertura é realizada pelo Fox Sports.[14] Em 16 de maio de 2023, a TelevisaUnivision confirmou a aquisição desse torneio junto com um pacote de campeonatos, incluindo o Super Bowl e as eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, transmitindo os torneios através do canal latino Univision e no TUDN para os estadunidenses.[15]

No Brasil, o torneio chegou a ser oferecido ao SBT junto com a edição de 2021, fazendo parte do pacote de competições organizadas pela CONMEBOL. Porém, a emissora paulista acabou ficando somente com a edição anterior.[16] Logo depois, o canal decidiu participar das licitações para essa edição, enfrentando a TV Globo pela TV aberta. Na TV por assinatura e streaming, SporTV, ESPN e o Paramount+ disputavam os direitos de transmissão da competição.[17] Em 18 de agosto de 2023, a agência Brax acabou adquirindo os direitos de transmissão da competição, superando uma oferta oferecida pela Globo, mas, realizando as negociações da cobertura com a emissora carioca.[18] Além da Globo, o SBT e até mesmo a Rede Bandeirantes chegaram a ser procuradas pela agência,[19] mas, em 21 de novembro de 2023, o colunista do R7, Flávio Ricco, anunciou que a agência optou por fechar um contrato de exclusividade com o Grupo Globo em todas as plataformas, sendo confirmado posteriormente, marcando assim, o retorno da cobertura pelas mídias do grupo carioca após a ausência em 2021 por conta do imbróglio judicial com a CONMEBOL.[20] O acordo foi oficialmente firmado em 7 de dezembro de 2023.[21][22]

Na Argentina, o torneio foi vendido para a Telefe em 24 de abril de 2024, mediante a um acordo com a TyC Sports, o que marcaria a volta da competição à principal emissora no país após a última cobertura na edição de 2011.[23] No entanto, a Televisión Pública, que até então era a emissora oficial das competições envolvendo a seleção argentina, ficaria de fora das transmissões após o Governo Javier Milei decidir não adquirir o torneio.[24] Apesar da decisão inicial, o governo federal da Argentina decidiu iniciar uma nova rodada de negociações com a TyC Sports e a Telefe para adquirir o torneio, tendo como principal motivo o maior alcance da televisão educativa, o que deixaria 15 províncias argentinas sem sinal de jogos da seleção. Após algumas conversas, o governo decidiu adquirir a competição em 30 de maio, firmando um acordo de sublicenciamento.[25]

América Central e Caribe (CONCACAF)[editar | editar código-fonte]

País Emissora Notas Ref
 Estados Unidos
(anfitrião)
Fox Sports Cobertura de todos os jogos em inglês [26][27]
Univision Cobertura de todos os jogos em espanhol
TUDN
 Canadá The Sports Network Cobertura de todos os jogos em inglês [28]
Réseau des Sports Cobertura de todos os jogos em francês
Caribe CSport Cobertura de todos os jogos [29]
CVM
Costa Rica Teletica [30]
Repretel
El Salvador Canal 4 [31]
 Guatemala TV Azteca Todos os jogos da seleção guatemaleca e a fase final [32]
Claro Sports[nota 2] Cobertura de todos os jogos [33]
Honduras Canal 11 [34]
 Jamaica CVM
 México Canal 5 [35][36]
TUDN
TV Azteca
Nicarágua Viva
 Panamá RPC Deportes [37]
TVMAX [38]
República Dominicana CDN Deportes [39]

América do Sul (CONMEBOL)[editar | editar código-fonte]

País Emissora Notas Ref
Todo o continente[nota 3] DSports Cobertura de todos os jogos [40]
 Argentina Telefe Todos os jogos da seleção argentina e a fase final [41][42]
Televisión Pública
TyC Sports Cobertura de todos os jogos
 Brasil TV Globo Todos os jogos da seleção brasileira e a fase final [43]
SporTV Cobertura de todos os jogos
 Bolívia Unitel Todos os jogos da seleção boliviana e a fase final [44]
 Chile Canal 13 Todos os jogos da seleção chilena e a fase final [45]
Chilevisión
 Colômbia Caracol Televisión Todos os jogos da seleção colombiana e a fase final [46]
RCN Televisión
Equador Ecuavisa Todos os jogos da seleção equatoriana e a fase final [47]
El Canal del Fútbol Cobertura de todos os jogos
 Paraguai Trece Todos os jogos da seleção paraguaia e a fase final [48]
SNT
Telefuturo
 Peru América Televisión Todos os jogos da seleção peruana e a fase final [49]
Uruguai TV Ciudad [nota 4] Todos os jogos da seleção uruguaia e a fase final [50]
AUF TV Todos os jogos da seleção uruguaia [51]
 Venezuela Televen Todos os jogos da seleção venezuelana e a fase final [52]

Europa[editar | editar código-fonte]

País Emissora Notas Ref
 Albânia MCN TV Cobertura de todos os jogos [53]
 Alemanha Sportdigital [54]
 Áustria Sportdigital [54]
Bálcãs Arena Sport [55]
 Bulgária Max Sport [56]
Cazaquistão QAZTRK [57]
 Dinamarca Viaplay [58]
 Eslováquia RTVS [59]
Espanha Movistar Plus+ [60]
CCMA [61]
 Estónia Viaplay [58]
 Finlândia Viaplay [58]
 França L'Équipe [62]
 Grécia ANT1 [63]
 Hungria Arena4
 Irlanda Premier Sports [64]
 Itália Sportitalia [65]
Mola
Letónia Letónia Viaplay [66]
 Lituânia Viaplay [66]
 Noruega Viaplay [66]
 Países Baixos Viaplay [66]
 Polónia Viaplay [66]
Portugal Portugal Sport TV [67]
 Reino Unido Premier Sports [64]
Roménia Digi Sport [68]
 Rússia Okko Sport
 Suécia Sportdigital [54]
 Turquia Acun Media

Ásia[editar | editar código-fonte]

País Emissora Notas Ref
 Brunei Astro Cobertura de todos os jogos
 China CCTV [69]
Tencent QQ
Coreia do Sul Coreia do Sul TVING
 Hong Kong I-CABLE HOY [70]
Irã Irão IRIB
 Israel Charlton
 Japão Prime Video [71]
 Malásia Astro
 Vietname Next Media [72]
K+
VTC

Oceania[editar | editar código-fonte]

País Emissora Notas Ref
 Austrália Optus Sport Cobertura de todos os jogos [73]
Fiji FBC [74]
 Nova Zelândia Television New Zealand [75]

África[editar | editar código-fonte]

País Emissora Notas Ref
Todo o continente Star Times Sports Cobertura de todos os jogos em inglês [76]
Canal+ Cobertura de todos os jogos em francês

Curiosidades[editar | editar código-fonte]

Nesta Copa América temos algumas curiosidades tais como principais estrelas, os jogadores mais caros, qual liga cedeu mais atletas e qual clube cedeu mais convocados.

Campeonatos com mais jogadores cedidos para a Copa América 2024[editar | editar código-fonte]

A origem da maioria dos 416 jogadores convocados para disputar a Copa América e em que liga atuam demonstra o nível da competição. Abaixo temos o quadro com as cinco Ligas qua mais cederam atletas.

As 5 Principais Ligas/Campeonatos
Posição País Liga Nº de atletas
Inglaterra Premier League 58
Brasil Campeonato Brasileiro de Futebol 35
México Liga MX 35
Estados Unidos Major League Soccer 33
Espanha La Liga 28

Fonte: sítio 365scores. [77]

Times com mais jogadores convocados para a Copa América 2024[editar | editar código-fonte]

0s 10 times com mais jogadores convocados
Posição Time País Nº de jogadores
1 Bolívar Bolívia 9
2 América México 7
3 Deportivo Saprissa Costa Rica 7
4 Flamengo Brasil 5
5 Fulham Inglaterra 5
6 Universitario Peru 5
7 Club Libertad Paraguai 5
8 Porto Portugal 5
9 Herediano Costa Rica 5
10 Always Ready Bolívia 5

Fonte: sítio 365scores.[78]

Estrelas da Copa América 2024[editar | editar código-fonte]

Segundo a imprensa as principais estrelas da Copa América foram Lionel Messi, Vinícius Junior, Luis Díaz, Lautaro Martínez, Federico Valverde, Luis Suárez, Alphonso Davies, Christian Pulisic, Darwin Núñez e Alexis Sánchez.[79] [80] [81][82]

Controvérsias[editar | editar código-fonte]

Críticas aos gramados[editar | editar código-fonte]

Com o início do torneio, jogadores do Brasil e da Argentina criticaram duramente os gramados dos estádios norte-americanos. Pelo lado brasileiro, os jogadores Danilo, Vinícius Júnior e Rodrygo destacaram que o estilo da grama atrapalhavam o desempenho da equipe.[83] Já no lado argentino, o técnico Lionel Scaloni e os jogadores Lionel Messi, Emiliano Martínez e Cristian Romero criticaram as condições do campo e que o torneio fica abaixo da Eurocopa por conta da péssima qualidade dos locais. Scaloni inclusive comparou o gramado do Mercedes-Benz Stadium com o do Estádio Nacional de Lusail, onde a seleção chegou a perder para a Arábia Saudita na estreia da Copa do Mundo FIFA de 2022, edição que foi vencida pela equipe hermana no mesmo estádio na disputa contra a França na final, além de ter ganhado do México pela fase de grupos e da Croácia pela semifinal no local, mas destacou que o gramado catari apresentava condições melhores de jogo que os estadunidenses.[84] Em análises feitas por jornalistas esportivos, 11 dos 14 estádios norte-americanos são usados para as competições da National Football League e por conta disso, não seguem o padrão usado pela FIFA, de 100m a 110m de comprimento e 64m a 75m de largura, enquanto que a CONMEBOL estabeleceu o padrão de 100m x 64m, cinco metros menores que os normalmente usados pela FIFA.[85]

Casos de racismo[editar | editar código-fonte]

Canadá[editar | editar código-fonte]

Durante o jogo entre Argentina e Canadá pela abertura do torneio em 20 de junho de 2024, Moïse Bombito foi vítima de injúria racial por torcedores argentinos após a falta cometida encima de Lionel Messi. O defensor ignorou as provocações dando os ombros e em seguida, publicou em uma rede social: "Meu lindo Canadá. Sem espaço para essa besteira". Após o ocorrido, a Associação Canadense de Futebol (CSA) lamentou o caso e enviou uma denúncia à CONMEBOL e a CONCACAF pedindo providências.[86] Já na partida entre Canadá e Chile em 30 de junho, as redes sociais do destaque Alphonso Davies e da ACF, foram alvos de ataques racistas vindo de torcedores chilenos após a eliminação, uma vez que o empate garantiu a segunda vaga aos canadenses. Em nota, a CONMEBOL repudiou o ocorrido.[87]

Estados Unidos[editar | editar código-fonte]

Em 27 de junho de 2024, durante o jogo entre os anfitriões e o Panamá, os jogadores Folarin Balogun, Timothy Weah e Chris Richards foram vítimas de ataques racistas vindo de torcedores estadunidenses após a equipe da casa não conseguir avançar às quartas de final. Em nota a CONMEBOL também lamentou a situação e a US Football ofereceu atendimento psicológico aos jogadores e funcionários que foram ofendidos pelas mensagens.[87][88]

Polêmicas antes e após a eliminação do Brasil[editar | editar código-fonte]

Antes do clássico Brasil x Uruguai pelas quartas de final em 6 de julho de 2024, Andreas Pereira provocou a seleção uruguaia, destacando que a equipe brasileira possuía jogadores que disputavam a Premier League e que achava o time superior ao seu rival.[89] Como resposta à provocação, o time celeste publicou um vídeo nas redes sociais recortando a fala de Pereira e unindo a outros depoimentos em entrevista com os jogadores Endrick e Wendell, relembrando também o Maracanaço, onde a equipe brasileira foi superada pelos uruguaios na final da Copa do Mundo de 1950.[90]

Após a disputa dos pênaltis, vencida pelo Uruguai, a equipe novamente provocou os brasileiros, agora publicando a frase "Risco é otimismo", com uma imagem dos jogadores comemorando a classificação na semifinal.[91] Luis Suárez em uma coletiva de imprensa após o jogo, rebateu a declaração de Andreas e destacou que o jogador era reserva de Giorgian De Arrascaeta pelo Clube de Regatas do Flamengo entre 2021 e 2022.[92] Arrascaeta também repudiou a fala do jogador belga e classificou como infeliz, mas declarou que o jogador tem bom coração e que a provocação faz parte do futebol.[93] Pereira após a eliminação se disse surpreso com a resposta da mídia uruguaia após a declaração e que em nenhum momento quis ofender os seus adversários.[89]

Um vídeo destacando os jogadores brasileiros ignorando o técnico Dorival Júnior em meio a roda antes dos pênaltis e de Arrascaeta não correspondendo o cumprimento de Dorival após a partida, circulou nas redes sociais gerando debates sobre a forma que o treinador era visto pelos jogadores.[94] A primeira cena chegou a ser vista como "uma das mais tristes" pela mídia internacional.[95] Com a repercussão do caso, Giorgian publicou no X (antigo Twitter) que cumprimentou Dorival fora do estádio.[96] Em uma entrevista, Júnior destacou que não costuma participar da reunião de jogadores em campo antes dos pênaltis e que isso também se estendia nos clubes que treinou.[97]

A eliminação precoce do Brasil na Copa América gerou debates pela mídia sobre a crise que a seleção enfrenta desde a primeira fase das eliminatórias da Copa do Mundo de 2026, quando adversários como o próprio Uruguai, a Venezuela e a Colômbia conseguiram arrancar vitórias e empates históricos sobre a equipe canarinha.[98] Outra parte relembra que a crise na verdade existe desde a derrota por 7x1 para a Alemanha nas semifinais da Copa de 2014 e até lá, o time passou por várias trocas de técnicos e nunca apresentou identificação com os torcedores como antes.[99] Além disso, a ausência de Neymar devido a sua lesão em outubro de 2023, que o retirou da temporada 2023–24 do Campeonato Saudita pelo Al Hilal, foi outro fator observado por alguns críticos e que poderia explicar a queda de rendimento da equipe, trazendo uma suposta dependência do craque no time.[100]

Em 8 de julho de 2024, dois dias após a eliminação para o Uruguai nas quartas de final da Copa América e no aniversário de 10 anos do 7x1 na semifinal da copa de 2014, a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) publicou um vídeo nas redes sociais destacando outras crises enfrentadas pela seleção, mas colocando em evidência os cinco títulos conquistados pela Copa do Mundo e utilizando a frase "vamos voltar a vencer".[101]

Cenas de violência[editar | editar código-fonte]

Semifinal[editar | editar código-fonte]

Após o jogo entre Colômbia e Uruguai pela semifinal em 10 de julho de 2024, uma briga entre jogadores e torcedores uruguaios e colombianos se instaurou, uma vez que a equipe latina comemorava o seu retorno à final do campeonato 23 anos após a sua primeira decisão, que deu o título ao time em 2001, enquanto que alguns jogadores celestes começavam a empurrar os colombianos no campo por terem interpretado a festa como provocação. Logo depois, Darwin Núñez resolveu invadir a arquibancada e entrar na briga entre os torcedores rivais, sendo contido por seguranças e pelos colegas de time. Em uma coletiva de imprensa, José Giménez disse que viu os familiares dos jogadores uruguaios sendo agredidos por torcedores colombianos e que por isso parte da equipe foi em direção ao público. O portal brasileiro ge flagrou torcedores feridos após o confronto.[102]

Final[editar | editar código-fonte]

Horas antes da final entre Argentina e Colômbia no dia 14 de julho de 2024, um princípio de confusão se formou na entrada do Hard Rock Stadium em Miami após a abertura dos portões, forçando a CONMEBOL a fechar os mesmos e cogitar até a realizar a decisão sem a presença de público devido ao descontrole da plateia presente, havendo várias pessoas sendo empurradas, brigas físicas e verbais e até mesmo torcedores passando mal por conta do forte calor, já que as temperaturas atingiram a máxima de 40°C. Foram flagradas cenas de torcedores tentando invadir os portões de acesso ao estádio e sendo contidos pela polícia local, além de alguns jornalistas tendo as credenciais e os documentos roubados por vândalos que tentavam acessar o local.[103] Para acalmar os ânimos, o jogo que estava previsto para começar às 20h locais, foi adiado inicialmente para ás 20h30 pela organização e os portões só foram liberados novamente por volta das 19h. No entanto, um novo tumulto foi registrado com novas tentativas de invasão, levando os organizadores a fechar novamente o acesso por alguns minutos e reabrir mais uma vez com a confusão controlada.[104] Em nota, a CONMEBOL confirmou o adiamento do horário de início da final, mas informou que pessoas sem ingressos não teriam acesso à partida.[105] Porém, com a quantidade de pessoas ao lado de fora continuar superior a quem já estava dentro do estádio, a partida voltou a ser remarcada, agora para às 20h45 e mais tarde para às 21h15. O jogo só iniciou por volta das 21h22 (UTC-4).[106]

Notas e referências

Notas

  1. Embora a Copa América de 2024 seja realizada nos Estados Unidos, a seleção estadunidense teria que obter sua vaga na competição através da Liga das Nações da CONCACAF A de 2023-24.
  2. Apenas sinal guatemalteco
  3. Exceto Bolívia e Paraguai
  4. Apenas em Montevidéu

Referências

  1. «Copa América de 2024 será disputada nos Estados Unidos». ge.globo. 27 de janeiro de 2023. Consultado em 27 de janeiro de 2023 
  2. «CONMEBOL anuncia cidades-sede, estádios e calendário da CONMEBOL Copa América 2024». Copa América. 4 de dezembro de 2023 
  3. a b redacaoterra. «Invicta, Argentina é bicampeã consecutiva da Copa América ao bater Colômbia». Terra. Consultado em 15 de julho de 2024 
  4. «Julio Gomes: Bielsa tem razão. EUA deram show de horror na Copa América». UOL. 14 de julho de 2024. Consultado em 15 de julho de 2024 
  5. «Suárez salva, Uruguai bate Canadá nos pênaltis e fica em 3º na Copa América». UOL. 13 de julho de 2024. Consultado em 15 de julho de 2024 
  6. «Copa América to run in parallel with Euros from 2020». Diario online de deportes. 19 de março de 2017. Consultado em 15 de julho de 2020. Arquivado do original em 5 de julho de 2019 
  7. «Ya es oficial: Ecuador no será sede de la Copa América 2024». El Universo (em espanhol). 9 de novembro de 2022. Consultado em 10 de novembro de 2022 
  8. «Equador deve desistir da Copa América-2024; EUA querem receber o torneio». UOL Esporte. 8 de dezembro de 2022. Consultado em 29 de janeiro de 2023 
  9. «Copa América 2024: Conmebol anuncia sedes da abertura e da final». ge.globo. 20 de novembro de 2023. Consultado em 20 de novembro de 2023 
  10. «Conmebol anuncia sedes, estádios e calendário da Copa América de 2024; veja». UOL. 4 de dezembro de 2023. Consultado em 4 de dezembro de 2023 
  11. «Copa América 2024 contará com 16 seleções e será disputada nos Estados Unidos». Lance!. 27 de janeiro de 2023. Consultado em 21 de junho de 2023 
  12. «Diretrizes do sorteio da CONMEBOL Copa América 2024™». www.conmebol.com. 1 de dezembro de 2023. Consultado em 1 de dezembro de 2023 
  13. «CONMEBOL Copa America 2024 Regulations» (PDF). CONMEBOL. 29 de novembro de 2023. Consultado em 1 de dezembro de 2023 
  14. «FOX Sports acquires Copa America rights in English through 2026». World Soccer Talk (em inglês). 4 de maio de 2021. Consultado em 23 de novembro de 2023 
  15. «Televisa Univision Deportes Network (TUDN) trasmitirá a CONMEBOL Copa América 2024™ para os Estados Unidos - CONMEBOL». www.conmebol.com. 18 de maio de 2023. Consultado em 23 de novembro de 2023 
  16. «Rodrigo Mattos - SBT terá Copa América no Brasil sem custo extra; Globo se interessou». www.uol.com.br. Consultado em 23 de novembro de 2023 
  17. «Conmebol oferece Copa América 2024 para Globo, SBT, ESPN e Paramount». www.otempo.com.br. Consultado em 23 de novembro de 2023 
  18. «Rodrigo Mattos: Brax leva direitos da Copa América nos EUA e já negocia com a Globo». UOL. 18 de setembro de 2023. Consultado em 23 de novembro de 2023 
  19. «Copa América nos Estados Unidos ainda não tem transmissão acertada». R7.com. 16 de outubro de 2023. Consultado em 23 de novembro de 2023 
  20. esportenewsmundo. «Globo supera SBT e terá direitos de transmissão da Copa América 2024». www.terra.com.br. Consultado em 23 de novembro de 2023 
  21. «Globo fecha acordo para transmitir a Copa América de 2024». ge. 8 de dezembro de 2023. Consultado em 8 de dezembro de 2023 
  22. «How to Watch Copa America 2024 Live Stream Online From Anywhere» (em inglês). 8 de janeiro de 2024. Consultado em 18 de abril de 2024 
  23. «Telefe transmitirá los partidos de la Selección en la Copa América 2024». www.ambito.com. Consultado em 30 de maio de 2024 
  24. Página|12 (26 de abril de 2024). «La TV Pública ya no transmitirá los partidos de la selección argentina: ¿cuál es el nuevo canal? | Eliminatorias y Copa América 2024». PAGINA12 (em espanhol). Consultado em 30 de maio de 2024 
  25. Olé, Diario Deportivo (30 de maio de 2024). «El gobierno llegó a un acuerdo: la Copa América va por la TV Pública». Olé (em espanhol). Consultado em 30 de maio de 2024 
  26. Carp, Sam (5 de maio de 2021). «Copa America to kick off Fox Sports" six-year Conmebol rights deal». SportsPro (em inglês). Consultado em 22 de novembro de 2023 
  27. «TelevisaUnivision lands Super Bowl, Copa América, Uefa club rights». SportBusiness (em inglês). 16 de maio de 2023. Consultado em 22 de novembro de 2023 
  28. Staff, TSN ca (7 de dezembro de 2023). «TSN and RDS Acquire Exclusive Media Rights to the CONMEBOL COPA AMERICA 2024™ - TSN.ca». TSN (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2024 
  29. Louisy, Shemar-Leslie (7 de dezembro de 2023). «CVM-TV, CSport secure exclusive broadcast rights for COPA America 2024 - Our Today». Our Today -. Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  30. Zamora, Jossie. «Televisora de Costa Rica transmitirá la Liga de Naciones de la CONCACAF 2023-2024, Copa América 2024 y las Eliminatorias de la CONCACAF rumbo al Mundial 2026 en todas sus plataformas.» (em espanhol). Consultado em 22 de novembro de 2023 
  31. Ascencio, Alexander (29 de maio de 2024). «La Copa América por Canal 4 y TCS Go en El Salvador». TCSAhora (em espanhol). Consultado em 22 de junho de 2024 
  32. Zamora, Publicadas por Jossie. «Bombazo: Azteca Guatemala es el canal oficial de la Copa América Estados Unidos 2024 en Guatemala (Valido para Guatemala)». Consultado em 22 de junho de 2024 
  33. Sandoval, Sandy (15 de maio de 2024). «Claro Sports anuncia transmisión de los Juegos Olímpicos París y Copa América». Emisoras Unidas (em espanhol). Consultado em 22 de junho de 2024 
  34. Padgett, Kate (4 de dezembro de 2023). «DÍA Y HORA⚽ | Canal 11 transmitirá en EXCLUSIVA el sorteo de la fase de grupos de la Copa América 2024». Once Noticias (em espanhol). Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  35. televisaunivisionpr (16 de maio de 2023). «TelevisaUnivision Announces Expansive Sports Offering in 2024». TelevisaUnivision. Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  36. «TV Azteca transmitirá el sorteo de la Copa América 2024». Azteca Deportes (em espanhol). 5 de dezembro de 2023. Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  37. «Sorteo Copa América 2024: Fecha, hora y dónde ver en vivo». www.rpctv.com (em espanhol). 7 de dezembro de 2023. Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  38. AFP (7 de dezembro de 2023). «Copa América 2024: Todo lo que debes saber previo a este evento internacional». Tvn Panamá (em espanhol). Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  39. Ugarte, Hecmari (18 de junho de 2024). «Copa América 2024 lo que debes saber». CDN Deportes (em espanhol). Consultado em 22 de junho de 2024 
  40. «DirecTV adquiere los derechos de la Copa América». Urgente24 - primer diario online con las últimas noticias de Argentina y el mundo en tiempo real (em espanhol). Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  41. «Telefe transmitirá los partidos de la Selección argentina en la Copa América 2024». www.c5n.com. 24 de abril de 2024. Consultado em 25 de abril de 2024 
  42. «Copa América: Telefé y la TV Pública transmitirán todos los partidos de la selección argentina de manera gratuita». LA NACION (em espanhol). 30 de maio de 2024. Consultado em 30 de maio de 2024 
  43. «Globo se acerta com empresa e vai transmitir Copa América 2024 com exclusividade». F5. 22 de novembro de 2023. Consultado em 22 de novembro de 2023 
  44. «No te pierdas el sorteo de la Copa América 2024 este jueves por UNITEL». futbol.unitel.bo (em espanhol). Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  45. Comunicaciones, Compañia Chilena de. «Chilevisión y Canal 13 transmitirán la Copa América 2024». alairelibre.cl (em espanhol). Consultado em 24 de janeiro de 2024 
  46. «Confirmado: Caracol y RCN no transmitirán toda la Copa América 2024». Bolavip Colombia (em espanhol). 23 de novembro de 2023. Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  47. «El Canal del Fútbol transmitirá el sorteo de la Copa América 2024 en señal abierta para Ecuador». El Universo (em espanhol). 7 de dezembro de 2023. Consultado em 5 de março de 2024 
  48. «¡La Copa América nos une!». SNT (em espanhol). Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  49. «¿Dónde puedo ver la transmisión de Copa América 2024?: Selección Peruana, canales y horarios». Bolavip (em espanhol). 22 de maio de 2024. Consultado em 22 de junho de 2024 
  50. «Dónde se podrá ver a la selección de Marcelo Bielsa y la Copa América 2024 en cables, streaming y TV abierta». El Observador (em espanhol). Consultado em 22 de junho de 2024 
  51. «Televisación de Uruguay en la Copa América: lo que está confirmado, qué se negocia y la estrategia de AUF TV». EL PAIS (em espanhol). 17 de junho de 2024. Consultado em 22 de junho de 2024 
  52. «TELEVEN transmitirá la Copa América 2024». Televen (em espanhol). Consultado em 27 de janeiro de 2024 
  53. «Ekskluzivitet i MCN/ Grupet dhe kalendari i ndeshjeve të Copa America». www.mcntv.al (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2024 
  54. a b c Scheel, Marco. «CONMEBOL Copa América 2024 im On-Demand Videostream». CONMEBOL Copa América 2024 im On-Demand Videostream (em alemão). Consultado em 22 de junho de 2024 
  55. Sport, TV Arena (16 de junho de 2024). «Scaloni objavio popis Argentinaca za Copa Americu». Arena Sport (em bósnio). Consultado em 22 de junho de 2024 
  56. «MAX Sport придоби правата за излъчването на Copa América 2024». А1 (em búlgaro). Consultado em 22 de junho de 2024 
  57. ««Qazaqstan» және «Qazsport» телеарналары футболдан 2024 жылғы Америка кубогын тікелей эфирде көрсетеді». qazsporttv.kz. 17 de junho de 2024. Consultado em 22 de junho de 2024 
  58. a b c «Viaplay viser Copa América i Danmark - og otte andre lande». TV3 SPORT (em dinamarquês). Consultado em 14 de janeiro de 2024 
  59. «TV program - RTVS.sk». www.rtvs.sk (em eslovaco). Consultado em 22 de junho de 2024 
  60. Movistar, Comunidad; Arvisan (17 de maio de 2024). «Movistar Plus+ da una buena noticia a los fans del fútbol y retransmitirá esta competición internacional». comunidad.movistar.es (em espanhol). Consultado em 22 de junho de 2024 
  61. esport3 (11 de junho de 2024). «La Copa Amèrica de futbol i la gira americana del Barça, a 3Cat». 3Cat (em catalão). Consultado em 22 de junho de 2024 
  62. «Football - Copa America : La Copa America à suivre sur L'Équipe live foot du 20 juin au 14 juillet». L'Équipe (em francês). Consultado em 22 de junho de 2024 
  63. «Το Copa America 2024 αποκλειστικά σε ΑΝΤ1 και ANT1+». antenna.gr/news (em grego). Consultado em 22 de junho de 2024 
  64. a b Bresaola, Riccardo (26 de abril de 2024). «Premier Sports secures Copa America rights in UK and Ireland». Sportcal (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2024 
  65. Digital-News.it, Simone Rossi-Redazione (22 de junho de 2024). «Copa America 2024 in diretta su Sportitalia: Tutte le Partite Live sul Canale 60 del Digitale Terrestre». www.digital-news.it (em italiano). Consultado em 22 de junho de 2024 
  66. a b c d e TVmatchen (17 de junho de 2021). «Viaplay visar Copa América 2021 och 2024». TVmatchen.nu (em sueco). Consultado em 22 de junho de 2024 
  67. «Instagram». www.instagram.com. Consultado em 22 de junho de 2024 
  68. «Copa America 2024, în EXCLUSIVITATE la Digi Sport! Messi caută să-și apere trofeul cucerit cu Argentina». www.digisport.ro (em romeno). Consultado em 22 de junho de 2024 
  69. «新闻详情». pic.cctv.cn. Consultado em 22 de junho de 2024 
  70. 顏銘輝 (18 de junho de 2024). «美洲國家盃2024直播賽程時間表 HOY TV免費播足全部32場美洲盃». 香港01 (em chinês). Consultado em 22 de junho de 2024 
  71. «Amazon makes rare sports move in Japan with Copa América». SportBusiness (em inglês). 6 de junho de 2024. Consultado em 22 de junho de 2024 
  72. thanhnien.vn (15 de junho de 2024). «Khán giả Việt Nam chính thức được xem Copa America 2024, trên kênh nào, ở đâu?». thanhnien.vn (em vietnamita). Consultado em 22 de junho de 2024 
  73. «Optus Sport». sport.optus.com.au. Consultado em 22 de novembro de 2023 
  74. «Fiji's FBC Sports secures rights to 2022 FIFA World Cup – ABU» (em inglês). Consultado em 14 de janeiro de 2024 
  75. «Spark Sport Update». www.spark.co.nz. Consultado em 14 de janeiro de 2024 
  76. Donaldson, Alex (12 de junho de 2024). «Canal Plus acquires Copa America rights for sub-Saharan Africa». Sportcal (em inglês). Consultado em 22 de junho de 2024 
  77. «Los equipos con más jugadores en la Copa América» (em espanhol). 365scores. Consultado em 1 de julho de 2024 
  78. «Los equipos con más jugadores en la Copa América» (em espanhol). 365scores. Consultado em 1 de julho de 2024 
  79. «¿Quiénes son las estrellas de la Copa América 2024? Aquí hay algunos jugadores que debes conocer» (em espanhol). Telemundo 47. Consultado em 1 de julho de 2024 
  80. «Por qué la Copa América 2024 será un torneo inolvidable» (em espanhol). El Morrocotudo. Consultado em 1 de julho de 2024 
  81. «Las ESTRELLAS a seguir en la Copa América 2024» (em espanhol). Onefootball. Consultado em 1 de julho de 2024 
  82. «Lionel Messi y las estrellas más deslumbrantes de la Copa América 2024» (em espanhol). Marca. Consultado em 1 de julho de 2024 
  83. «'Assunto complicado': entenda a polêmica do tamanho dos campos que está dando o que falar na Copa América». ESPN.com. 23 de junho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  84. «Goleiro e zagueiro da Argentina detonam gramado: 'Assim a Copa América sempre vai ser abaixo da Eurocopa'». ESPN.com. 21 de junho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  85. «Copa América 2024: quais estádios tem o gramado mais estreito? Qual é o tamanho oficial de um campo de futebol? | Goal.com Brasil». www.goal.com. 25 de junho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  86. «Bombito sofre injúria racial em Argentina x Canadá e rebate». ge. 21 de junho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  87. a b «Canadenses são vítimas de racismo pela 2ª vez na Copa América». www.otempo.com.br. Consultado em 11 de julho de 2024 
  88. «EUA denunciam ofensas racistas a jogadores após derrota na Copa América». GZH. 28 de junho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  89. a b «Andreas se diz surpreso com reação a entrevista: "Simplesmente acho que nossos jogadores são melhores"». ge. 7 de julho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  90. «Seleção do Uruguai usa frases de jogadores brasileiros em vídeo motivacional». ge. 6 de julho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  91. «Seleção uruguaia provoca Brasil após eliminação na Copa América: "Risco é otimismo"». ge. 7 de julho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  92. «Suárez pede respeito ao Uruguai e alfineta Andreas Pereira: "Era reserva do Arrascaeta"». ge. 7 de julho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  93. jogada10. «Arrascaeta, sobre declaração de Andreas Pereira: 'Foi infeliz'». Terra. Consultado em 11 de julho de 2024 
  94. Esporte, iG (7 de julho de 2024). «Vídeo flagra Dorival sendo ignorado pelo elenco da seleção brasileira; assista». Portal iG. Consultado em 11 de julho de 2024 
  95. Telles, Gabriella (7 de julho de 2024). «"Uma das cenas mais tristes": imprensa internacional repercute Dorival ignorado antes dos pênaltis na Copa América». Trivela. Consultado em 11 de julho de 2024 
  96. «"Para quem está perguntando..."; Arrascaeta explica polêmica com Dorival». Bolavip Brasil. 7 de julho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  97. Silveira, Joao Pedro Cardoso da (8 de julho de 2024). «Dorival defende sua postura na rodinha dos jogadores do Brasil antes dos pênaltis contra o Uruguai». Gazeta Esportiva. Consultado em 11 de julho de 2024 
  98. «Eliminação na Copa América é uma pequena ponta da crise que vive a Seleção Brasileira». ge. 10 de julho de 2024. Consultado em 12 de julho de 2024 
  99. «Seleção Brasileira eliminada da Copa América faz lembrar aniversário dos 7x1 e vive sua maior crise». NSC Total. Consultado em 12 de julho de 2024 
  100. «'Neymar dependência' segue no Brasil? Aproveitamento despenca sem ele». www.uol.com.br. Consultado em 12 de julho de 2024 
  101. CNN, Da. «Nos dez anos do 7 a 1, CBF publica vídeo sobre Seleção: "Vamos voltar a vencer"». CNN Brasil. Consultado em 12 de julho de 2024 
  102. «Uruguai x Colômbia tem briga em campo e na arquibancada; torcedores saem feridos». ge. 11 de julho de 2024. Consultado em 11 de julho de 2024 
  103. «Final da Copa América tem caos antes de Argentina x Colômbia, e até portões de estádio precisam ser fechados». ESPN.com. 14 de julho de 2024. Consultado em 15 de julho de 2024 
  104. «Caos na entrada de torcedores na final da Copa América adia início de Argentina x Colômbia em 30 minutos». ESPN.com. 14 de julho de 2024. Consultado em 15 de julho de 2024 
  105. CNN, Da. «Final da Copa América atrasa por causa de confusões com torcida». CNN Brasil. Consultado em 15 de julho de 2024 
  106. «Final da Copa América atrasa em 45 minutos por conta de tentativa de invasão em estádio». catve.com. 14 de julho de 2024. Consultado em 15 de julho de 2024 

Ligações externas[editar | editar código-fonte]