Emmanuel Gigliotti

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Saltar para a navegação Saltar para a pesquisa
Emmanuel Gigliotti
Informações pessoais
Nome completo Emmanuel Gigliotti
Data de nasc. 20 de maio de 1987 (31 anos)
Local de nasc. Buenos Aires, Argentina
Nacionalidade argentina
francesa
Altura 1,83 m
Destro
Apelido Puma
Informações profissionais
Clube atual Independiente
Número 9
Posição Atacante
Clubes profissionais2
Anos Clubes Jogos e gol(o)s
2006–2007
2007
2008–2009
2009–2010
2010–2013
2011
2011–2012
2012–2013
2013–2015
2015–2017
2017–
General Lamadrid
Argentinos Juniors
All Boys
Atlético Tucumán
Novara Calcio
All Boys (emp.)
San Lorenzo (emp.)
Colón (emp.)
Boca Juniors
Chongqing Lifan
Independiente
0036 000(14)
0000 0000(0)
0019 000(16)
0028 0000(5)
0010 0000(2)
0015 0000(5)
0036 000(10)
0041 000(23)
0062 000(23)
0055 000(24)
0047 000(14)
Seleção nacional3
2011 Argentina 0001 0000(0)


2 Partidas e gols totais pelo
clube, atualizados até 17 de maio de 2018.
3 Partidas e gols da seleção nacional estão atualizados
até 15 de setembro de 2011.

Emmanuel Gigliotti (Buenos Aires, 20 de maio de 1987) é um futebolista argentino[1] que atua como atacante. Atualmente joga pelo Independiente.

Carreira[editar | editar código-fonte]

General Lamadrid e Argentinos Jrs[editar | editar código-fonte]

Gigliotti começou sua carreira em 2006 jogando pelo Lamadrid da 4ª divisão argentina. Em 2007, se transferiu para o Argentinos Juniors da Primera División, mas não chegou a jogar uma única partida, tendo se transferido ao All Boys da 2° divisão. Durante a temporada 2008-09, ele foi o artilheiro da equipe.

Atlético Tucumán[editar | editar código-fonte]

Em 2009 foi vendido para o Atlético Tucumán, recentemente promovido na Primera División. Ele fez sua estréia no clube contra o Huracán em 3 de setembro de 2009, entrando apenas no fim do jogo. Já na sua primeira partida como titular marcou seu primeiro gol, em 7 de novembro de 2009 em uma vitória por 4-2 contra o Tigre. Na partida seguinte, atuou novamente desde o início e fez mais um gol, mas não conseguiu evitar a derrota para o River Plate em 15 de novembro, por 3-1.

Italia e All Boys[editar | editar código-fonte]

Após um período de seis meses na Novara, o atacante voltou para a Argentina, onde defendeu novamente o All Boys, desta vez na primeira divisão.

Boca Juniors[editar | editar código-fonte]

Em julho de 2013, a Gigliotti assinou com o gigante Boca Juniors. Em 6 de outubro, marcou contra River Plate no Superclásico.

Foi um dos destaques da equipe do Boca na campanha pela Copa Sul-Americana 2014, sendo decisivo contra o Cerro Porteño pelas quartas de final. Entretanto falhou no confronto conttra i grande rival, River Plate, onde acabaram eliminados na semifinal.

Chongqing Lifan[editar | editar código-fonte]

Em 28 de fevereiro de 2015 foi emprestado para o futebol chinês por um ano, onde defendeu o Chongqing Lifan em 2015 e 2016, com 25 gols marcados no clube.

Independiente[editar | editar código-fonte]

Em 2017 retornou ao futebol argentino para defender o gigante Independiente. Vestindo a camisa 9 do "rei de copas" foi peça chave da conquista do 17° título Internacional e segundo da Copa Sul-Americana. Foi dele o primeiro gol da reação do Independiente no primeiro jogo da decisão, que resultou na vitória de virada por 2-1 sobre o Flamengo no Estádio Libertadores da América. .[2]

Seleção[editar | editar código-fonte]

Em 2011 recebeu sua primeira convocação pela Seleção Argentina, para disputar os dois jogos contra o Brasil pelo Superclássico das Américas, tendo atuado no primeiro jogo, que foi disputado em solo argentino.

Títulos[editar | editar código-fonte]

Independiente

Referências

  1. «Player Statistics». Futbolparatodos.com.ar. Consultado em 29 de janeiro de 2015. 
  2. «Elenco IND'17». Consultado em 20 de janeiro de 2018.